Por que o elástico para malhar é uma boa opção nas férias?

Prático e versátil, o elástico para malhar é um excelente companheiro para os treinamentos nas férias: cabe em qualquer mala e permite a realização de exercícios em praticamente qualquer lugar.

Elásticos próprios para musculação, também chamados de thera-band, estão disponíveis em diversos modelos com cores e níveis de resistência variados. E são especialmente eficientes para potencializar a resistência muscular e a coordenação motora.

Neste artigo, vamos explicar porque o elástico para malhar é uma boa opção para as férias e os principais exercícios que podem ser feitos com esse simples equipamento. Boa leitura!

Descubra por que os treinos com elástico são uma boa opção nas férias

As férias são uma quebra de rotina. Sem precisar dedicar preciosas horas do dia para o trabalho, a vida muda e é possível curtir por muito mais tempo. Mas, nesse período, pode acontecer do treinamento ficar em segundo plano, especialmente quando existem viagens marcadas.

Apesar de serem uma boa oportunidade para experimentar novos hábitos, nunca é bom que esses hábitos tomem o lugar dos exercícios e o corpo fique abandonado. Recomeçar uma atividade física após uma pausa longa nunca é fácil e por isso muita gente desiste de treinar justamente nas férias.

Mas, para quem quer quebrar totalmente a rotina nas férias ou vai viajar, a dica é aproveitar o tempo para experimentar novos horários para treinar e modalidades de exercícios diferentes. E o elástico pode ser um acessório fundamental para essa mudança.

Seja para treinar em casa ou até mesmo em um quarto de hotel, o elástico é uma opção prática. Ele praticamente não ocupa espaço na mala e pode ser fixado provisoriamente em grades, portas e até em alguns móveis. Depois de treinar com ele, basta desamarrar e guardar de novo.

Além disso, elástico é muito versátil e permite a realização de movimentos para fortalecer todos os grupos musculares do corpo. Para modular a dificuldade do treino, basta utilizar elásticos com resistências diferentes: hoje existem sete níveis diferentes.

Por fim, como retornam uma resistência proporcional à força aplicada de quem treina, os elásticos reduzem as chances de lesão. Não à toa, foram desenvolvidos justamente para amenizar a recuperação de atletas e recentemente ganharam uso em treinamentos funcionais.

Conheça as vantagens do treino com o elástico para malhar

O elástico é um excelente substituto para muitos dos equipamentos de uma academia, pelo menos de forma provisória. Ele é extremamente versátil e pode ser aproveitado em diversos tipos diferentes de treinamentos, de acordo com os objetivos e limitações físicas de cada pessoa.

Ao levar o elástico para as férias, o praticante de exercícios embarca com uma ferramenta que permitirá que, pelo menos, o esforço de meses na academia não seja perdido em semanas de sedentarismo em um passeio.

E o elástico é especialmente interessante para quem tem uma rotina completa de treinamentos e não quer se atrapalhar nas férias. Com uma boa orientação de um profissional de educação física, é possível montar um cronograma de atividades para o período sem comprometer o descanso e o lazer.

E além da versatilidade para viagens, o elástico para musculação também pode ser um acessório interessante para se ter em casa e, em um dia chuvoso ou de muito trânsito, substituir a academia por uma atividade no conforto do lar.

Confira os principais tipos de exercícios com elástico

Com tantas possibilidades, pode ser até difícil escolher o que fazer com o elástico nas férias. Pensando nisso, elaboramos uma lista com os 4 principais exercícios com o elástico que podem ser inspiradores! Confira todos!

1. Remada, ou row

Um dos exercícios clássicos de treinamento com o elástico, trabalha bastante a musculatura das costas e também dos membros superiores e inferiores, além de estimular o core, que precisa manter a estabilidade do corpo.

Para fazer a remada com o elástico, pise sobre a fita e segure cada uma das pontas com as mãos viradas para fora do joelho. Deixe ombros e pés alinhados e dobre suavemente o joelho para jogar o quadril para trás.

Puxe o elástico flexionando os cotovelos em direção ao quadril para executar o movimento. Idealmente, faça séries com 10 a 12 repetições.

2. Agachamento com elástico

O agachamento é um dos exercícios mais importantes para quem pensa em perder peso e também para quem quer desenvolver a musculatura com simetria e equilíbrio. E o método de treino com o elástico é parecido com o feito com o peso corporal apenas, mas com uma dificuldade e carga aumentada.

Para fazer o agachamento com o elástico, pise sobre a fita, segure uma ponta dela com cada mão e leve as mãos para a altura dos ombros, como quem faz agachamentos com a barra.

Agache sempre com uma boa postura e contraia o abdômen enquanto isso. Tome um cuidado especial para os joelhos não ultrapassar a linha dos dedões e forçar os ligamentos da região.

Faça entre 8 e 15 repetições por série.

3. Supino

O supino com a faixa elástica é tão ou mais simples do que o exercício com a barra. Para executá-lo, deite-se sobre a faixa e mantenha ela firme logo abaixo dos ombros. Para ter mais firmeza, utilize um banco, mas se não tiver algum disponível, faça no chão mesmo.

Segure as duas extremidades com cada uma das mãos e estenda os braços para cima até unir as duas pontas do elástico no topo.

Para evitar lesões, nunca perca o alinhamento dos ombros com os cotovelos quando estender a faixa elástica.

O supino é um exercício excelente para a musculatura peitoral e pode ser feito em 10 a 12 repetições por série.

4. Twist russo com elástico

Um excelente exercício para a musculatura do core e o desenvolvimento da resistência da região, o twist russo tem sua versão com elástico.

Para realizá-lo, sente-se com as pernas estendidas e coloque a faixa logo abaixo dos pés. Segure as duas extremidades, dobre os joelhos apenas um pouquinho e deixe o corpo ser levado suavemente para trás, imaginando um ângulo de 45 graus em relação às pernas.

Leve as mãos para um dos lados do quadril girado a faixa e repita o movimento do outro lado. Conte uma repetição apenas quando fizer os dois lados e faça entre 10 e 12 delas por série.

Com tantas possibilidades de treinamento e um baixo investimento, o elástico certamente cabe em qualquer mala e orçamento para manter a forma em uma viagem!

E agora que você já sabe como o elástico para malhar pode ser versátil e prático em uma viagem, que tal curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de mais novidades sobre o tema?