BCAA – Branched Chain Aminoacids ou Aminoácidos de cadeia ramificada

Você sabe utilizar o BCAA? Você sabe o que é? Leia mais nesse post sobre o BCAA.

Branched Chain Amino Acids: O que é o BCAA?

Os aminoácidos são os constituintes menores das proteínas. São elementos de tamanho muito pequeno que ligam-se entre si mas também podem estar ligados a outros compostos formando uma estrutura mais complexa, as proteínas.
Nossos músculos, nossos tecidos, cabelos, pele, unhas são compostos por aminoácidos e proteínas. Milhares, bilhares, incontáveis aminoácidos ligados entre si formando estruturas maiores e mais complexas como tecidos, fibras musculares, entre outros.
Existem algumas maneiras de se classificar os aminoácidos, dentre tantas as classificações temos os aminoácidos de cadeia ramificada, são uma categoria, uma classe muito especial. 

As fontes de BCAA

Todos os alimentos que fornecem proteínas contém aminoácidos. Quando falamos em alimentos devemos entender que qualquer tipo de proteína possui aminoácidos, vegetais ou animais todos os alimentos que possuem proteínas na sua composição são fornecedores de aminoácidos.
São 20 tipos de aminoácidos presentes na natureza, cada um deles pertence a uma família que possui características especificas próprias.
Porém os aminoácidos de cadeia ramificada estão presentes em pequenas quantidades nos alimentos, alguns deles.

Suplemento BCAA e a necessidade de complementar a dieta

Quando falamos em necessidades nutricionais de aminoácidos, eles serão divididos em essenciais e não essenciais. Essa classificação acontece pois existem aqueles que precisam ser ingeridos via dieta e aqueles que podem ser fabricados em nosso organismo se houver uma dieta adequada.
Eles podem ser chamados de aminoácidos essenciais quando precisarem ser consumidos via alimentos ou suplementos, serão chamados de não essenciais quando o organismo conseguir fabricar e poderão ainda ser classificados como condicionalmente essenciais se por acaso em alguma situação especifica o nosso organismo não conseguir fabrica-lo em quantidade suficientes.

Aminoácidos de Cadeia Ramificada: A Estrutura

Quando falamos sobre as diferentes formas estruturais dos aminoácidos e consequentemente as implicações que cada forma acarretará em nosso organismo, devemos entender que os aminoácidos podem possuir uma estrutura/cadeia simples ou uma cadeia ramificada.
Os aminoácidos de cadeia ramificada, os famosos BCAA, são procurados por possuírem implicações metabólicas especificas. Quando falamos sobre estes aminoácidos estamos nos referindo a nutrientes que possuem a capacidade de melhorar a desempenho durante atlético, melhora na recuperação das fibras musculares durante e no final da atividade física como também melhoria do sistema imunológico em indivíduos que treinam de maneira intensa, estes aminoácidos ainda influenciam na utilização da glicose durante o exercício.

BCAA e o benefícios na recuperação muscular

Como funciona o BCAA

Os 3 aminoácidos que compõe este produto estão envolvidos diretamente no processo de fornecimento de energia à fibra muscular durante a contração e relaxamento, síntese e regeneração das proteínas musculares, estão envolvidos também na produção hormonal além de estimular a utilização de gordura como fonte de energia.
Como são 3 aminoácidos diferentes que compõe este produto devemos entender que a importância e também o mecanismo de atuação de cada será distinto.

Concentração de BCAA na dieta

Dos valores totais de aminoácidos necessários de uma dieta, 30% deve ser proveniente dos aminoácidos de cadeia ramificada. Especificando cada um dos 3 aminoácidos : 15% devem vir da Leucina, 7,5% deve ser oferta de Isoleucina como também 7,5% de Valina. A leucina entra como maior demanda devido a sua ligação no processo de síntese de proteínas. A melhor concentração que pode ser adquirida e ingerida via suplemento alimentar é a formulação 2-1-1. 2 gramas de leucina para 1 grama de isoleucina e 1 grama de valina. Esta é a concentração mais próxima daquela necessária a fibra muscular. Foi por este motivo que a Growth Supplementsdesenvolveu seu produto nesta concentração especifica. 

Aminoácido de Cadeia Ramificada: Quantidade em Gramas

Via de regra um individuo que possui uma rotina de atividade física de media a alta intensidade, necessita de aproximadamente 30 a 50gr de bcaa´s ao dia. Não podemos esquecer que nos alimentos existem bcaa´s, em estudos populacionais de acordo com a dieta dos brasileiros a grande maioria consome em média 15 a 20gr de bcaa´s, ou seja, aminoácidos de cadeia ramifica via alimento. Restando metade da necessidade para ser consumida via suplementos.

BCAA nos alimentos

A fonte de extração dos BCAA´s pode ser tanto vegetal quanto animal. Na indústria os aminoácidos podem ser extraídos de 3 formas diferentes. Os suplementos de BCAA da Growth Supplements são extraídos dos vegetais, tomamos este cuidado na escolha da matéria prima para que assim possamos atender a todo tipo de publico.

BCAA para ajudar na construção de massa muscular

Melhor horário para tomar BCAA

A presença ou não de aminoácidos de cadeia ramificada durante o dia, é um aspecto de grande importância ao analisar um plano alimentar. Não é correto a presença destes aminoácidos apenas nas refeições pré e pós-treino. Devido as implicações metabólicas destes nutrientes, eles devem estar distribuídos ao longo do dia. Quando um individuo possui restrições alimentares seja por falta de tempo, falta de opções (disponibilidade de alimentos) se torna muito importante o consumo de BCAA como complemento durante o dia, assim haverá substrato energético para o trabalho de preparação ou recuperação das fibras musculares. As refeições durante o dia que não possuírem proteínas em quantidade ou qualidade suficiente podem receber a inclusão deste suplemento, assim ocorre uma melhora no perfil uma vez que ele atuará como um reforçador do aspecto amino acidico da refeição.

Efeitos terapêuticos do BCAA

Estes 3 aminoácidos podem evitar que seja mobilizada massa muscular em dietas de restrição calórica, estão envolvidos no tratamento de queimaduras devido a sua ligação com a produção de novas proteínas (reconstrução de tecido), em indivíduos idosos melhoram/atenuam o efeito de consumo de proteínas (catabolismo natural). Também são usados no tratamento de doenças do fígado e dos rins.

Maneira de diluir o BCAA

Os BCAA´s podem ser diluídos em qualquer liquido como água, suco de frutas, de hortaliças, diluídos em shakes ou conforme a preferência de cada individuo. É importante lembrar que devido as suas características hidrofóbicas (não se misturam bem com água) e também suas propriedades sápicas o que os faz de sabor amargo deve haver atenção no preparo do liquido que for usado para consumi-lo.