Afinal, o que é a calistenia e quais benefícios oferece?

Se você gosta de atividades físicas precisa entender melhor o que é calistenia. Esse método está conquistado cada vez mais adeptos, uma vez que o treino pode ser realizado em qualquer lugar e não precisa de nenhum aparato.

Isso significa que apenas com o peso do próprio corpo é possível definir os músculos, emagrecer e perder gordura. Essa é uma enorme vantagem para pessoas que gostam de treinar ao ar livre ou cada dia em um ambiente diferente. Afinal, não é preciso anilhas, aparelhos de musculação ou halteres, apenas realizar os exercícios corretos com a ajuda de alguns poucos acessórios.

E então, se interessou por essa modalidade? Acompanhe o artigo e entenda melhor como é feita a calistenia, qual é a sua origem, os benefícios e outras informações importantes sobre o assunto!

O que é a calistenia

Na sociedade que vivemos atualmente é cada vez mais difícil encontrar tempo para se dedicar a alguma atividade física, seja pelo ritmo de vida, pelo emprego ou porque a pessoa ainda não encontrou o tipo de exercício que mais lhe agrada. Várias pessoas não frequentam a academia porque acham a musculação muito monótona, não é mesmo?

Se esse é o seu caso, a calistenia pode ser uma ótima opção. Esse método é definido como um exercício funcional, em que a pessoa usa o peso do seu próprio corpo para construir e aprimorar os grupos musculares. Não há necessidade de academia ou de aparelhos elaborados, mas é possível contar com a ajuda de barras e apoios, apenas.

Calistenia não é um nome muito conhecido, mas a prática está incorporada a outras modalidades de treino funcional, como o street workout e o crossfit, também muito popular atualmente. Os principais movimentos incluem puxadas, flexões, extensões, agachamentos, saltos, prancha, abdominais, rotações e outros exercícios isométricos.

Essa prática também conta com componentes da ginástica artística, o que deixa a calistenia mais moderna e eficiente na construção dos músculos. Com o uso de barras fixas e paralelas é possível realizar a parada de mão comum e invertida, muscle ups (mergulho barra fixa + puxada) e a bandeira humana, por exemplo.

Origem

A palavra calistenia vem do grego antigo (Kallisthenés), que significa “cheio de vigor”. A palavra “kallos” singifica beleza e “sthenos” quer dizer força. Isso quer dizer que, nessa época, o objetivo da atividade física era equilibrar a força e a beleza. A força física era imprescindível para os homens, e isso era demonstrado por corpos trabalhados e musculosos, com foco na estética. Outro pilar dos gregos era a sabedoria.

No século XIX a calistenia começou a ganhar mais visibilidade. Em 1829, o suíço Phoktion Heinrich Clias estabeleceu a calistenia como um novo tipo de ginástica, na qual os aparelhos e outros dispositivos foram removidos. O interessante é que, nessa época, a calistenia era aplicada em aulas de educação física na França, o que se disseminou para a Inglaterra e nos treinamentos militares nos EUA. Dessa forma, é bem provável que em alguma época da sua vida você já tenha feito exercícios de calistenia, uma vez que eles ainda são bastante usados nas aulas de educação física.

Em 1975, o campeão mundial olímpico Kashiwa divulgou que usou a técnica calistênica para melhorar a resistência e a força para esquiar. Em 2014, o campeão olímpico de inverno Félix Neureuther foi preparado com os mesmos exercícios. Atualmente, a calistenia é reconhecida como um método de grande impacto na preparação física e mental tanto de atletas quanto de não atletas.
O atleta Pedro Fortes é um exemplo de praticante. Ele iniciou a musculação aos 14 anos, mas com o passar do tempo optou trocar os aparelhos e pesos da musculação pela calistenia. Hoje, o atleta é um grande motivador da prática e cita que as melhorias (físicas, mentais e estéticas) se devem aos exercícios desse método.

Benefícios

Aumenta o bem-estar e disposição

Os treinos de calistenia não são úteis apenas para melhorar a aparência e a força. As atividades físicas, de modo geral, são responsáveis por aumentar o bem-estar, a calma e a felicidade, uma vez que liberam os neurotransmissores que causam essas sensações no corpo humano.

Além disso, um corpo bem treinado é mais forte e disposto, o que melhora o humor e a produtividade no dia a dia. Assim é possível dizer adeus para o cansaço e o estresse.

Pode ser realizada em grupo

Há certos dias que temos que lidar com a preguiça, falta de vontade ou a dificuldade em realizar exercícios. É fato que o hábito de se exercitar com frequência requer muita persistência e foco. Dessa forma, se a atividade for realizada em grupo, é possível que você encontre a motivação que faltava.

Isso porque quando temos companhia para dividir as conquistas dos treinos ele se torna bem mais interessante. Além disso, ao combinar com amigos você não vai se permitir faltar. Chame os amigos para praticar calistenia e veja a diferença do treino em grupo!

Reduz a chance de desenvolver doenças crônicas

A musculatura do corpo, como um todo, estará mais firme. Assim, as dores musculares, principalmente nas costas, sumirão. Além disso, a calistenia é capaz de diminuir a pressão arterial e os níveis glicêmicos, prevenindo a pressão alta e a diabetes. O risco de infarto e AVC, assim como de outras complicações cardíacas, também diminui.

Pode ser realizada em qualquer lugar

Os exercícios de calistenia não necessitam de nenhum ou de poucos aparatos. Assim, podem ser feitos em casa, em praças e outros ambientes abertos ou no local em que o praticante quiser. Afinal, é necessário utilizar o próprio peso corporal e adaptar os treinos para qualquer nível de condicionamento. O fundamental é respeitar os limites individuais de cada indivíduo.

Melhora do condicionamento físico e da estética corporal

Com os exercícios de calistenia há aumento da massa muscular e da força física. Além disso, o praticante consegue aumentar a sua flexibilidade, mobilidade e resistência. Outros benefícios são o desenvolvimento da coordenação motora e redução do percentual de gordura, melhorando os contornos corporais.

Como começar

A calistenia é uma ótima prática para os iniciantes em atividade física. Para desenvolver um corpo mais musculoso, a academia é mais eficiente, mas para quem está começando fazer musculação não é indicada para conquistar condicionamento. Já os exercícios de calistenia são ótimos para condicionamento, promover força e um repertório motor melhor.

Outro fator importante para quem está começando é caprichar na alimentação. Assim, é possível ter um bom desempenho e uma melhor recuperação. Para tanto, é interessante procurar um nutricionista, profissional que alinhará os treinos e os objetivos a dieta adequada.

Por fim, deve-se aproveitar o percurso, uma vez que qualquer pessoa que se envolve nas atividades físicas se sente bem, tanto fisicamente quanto emocionalmente. Nenhum resultado duradouro acontece do dia para a noite, mas com persistência e constância os praticantes de calistenia notaram as melhorias no cotidiano em poucas semanas.

Se você já é praticante de atividade física provavelmente já ouviu falar de bulking. Será que essa estratégia gera bons resultados? Saiba mais sobre neste post!