Benefícios da pipoca

Growth 08/09/2023

Está procurando por um aperitivo saudável e de baixo valor calórico? Confira os benefícios da pipoca de milho para a sua dieta!

Sumário

Quais são os benefícios da pipoca?

Antes de entender os benefícios da pipoca, vamos conhecer mais sobre o grão que é utilizado durante o preparo.

O milho é um grão energético que apresenta diversos nutrientes importantes para o nosso organismo, como proteínas, minerais (como cálcio, cobre, ferro, fósforo, sódio e zinco), carboidratos (amido), polifenóis, lipídios, vitaminas (B1, B2 e E) e fibras.

Por meio dele, é produzida a pipoca, que é um cereal integral natural recomendado para ser inserido em uma dieta equilibrada e saudável, que ajuda no controle do peso corporal e na redução dos riscos de doenças crônicas, como cardiovasculares e diabetes.

Segundo a nutricionista Heloisa de Camargo do Centro de Diabetes Curitiba, uma porção de pipoca de 100 g pode suprir 13% da necessidade ideal de ingestão diária de polifenóis, além de ser proporcional a mais de 70% do consumo diário de grãos integrais.

Conheça alguns benefícios da pipoca para a saúde.

  • Ajuda com a ação oxidante.
  • Aumenta a sensação de saciedade.
  • Auxilia no funcionamento do intestino.
  • Retarda o processo de envelhecimento.
  • Diminui o risco de desenvolvimento de alguns tumores.
  • Controla os índices de colesterol, triglicerídeos e glicemia.
  • Protege as células do organismo dos danos dos radicais livres.
  • Cuida da saúde dos olhos, com prevenção de catarata e degeneração macular.

Benefícios da pipoca na dieta

A pipoca é uma ótima opção para ser inserida na sua dieta, desde que controlada a sua quantidade e o preparo seja realizado da maneira correta.

Para ter uma ideia, uma xícara de pipoca pode ser equivalente a uma fatia de pão de forma ou a meio pão francês. Por isso, uma dica é pesar os grãos em uma balança antes do preparo.

E quais são os valores nutricionais e as calorias da pipoca?

Em média, uma xícara de 8 g de pipoca estourada, sem óleo e sal, possui: 31 kcal, 6,2 g de carboidratos, 1,2 g de fibras, 1 g de proteína, 0,3 g de óleo, 24 mg de potássio, 24 mg fósforo, 2 mg de niacina, 1 mg de cálcio, 0,8 mg de zinco, 0,3 mg de riboflavina, 0,3 mg de sódio, 0,2 mg de ferro, 0,2 mg de tiamina, 0 mg de colesterol e 15 UI de vitamina A.

Benefícios da pipoca para emagrecer

Como vimos, a pipoca possui baixo valor calórico e pode ajudar no bom funcionamento intestinal, além de garantir o aumento da sensação de saciedade, o que é benéfico para quem procura emagrecer.

Mas será que, com a grande quantidade de carboidrato, a pipoca engorda? Depende! Isso porque o que determina a quantidade calórica do alimento é o modo de preparo e os acompanhamentos utilizados, como bacon ou qualquer outro produto gorduroso.

Diabético pode comer pipoca?

O consumo de pipoca para pessoas diabéticas é seguro, desde que seja controlada a glicemia e mantenha-se uma contagem de carboidrato diário, com o acompanhamento de um(a) especialista da área da saúde.

Benefícios da pipoca antes de dormir

Ao comer pipoca, você absorve diversos nutrientes, sendo um deles o aminoácido triptofano, que, de acordo com estudos, pode auxiliar no tratamento de distúrbios relacionados ao sono, como a insônia e a apnéia.

Os efeitos terapêuticos surgem por meio de melatonina e serotonina, que são hormônios produzidos no cérebro e ajudam a regular o sono e os ritmos circadianos. Ou seja, é essencial para manter o bom funcionamento da mente e do corpo.

Benefícios da pipoca na musculação

tigela de pipoca

Por ser uma fonte de fibras, carotenóides e substâncias oxidantes, os benefícios da pipoca na musculação vão desde o aumento da saciedade até a reposição do glicogênio muscular.

O seu carboidrato complexo ou o baixo índice glicêmico, em média de 55 para cada 20 g de milho, fornece energia ao corpo e pode ser um lanche aliado.

Segundo o nutricionista esportivo Guilherme Villaboim, a quantidade pode variar de acordo com a sua rotina de treinos, mas em geral pode-se consumir uma hora após o treino.

A grande quantidade de L-arginina também é essencial para praticantes de atividades físicas, pois promove a vasodilatação e, consequentemente, a manutenção e regulação da temperatura corporal.

Uma receita deliciosa para quem busca ganhar massa muscular é acrescentar uma colher (sopa) de pasta de amendoim integral Growth na sua pipoca.

Benefícios da pipoca na gravidez

Durante a gravidez, é preciso reforçar a dieta com alimentos saudáveis e diversos, que ofereçam todos os nutrientes necessários para o organismo da mulher e do bebê.

De acordo com a ginecologista Dra. Denise Vasconcelos e as dicas do Cantinho Infantil da Mamãe, o consumo da pipoca durante a gravidez é seguro e deve ser realizado sem exageros – principalmente, moderar a quantidade de acompanhamentos, como o sal.

Os benefícios da pipoca na gravidez estão presentes nas fibras que ajudam na digestão e prevenção da constipação, no selênio que impede as complicações de um parto prematuro, nas proteínas e na vitamina E, que ajudam no crescimento saudável do bebê, entre outros.

Qual a maneira mais saudável de preparar a pipoca?

Hoje em dia, já é possível estourar o milho em pipoqueiras, que são máquinas de ar quente que não utilizam óleo e deixam o alimento sequinho. Mas, independentemente da forma como você faz a sua pipoca, o mais importante é verificar se os grãos estão bem cozidos e pouco calóricos.

Uma dica valiosa é evitar alguns acompanhamentos, como temperos prontos e queijos gordurosos, além de dar preferência ao preparo com óleo, ao invés de margarina e manteiga, que podem aumentar os níveis de colesterol.

As pipocas industrializadas de micro-ondas também não são recomendadas por possuir outros ingredientes com excesso de sódio na composição, o que aumenta os riscos de hipertensão arterial, sobrecarga renal e retenção de líquido.

Para o micro-ondas, você pode utilizar duas técnicas práticas e saudáveis. A primeira é do saco de pão francês. É só colocar os grãos no pacote de papel, retirar o ar e fazer duas dobras para fechar. Nesta opção, utilize o sal refinado para melhor aderência.

Na segunda, basta colocar de 20 g a 30 g de milho em um recipiente de vidro com uma colher de água, cobrir com o papel-filme e fazer dois furos para sair o ar. Em seguida, leve ao micro-ondas na opção “pipoca”.

Se preferir um aperitivo doce, confira a receita a seguir de pipoca doce!

Receita de pipoca doce

INGREDIENTES

1/2 xícara (chá) de milho de pipoca
3 colheres (sopa) de óleo
1/2 colher (sopa) de manteiga Ghee
3 colheres de sopa de açúcar
Suco de laranja com três unidades da fruta

INSTRUÇÕES DE PREPARO

Em uma panela, aqueça bem o óleo, despeje o milho e tampe, até estourar todos os grãos. Fique de olho para não queimar!
Para a calda, coloque o suco de laranja com o açúcar e, em seguida, acrescente a manteiga, até ferver.
Quando a calda estiver firme, desligue o fogo e despeje sobre a pipoca.

Gostou de conhecer os benefícios da pipoca? Aproveite também para conferir as dicas de treinos em nosso app da Growth.

REFERÊNCIAS
BARBOSA, Natália Alves; LOPES, R. C.; PAES, MCD. Compostos bioativos nos grãos de milho pipoca antes e após o processamento. In: Embrapa Milho e Sorgo-Artigo em anais de congresso (ALICE). In: CONGRESSO NACIONAL DE MILHO E SORGO, 31., 2016, Bento Gonçalves. Milho e sorgo: inovações, mercados e segurança alimentar: anais. Sete Lagoas: Associação Brasileira de Milho e Sorgo, 2016., 2016. Acesso em: 9 abr. 2021.

CONSUMA pipoca durante a gravidez. Dra. Denise Vasconcelos, 27 out. 2016. Acesso em: 9 abr. 2021.
CONTE, Juliana. Comer canjica faz aumentar a produção de leite materno?. Drauzio Varella, [S. d.]. Acesso em: 9 abr. 2021.

DA SILVA LIMA, Leonardo; DA SILVA, Carla Pequeno. Triptofano no Sono: Uma Revisão Sistemática baseada no Método PRISMA. ID on line REVISTA DE PSICOLOGIA, v. 12, n. 42, p. 397-407, 2018. Acesso em: 9 abr. 2021.

HERMANN, Heloisa de Camargo. Os benefícios da pipoca. Centro de Diabetes Curitiba, 8 ago. 2013. Acesso em: 9 abr. 2021.

MILHO. Brasília: Embrapa Informação Tecnológica, 2011- . 2011. Acesso em: 9 abr. 2021.

NEVES, Bia. Gravida pode comer pipoca na gravidez? Benefícios e riscos. Cantinho Infantil da Mamãe, [S. d.]. Acesso em: 9 abr. 2021.

PIPOCA na dieta. Guilherme Villaboim, [S. d.]. Acesso em: 9 abr. 2021.

VALÉRIO, Moreno. De dieta? Veja os carboidratos que não devem ser tirados do prato. Tribuna, 20 ago. 2020. Disponível em: De dieta? Veja os carboidratos que não devem ser tirados do prato. Acesso em: 9 abr. 2021.

Growth

Growth

Nutricionista

Texto produzido pela equipe da Growth Supplements com supervisão do nutricionista Diogo Círico (CRN 10 – 2067).