Creatina engorda ou emagrece? Confira a resposta aqui!

Diogo Círico 12/12/2022

Quem está buscando melhorar o desempenho esportivo ou dar mais intensidade aos treinos, com certeza já ouviu falar sobre a creatina. Afinal, esse suplemento tem sido cada vez mais popular devido aos seus benefícios para o corpo durante as atividades físicas.

Mas junto com essa popularidade também surgem dúvidas, como se a creatina engorda, qual é a melhor forma de tomá-la, entre outras questões.

Para responder a essas perguntas e esclarecer de uma vez por todas se a creatina engorda ou emagrece, preparamos este conteúdo. Continue lendo e confira!

Sumário

O que é a creatina?

A creatina é uma substância produzida de maneira natural no corpo humano, através dos rins, fígado e pâncreas. Ela busca trazer ainda mais energia e força para os músculos e aumentar o desenvolvimento das fibras musculares.

Desse modo, é possível melhorar a performance, ajudar no ganho de massa e diminuir o surgimento de lesões ou tensões — muitas vezes comuns em alguns tipos de exercícios.

Além de ser produzida pelo organismo, a creatina também pode ser obtida por meio da alimentação, a partir principalmente do consumo de carnes vermelhas e peixes, e com o uso de suplementos.

Qual é a importância de incluir a creatina na sua dieta?

A creatina é uma substância bastante estudada, e existem pesquisas que relatam os diversos benefícios do suplemento. Em relação ao desempenho físico, por exemplo, ela traz muitas vantagens e, se utilizada corretamente, não oferece efeitos adversos.

Se você é um atleta, veterano ou amador, ou apenas está em busca de melhorar a sua performance nos exercícios, é interessante considerar incluir a creatina na sua rotina.

Além de potencializar os treinos, é possível intensificar a execução das atividades e aumentar a tolerância ao esforço muscular. Outro ponto positivo da creatina é a rápida recuperação do músculo, auxiliando também a diminuir a fadiga.

No entanto, é importante ressaltar que esses benefícios só serão sentidos quando a suplementação estiver acompanhada de uma rotina regular de exercícios e uma alimentação balanceada, com os nutrientes necessários para a sua dieta, pois a creatina não pode substituir uma refeição.

Como tomar creatina?

Uma dúvida muito comum sobre o suplemento diz respeito ao melhor momento para inseri-lo na rotina: tomar creatina antes ou depois do treino, pela manhã ou na hora do almoço? A resposta é: depende.

Por exemplo, não há um estudo que comprove “a melhor hora” para tomar a creatina, mas alguns atletas preferem consumi-la antes dos treinos, uma vez que ela auxilia na disposição e aumenta a energia para uma atividade mais intensa.

Há também quem prefira tomar o suplemento logo após os treinos, pois ele ajuda na recuperação dos músculos. Ainda, se ingerido junto à principal refeição do dia, com uma boa fonte de carboidrato, a absorção é potencializada.

Além disso, a creatina pode ser encontrada no mercado em diversas opções, como cápsulas e em pó, nas formas mono-hidratada, micronizada ou alcalina. Cada uma dessas maneiras tem benefícios específicos, desde sua absorção até a velocidade do efeito.

É importante lembrar que a creatina é um suplemento de uso contínuo, ou seja, deve ser consumida inclusive nos dias em que você não treina.

A creatina engorda?

Antes de mais nada, é preciso lembrar de um ponto fundamental: nenhum alimento ou suplemento sozinho é capaz de causar alterações significativas no seu peso.

Por exemplo, é possível dizer que hambúrguer engorda? Se você seguir uma dieta equilibrada e, vez ou outra, ingerir o alimento, dificilmente isso causará mudanças drásticas. Mas, se você costuma comer fast-foods com frequência, o impacto será outro.

Portanto, no geral, a creatina sozinha não engorda nem emagrece.

Outro fator importante é entender o que você está vendo na balança. Quem toma o suplemento espera elevar o volume de massa, ou seja, os músculos no corpo. E, como sabemos, o aumento muscular também interfere no peso da balança, mas isso não quer dizer que você engordou.

Nesse sentido, a creatina auxilia no ganho de massa muscular, principalmente se for aliada a um treino intenso de força, mas não no ganho de gordura corporal, afinal, a substância não possui calorias.

A creatina emagrece?

Uma dúvida foi esclarecida: a creatina, sozinha, não engorda. Mas ela emagrece? Bom, assim como um elemento isolado não é capaz de aumentar o peso corporal, um suplemento ou alimento sozinho também não impacta no processo de perda de peso.

De certa forma, a creatina não é uma substância que tem como prioridade queimar calorias. Porém, quando aliada a uma dieta balanceada e treinos constantes, ela melhora o rendimento muscular nos exercícios, o que auxilia na queima de gordura, uma vez que seu desempenho para essas atividades está intensificado.

Em resumo, quem quer emagrecer pode tomar creatina, desde que acompanhada de uma rotina de exercícios físicos intensos, que ajude o corpo a queimar gordura.

Além disso, por ter água em sua composição, a substância tem propriedades hidratantes, que auxiliam a melhorar o metabolismo.

A creatina tem efeitos colaterais?

Por se tratar de uma substância produzida naturalmente pelo organismo, a creatina não costuma apresentar efeitos colaterais.

Porém, assim como qualquer suplemento, ela pode gerar alguns impactos adversos quando consumida sem orientação profissional ou se a dosagem recomendada for ultrapassada.

No caso de uso incorreto, alguns efeitos colaterais da creatina que podem ser sentidos são:

  • desconforto no estômago;
  • náuseas;
  • cãibras;
  • cefaléia;
  • diarréia;
  • tonturas;
  • mal estar geral.

Por isso, a recomendação é usar o suplemento com o acompanhamento de um profissional, como médico ou nutricionista, além de seguir uma dieta equilibrada. Também é importante buscar por uma marca aprovada e regulamentada pela ANVISA, como é o caso da Growth Supplements.

Gostou do conteúdo? Então, continue navegando no nosso blog para conhecer outros suplementos e conferir dicas para ter uma vida mais saudável.

Referências

1 – BATISTA, João, ETC. Suplementação de creatina e treinamento de força: alterações antropométricas e na resultante força máxima. Disponível em: <https://www.researchgate.net/profile/Raphael-Cunha-2/publication/235113485_Suplementacao_de_creatina_e_treinamento_de_forca_alteracoes_antropometricas_e_na_resultante_forca_maxima/links/56610b6e08ae418a78669eb3/Suplementacao-de-creatina-e-treinamento-de-forca-alteracoes-antropometricas-e-na-resultante-forca-maxima.pdf > Acesso em 15 de setembro de 2022.

2 – Jose Antonio, Darren G. Candow, Scott C. Forbes, Bruno Gualano, Andrew R. Jagim, Richard B. Kreider, Eric S. Rawson, Abbie E. Smith-Ryan, Trisha A. VanDusseldorp, Darryn S. Willoughby & Tim N. Ziegenfuss (2021) Common questions and misconceptions about creatine supplementation: what does the scientific evidence really show?, Journal of the International Society of Sports Nutrition, 18:1, 13, DOI: 10.1186/s12970-021-00412-w Acesso em 15 de setembro de 2022.

3 – KREIDER, Richard, ETC. Posição da Sociedade Internacional de Nutrição Esportiva: segurança e eficácia da suplementação de creatina no exercício, esporte e medicina. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5469049/> Acesso em 15 de setembro de 2022.

Isto foi útil?

Obrigado pelo seu feedback!
Visitado 1.156 vezes, 7 visita(s) hoje.
Diogo Círico

Diogo Círico

Nutricionista

Graduado em nutrição em 2007 pela Faculdade Assis Gurgacz, pós-graduação em Nutrição e Atividade Física - 2012, pós-graduação em Nutrição Funcional Esportiva - 2017, desde o inicio buscou destinar suas atividades à nutrição esportiva e também a área de tecnologia de alimentos. À frente das ações técnicas da industria Growth Supplements desde sua criação, já somam-se mais de 10 anos de dedicação, trabalho e pesquisas laboratoriais no desenvolvimento de novos produtos. Hoje suas ações como nutricionista dividem-se entre assessoraria de alguns atletas patrocinados pela Growth Supplements, redação de material técnico cientifico como estes disponíveis no blog GSuplementos e também na liderança da equipe de técnica Growth Supplements . Diogo Cirico; Nutricionista esportivo CRN 10 - 2067