Pirâmide alimentar

O que é Pirâmide Alimentar?

Tudo nessa vida depende de proporções e matemática. É claro que você não precisa ficar horas do seu dia calculando o número de calorias que irá consumir: basta ter em mente a ideia de proporções entre os diferentes tipos de alimento. É para isso que surge uma ferramenta bastante simples e visual: no caso da Pirâmide Alimentar, basta ter sempre fresca na memória a imagem de quais alimentos precisam ser consumidas em maior quantidade e frequência; e quais deles têm um espaço menor, no topo.

Essa técnica é algo adotado até mesmo pelas grandes instituições de saúde em todo o mundo. A ideia é garantir uma dieta equilibrada, especialmente para quem está focado em mais qualidade de vida e na inclusão das atividades físicas no dia a dia. O mais importante é sempre pensar que a variedade é o principal fator. Ou seja, a pirâmide representa aquilo que deve estar presente na sua rotina todos os dias, sem desculpa. A ideia surgiu nos Estados Unidos e chegou em uma versão brasileira em 1999, pensando nos alimentos que costumamos consumir por aqui. Vamos aplicar esses conceitos?

O que é?

A Pirâmide Alimentar é uma forma gráfica que auxilia no processo de ensino e aprendizagem sobre nutrição. Trata-se de um guia para escolha dos alimentos. Ela é uma excelente forma de ter ideia do que é melhor consumir ao longo do seu dia para garantir uma alimentação mais equilibrada. A Pirâmide é um guia na escolha de alimentos e se tornou uma referência em diversos países.

E por que encontramos tantos modelos diferentes?

É possível encontrar várias opções de pirâmide em uma rápida pesquisa na internet. A diferença está especialmente nos alimentos que compõem os diversos desenhos. Cada esquema gráfico diferente leva como característica distintiva os alimentos mais comuns da região e do país, por exemplo. Por isso, é importante consultar uma que se aproxime da sua realidade.

E ela pode ser usada no emagrecimento?

A forma gráfica da pirâmide é usada para melhor compreensão da população. Ela ajuda na escolha de alimentos saudáveis e sua intenção é promover saúde e equilíbrio. A busca por mudanças no físico depende de estratégias específicas, e cada indivíduo necessita de uma estratégia especial. Por isso, antes de apostar em qualquer dieta restritiva ou esperar resultados, é necessário consultar um especialista que indicará a melhor estratégia no seu caso.

Quem pode usar essa tabela?

Os alimentos indicados pela tabela podem ser usados por qualquer pessoa. Entretanto, vale lembrar que se você tem um objetivo físico específico é preciso uma estratégia especial – principalmente no caso de quem busca o ganho de massa muscular, conciliando a alimentação à prática de musculação, por exemplo.

Não tenha medo: a pirâmide pode ser conciliada com os suplementos

Diferentemente do que muita gente pensa, a pirâmide alimentar deve estar presente também quando você deseja incluir novos produtos, como suplementos alimentares. Eles são fornecedores de nutrientes, e a Pirâmide Alimentar orienta sobre a escolha dos alimentos que também têm essa função na dieta. Ela pode ser usada como orientação na escolha dos alimentos, bastando saber quais nutrientes estão sendo consumidos via alimentos e quais serão oferecidos pelos suplementos, e assim fazer a combinação. No caso do Whey Protein, por exemplo – que fornece as proteínas já isoladas, concentradas ou hidrolisadas –, é só entender a quantidade desse nutriente fornecida pela alimentação. Com isso, é possível analisar a necessidade que o corpo apresentará de suplementação por meio desse produto.