Macronutrientes: aprenda a calcular proteínas, carboidratos e gorduras na sua dieta

Não existe um modelo de intervenção nutricional que possa ser considerado melhor que os demais, até os dias de hoje vários métodos de dieta tem sido propostos, alguns baseados em evidencias cientificas e bem planejados, já outros modelos acabam sendo criados sem embasamento teórico nenhum.

A nutrição é uma ciência não exata que pode ter muitas variáveis, porém existem algumas leis básicas, algumas questões podem ser consideradas como premissa para elaboração de um plano alimentar. Pedro Scudero, médico pesquisador argentino, publicou na década de 30 as 4 leis básicas que devem ser observadas num plano alimentar: Quantidade, Qualidade, Harmonia e Adequação.

A quantidade de nutrientes/alimentos que ingerimos é o fator mais importante dentro da dieta, seja para mudança do físico ou para manutenção das atividades de um individuo. Quantidade de alimento ingerida determina se haverá energia suficiente para desenvolvimento das atividades, assim como, se acontecerá aumento ou redução de peso. Muitas dietas tem usado o fator QUANTIDADE para definir as ações dos indivíduos.  A dieta dos pontos, dieta flexível e dieta IIFYM são alguns exemplos deste tipo de conduta alimentar. Nestes modelos de dieta os indivíduos contam pontos, contam calorias, contabilizam os macronutrientes ingeridos.

Formas de monitorar sua dieta

Na dieta dos pontos os indivíduos contabilizam pontos de acordo com a densidade calórica do alimento. Quanto mais calorias o alimento fornecer maior será a pontuação a ser anotada na respectiva refeição, o individuo deve contabilizar certa quantia de ponto ao longo do dia, não podendo ultrapassar uma quantidade determinada de pontos. Pode-se consumir qualquer tipo de alimento, independente de ser um alimento saudável ou não, basta contabilizar os seus pontos. Este é um dos aspectos negativos deste tipo de dieta, a qualidade dos alimentos não é levada em consideração, uma vez que a qualidade dos alimentos que ingerimos é fundamental para o fornecimento adequado dos nutrientes, ao fazer escolhas ruins estes indivíduos poderão deixar de consumir todos os nutrientes que seu organismo necessita.

Outros tipos de dieta que visam apenas a quantidade podem ser executadas contabilizando os macronutrientes, contar gramas de carboidratos, proteínas e gorduras é uma das possíveis formas de se monitorar a dieta. Sabendo que cada grama de carboidrato fornece 4kcal, cada grama de proteína fornece 4kcal e a grama da gordura fornece 9kcal é possível somar a quantidade de calorias de cada refeição assim como a quantidade ingerida no dia todo. Hoje em dia existem alguns aplicativos ou programas de computador que ajudam a contabilizar tais calorias, mas novamente voltamos ao fator qualidade, estes aplicativos e programas não levam em consideração quais são os micronutrientes, suas quantidades e também a harmonia dos alimentos nas refeições. Monitorar a quantidade de calorias ingerida é uma forma de controle, porém é tão falha quanto à dieta dos pontos. Nos dias de hoje observamos que o excesso de peso tem sido observado juntamente com deficiência na ingestão de micronutrientes, em decorrência disto muitos problemas de saúde estão sendo diagnosticados na população, seja ela de classe alta ou baixa. Ou seja, é preciso melhorar principalmente a qualidade da dieta consumida pelas pessoas. Contar pontos, contar calorias ou contar macros parte da mesma premissa, controlar apenas a quantidade ingerida.

Contar macronutrientes é a mais vantajosa

Não existe uma forma mais vantajosa entre estas três citadas, mas acredito que se precisássemos apontar a forma que pode trazer menos prejuízo, eu indicaria contar macros. É preciso entender que apesar dos três macronutrientes fornecerem calorias, cada um deles tem seu papel especifico, tem funções importantes.  Um exemplo do que pode acontecer se não levar em consideração quais e quantos macros estão sendo ingeridos, se houver consumo de quantidade adequada de calorias, mas não houver quantidade suficiente de proteínas poderá ser gerada flacidez no tônus muscular.

A população ainda acredita em muitos mitos quando se fala em dieta e alimentação, é importante que haja uma reeducação alimentar quando há necessidade de mudança no físico ou tratamento de alguma patologia, caso esta mudança na dieta não seja plena, caso haja apenas controle sobre a quantidade de calorias ou macronutrientes ingeridos o problema de peso pode até ser sanado, porém a saúde deste individuo poderá ainda estar desassistida.

 

Material elaborado por Nutricionista Esportivo Diogo Círico – CRN 10 – 2067
R.T. Growth Supplements