Creatina pré ou pós treino

Creatina é um pré treino ou pós treino?

Você já deve estar paquerando aquele pote de creatina. O valor é atrativo e a lista de benefícios faz qualquer um se sentir seduzido de cara por esse suplemento incrível. E não é à toa que ela tem sido usada por inúmeros atletas, especialmente quem está focado no ganho de massa muscular. E pode pesquisar para ver, a creatina está na lista dos suplementos dos principais atletas do fisiculturismo. Ela já é tradicional nesse universo e sua importância vem crescendo cada vez mais com a busca por uma vida mais saudável. Agora, vale a pena conhecer mais dela e saber qual o melhor momento para ingerir. Preparamos um guia completo para incluir de vez esse suplemento no seu dia a dia e aproveitá-lo ao máximo.

Creatina Pré Treino

Quando usada no pré-treino, a creatina desempenha suas principais funções no crescimento muscular. Ela fornece nutrientes que garantem mais hipertrofia e um ganho de força considerável. O seu treino melhora e você consegue aumentar a carga de pesos nos exercícios facilmente. Tudo isso impacta diretamente nos resultados, afinal, só um bom treino consegue garantir seu progresso na atividade física. O foco da creatina pré-treino são as famosas atividades de explosão, com alta intensidade em um curto período de tempo.

Creatina Pós Treino

O foco da creatina pós-treino é justamente garantir a recuperação dos seus músculos e reduzir a fadiga. Por esse motivo, essa tática é geralmente indicada para os atletas que têm mais de um treino ao longo do dia. Com a suplementação de creatina, você garante a energia e a força para encarar mais uma sessão de treinamento e apresentar sua melhor performance.

Creatina pós treino ou creatina pré treino: Como tomar creatina?

Como tomar Creatina?

Para garantir os melhores resultados da creatina em nosso organismo, consuma sempre com alguma refeição ou com alimentos que estimulem a liberação de insulina. Isso garantirá que ela consiga atuar de modo mais eficaz em nosso corpo. As opções incluem alimentos que sejam fontes de carboidratos e até mesmo algumas proteínas. Para isso, o acompanhamento nutricional é muito importante e garantirá melhores resultados. Só um bom nutricionista saberá indicar como tomar creatina da maneira correta para otimizar seus resultados.

Cretina com outros suplementos

Ao programar as combinações de creatina com outros suplementos, consulte sempre um nutricionista especializado. Com a ajuda profissional é possível melhorar os resultados e garantir que todos os suplementos sejam aproveitados. Essas indicações são baseadas nas necessidades que seu corpo apresenta de acordo com seu treino, rotina de atividades, dieta e outros fatores.

A creatina pode ser combinada com vários suplementos. Ela atuará no ganho de força e energia e, por isso, é preciso também combinar com outros nutrientes que potencializem esses benefícios. Por exemplo, quem está focado no ganho de força pode combinar a creatina com o Whey Protein, Ômega-3 e a Beta-Alanina. Quem está focado em garantir treinos mais longos para focar na resistência costuma combinar com o BCAA, l-Carnitina e suplementos que contenham fontes de carboidratos.

Quantidade de Creatina

A indicação da quantidade de creatina deve ser feita pelo profissional que orientará você. Entretanto, de um modo geral, a Anvisa recomenda a ingestão de 3g de creatina por dia. Porém, protocolos de pesquisa já utilizam 5g ao dia como base. Outra informação importante é que, até pouco tempo atrás, recomendava-se que o tratamento com esse suplemento durasse de 8 a 10 semanas, com um intervalo de 2 a 3 semanas antes de iniciar um novo pote. Entretanto, hoje em dia a creatina já é indicada para suplementação por muitos meses sem necessidade de pausas.