Como ser um bodybuilder: conheça os 10 passos necessários

 

Treinar constantemente e levar uma vida saudável são objetivos de muitas pessoas. Há ainda quem se encante pelo estilo de vida de um bodybuilder e deseja saber como adotar essa prática.

Levando isso conta, preparamos este artigo. Durante a leitura, você encontrará uma série de recomendações para mergulhar de vez nesse lifestyle. Continue lendo e aproveite nossas dicas sobre como ser um bodybuilder!

1. Torne-se bodybuilder de verdade

O primeiro e mais importante passo para se tornar um verdadeiro bodybuilder ou fisiculturista é entender que não basta gostar de musculação. O bodybuilding vai além de puxar muito ferro — ele é uma forma de viver.

Isso porque sua rotina mudará completamente e você não poderá descuidar de nenhuma refeição. O descanso deve ser levado muito a sério e os treinos precisam de planejamento. Ou seja, serão necessários muitos sacrifícios e o máximo de dedicação.

2. Tenha o acompanhamento de profissionais da saúde

Depois de entender que ser um bodybuilder está longe de ser uma tarefa fácil, procure um médico e um nutricionista de sua confiança.

O médico avaliará suas atuais condições físicas, seu histórico clínico e explicará os impactos que a hipertrofia e a definição muscular causarão em seu corpo. O nutricionista, por sua vez, deverá acompanhá-lo desde o primeiro dia de treino, indicando quais nutrientes consumir, de qual forma e as quantidades adequadas.

Seria ainda mais interesse se você pudesse contar com o acompanhamento contínuo desses profissionais. O fisiculturismo lida com modificações corporais e esforços bastante intensos. Por isso, é fundamental saber quais cuidados tomar para não se prejudicar em meio a esse processo.

3. Conheça seu corpo

Essa dica pode parecer um pouco estranha à primeira vista, mas acredite: ela é essencial para o seu sucesso nessa caminhada.

Conheça muito bem o seu corpo e saiba compreender os sinais que ele manda. É bem provável que ele acuse algum incômodo se você passar do ponto nos treinos, por exemplo. Ele também responderá se a quantidade de nutrientes for insuficiente ou se a suplementação não estiver na medida certa. Portanto, “converse” com ele frequentemente e respeite seus limites.

4. Tenha objetivos e metas bem definidas

Você sabe que quer se tornar um bodybuilder, não é mesmo? De qualquer forma, esse resultado não pode ser alcançado de um dia para o outro — no meio do caminho, é imprescindível definir algumas metas e objetivos menores. Desse modo, você conseguirá registrar melhor o seu progresso durante os treinos. Alguns exemplos disso são:

  • passar mais tempo na academia, sem exagerar;

  • organizar melhor o intervalo entre as refeições;

  • experimentar novos exercícios uma vez por semana para não perder a motivação;

  • diminuir o percentual de gordura em relação ao mês anterior;

  • aumentar a resistência gradativamente;

  • conseguir números melhores nos ciclos de treinos.

5. Foque a base muscular

Sem dar foco a sua base muscular, é provável que você não tenha tanto êxito ao treinar outros grupos musculares. Afinal, ela atinge o seu corpo todo!

Não deixe de fortalecê-la com agachamentos e levantamentos, que devem ser executados várias vezes por semana.

6. Tenha treinos refinados para complementar os resultados

Se o seu grande objetivo é construir um corpo forte e que corresponda aos padrões estéticos do fisiculturismo, os treinos para melhorar a hipertrofia muscular precisam ser constantes.

Apesar disso, você não pode deixar de lado os treinamentos refinados, que são pensados para trabalhar partes específicas do corpo. Se a parte posterior da coxa estiver muito fraca, por exemplo, pense em sessões exclusivas para desenvolvê-la. Sendo assim, recorra a um professor de educação física para elaborar esses treinos mais complexos.

Em uma competição, a desarmonia entre os grupos musculares pode ser determinante para a sua desclassificação, então fique atento a esses detalhes, ok? De nada adianta trincar o abdômen e apresentar fraqueza em outras regiões!

7. Não esqueça dos exercícios aeróbicos

Infelizmente, esse é um erro que muitos iniciantes cometem. Por mais que o fortalecimento seja o foco, os exercícios aeróbicos são indispensáveis para potencializar o ganho de massa magra e até mesmo a hipertrofia.

Isso acontece graças à contribuição imensa que elas dão ao processo de queima de gordura. Assim, seus músculos aparecerão e os resultados também. Aposte em esportes ou práticas diversificadas, como corrida, tênis, natação e afins.

8. Descanse de maneira correta

Seu foco está tão grande que, se deixassem, você passaria o dia todo puxando ferro? Como mencionamos, a determinação é necessária para ser um bodybuilder. Contudo, isso não quer dizer que você não deve descansar.

É durante o período de descanso da noite que acontece a síntese muscular. Ou seja, se você treinar loucamente e não ter um sono adequado, seus esforços provavelmente serão em vão — e não é isso que você quer, certo?

Também é válido dizer que dormir em excesso é prejudicial. Fazendo isso, você desacelerará o seu corpo e não obterá aquela sensação agradável de renovação. Invista em noites bem-dormidas e durma entre 7 e 9 horas por noite.

9. Busque motivação diária

Você quer modelar o corpo e está cheio de disposição para completar o seu objetivo. No entanto, nem tudo é tão simples quanto parece — os bons resultados só são obtidos a longo prazo.

Apesar de querer superar seus limites, você é um ser humano e provavelmente sofrerá com oscilações. Problemas pessoais, complicações no trabalho e outros fatores do gênero podem desmotivá-lo, fazendo com que você perca o prazer de ir aos treinos.

Por conta disso, sua inspiração para se exercitar e seguir a dieta regrada precisa ser diária. Busque a força de vontade de sempre que se sentir desmotivado ou com preguiça de treinar. Pense nos seus sonhos e nos motivos de ter iniciado essa jornada!

10. Conte com uma equipe de excelente qualidade

Em grande parte dos casos, bodybuilders profissionais têm o apoio de uma equipe capacitada, formada por profissionais de diversas áreas: nutricionistas, médicos, personal trainer etc.

Então, se você quer competir, considere formar um pequeno grupo de trabalho. Assim, você sempre saberá qual a quantidade ideal de whey protein para tomar antes do treino, como executar a técnica de um exercício com perfeição, como está sua saúde com as modificações e assim por diante.

Como você pôde perceber, fisiculturistas precisam de um grande preparo para conquistar suas metas. Agora que você já sabe como ser um bodybuilder, coloque essas dicas em prática e vá atrás do que você deseja!

Se gostou do texto, aproveite para curtir nossa página no Facebook e encontre outros conteúdos e novidades!