Chá de amora

Chá de amora: Quais são seus benefícios e como fazê-lo?

Um dos chás mais comentados ultimamente é o chá de amora, mais especificamente das folhas da amora. Apesar de seus diversos benefícios, muitas pessoas duvidam de sua eficiência e deixam de experimentá-lo. 

Mas saiba que o consumo de chá de amora é totalmente seguro! Há pesquisas que indicam que o consumo de chá de amora não apresenta riscos à saúde. Nos testes realizados foi mostrado que o chá de amora não apresentava sinais de toxicidade. 

Muito se sabe da importância dos chás para nossa saúde. Eles, de fato, podem ser grandes aliados no emagrecimento e ainda quando indicadas pelo profissional que faz o acompanhamento, contribuem para o tratamento de diversas patologias como diabetes. 

Você sabe quais são os principais nutrientes do chá de amora e como eles atuam no seu organismo? Então, continue lendo para saber tudo sobre esse delicioso chá e ainda aprender uma receita simples e eficaz. 

Índice 

Os principais nutrientes contidos no chá de amora

Tanto a amora como suas folhas são extremamente ricas em vitaminas e minerais. O chá de amora tem grandes quantidades de flavonoides, vitamina C, cálcio e potássio. Por isso, é um chá considerado de alto valor nutritivo detendo propriedades funcionais. 

Mas como esses nutrientes podem ajudar a melhorar sua saúde? 

Os flavonoides, que são compostos com função antioxidante e anti-inflamatória, podem auxiliar no alívio dos sintomas da menopausa e no alívio de dores. A vitamina C presente no chá de amora possui relação com a regulação da pressão arterial.

O potássio e o cálcio, em conjunto, também são excelentes para a saúde cardiovascular, além de ajudar na manutenção da saúde dos ossos, evitando a osteoporose. 

O chá de amora é muito popular entre as mulheres que estão no período de menopausa, pois ele é capaz de aliviar os sintomas característicos dessa fase, tais como alterações do humor, ondas de calor repentinas e irritabilidade. 

E quem busca reduzir a gordura corporal também pode se sentir à vontade para tomar o chá de amora, pois ele auxilia no controle de açúcar no sangue. Assim, além de auxiliar na perda de peso, o chá de amora também pode ser incluído na dieta para emagrecer

Quais são os benefícios do chá de amora?

Agora que você já sabe os principais nutrientes do chá amora e como eles agem no seu organismo, veja quais são os melhores benefícios que o chá pode trazer para a sua saúde:

  • Alivia os sintomas da menopausa.
  • Diminui o risco de desenvolver doenças cardíacas.
  • Contribui para a saúde dos ossos, evitando a osteoporose.
  • Auxilia no controle do índice glicêmico, prevenindo o diabetes.
  • Coadjuvante na perda de peso.
  • Ação anti-inflamatória e antibacteriana.

Como preparar a melhor receita de chá de amora?

Para preparar o melhor e mais eficiente chá de amora, é muito simples: 

  1. Em água fervente, adicione de 3 a 5 folhas de amora. 
  2. As folhas podem ser secas ou frescas! O importante é que elas sejam cortadas em pedaços pequenos e maceradas. 
  3. Após 5 minutos em infusão, espere esfriar e consuma imediatamente. 

Esse é apenas um exemplo de receita, o que significa que você pode adaptar o chá de amora para o seu paladar. 

Uma possível adaptação para esse chá seria adicionar polpas de frutas, sucos e até mesmo outros tipos de chá da sua preferência, como o chá verde! Nesse caso, a proporção ideal é que a bebida seja composta 70% por chá e 30% por sucos ou outros chás. 

Vale lembrar que, apesar dos diversos benefícios, esse chá não vai fazer milagres. Para aproveitar o máximo de seus benefícios, é preciso ter hábitos alimentares saudáveis, fazer uso de bons suplementos, como o whey protein, e manter uma rotina adequada de exercícios físicos. 

E, para isso, você pode conferir as outras postagens do blog da Growth, que oferecem as melhores dicas para treinos, diversas receitas fit e ótimas dicas de nutrição. São conteúdos exclusivos que só a Growth oferece! 

Referências

MORAES JUNIOR, E. F. de. Caracterização físico-química de chá misto de amora (Rubus spp) e hibisco (Hibiscus sabdariffa). CONGRESSO BRASILEIRO DE QUÍMICA, 57., 2017, Gramado, RS. Megatendências: Desafios e oportunidades para o futuro da Química. Rio de Janeiro: ABQ, 2017.

OLIVEIRA, A.C.B.; OLIVEIRA, A.P.; GUIMARÃES, A.L.; OLIVEIRA, R.A.; SILVA, F.S.; REIS, S.A.G.B.; RIBEIRO, L.A.A.; ALMEIDA, J.R.G.S. Avaliação toxicológica pré-clínica do chá das folhas de Morus nigra L. (Moraceae). Rev. Bras. Pl. Med., Campinas, v.15, n.2, p.244-249, 2013.