Descubra os alimentos que parecem saudáveis, mas não são!

Muitas vezes na hora de começar uma dieta nos deparamos com uma dúvida: o que podemos comer ou não? No entanto, existem muitos alimentos que parecem saudáveis, mas não são. O problema é que muitas pessoas, sem saberem dessa verdade, acabam comprando e acreditando que estão seguindo uma alimentação mais saudável.

A indicação dos alimentos ou o seu rótulo podem, por vezes, enganar o consumidor. De primeira eles parecem saudáveis e inofensivos, mas a sua lista de ingredientes diz o contrário. E é aí que mora o problema, pois podem fazer muito mal para sua saúde e você nem se dá conta disso.

Para saber quais alimentos parecem saudáveis, mas não são e o porquê, continue a leitura. Listaremos os principais e explicaremos quais cuidados você deve ter com a alimentação. Confira!

Quais alimentos que parecem saudáveis, mas não são?

Muitos deles parecem nutritivos e saudáveis, mas tenha cuidado: é preciso consumi-los com moderação! Confira alguns alimentos que parecem saudáveis, mas não são.

Barrinha de cereal

Elas parecem ser uma ótima opção de lanche rápido para ter na bolsa ou comer entre as refeições. Segundo suas embalagens, o principal benefício delas é que são ricas em fibras. No entanto, especialistas afirmam que a maioria desses produtos encontrados nos supermercados na verdade são ricos em açúcar e sódio.

Para saber se a que você está comprando é um desses, sempre olhe os ingredientes que estão no rótulo — os que vêm primeiro são os que estão em maior quantidade — procure marcas em que a fibra aparece no começo da lista.

Uma opção mais saudável é fazer sua própria barrinha em casa, ou substituí-la pela bananada sem açúcar. Ela também é rica em fibras e em outras vitaminas. Sem contar que, nesse caso, a banana não é desidratada, portanto, ela mantém mais nutrientes.

Peito de peru

Apesar de muitas pessoas encararem o peito de peru como uma alternativa mais saudável que o presunto, os dois têm a mesma quantidade sódio e gordura, pois ambos são uma mistura de carne e pele do animal. Além disso, para conservá-los, as indústrias usam produtos químicos como nitritos e nitratos, que podem causar câncer.

Por isso, o ideal é cortar os alimentos embutidos e processados — como salsicha e mortadela. Ou que pelo menos diminua o consumo para apenas uma vez por semana, e de preferência a versão sem capa de gordura.

Gelatina

Uma sobremesa que ganhou a cultura fitness é a gelatina, principalmente pela presença do colágeno. No entanto, a quantidade dessa proteína é tão pequena que não é capaz de trazer benefícios reais para a saúde. Além do mais, a versão industrializada contém muito corante, acidulantes, aromatizantes e açúcares. Nenhum desses ingredientes é bom para saúde. A opção mais saudável é sempre a fruta in natural.

Torrada integral

As torradas também estão bem presentes nas dietas, no entanto, apesar de serem nomeadas como integrais, elas possuem aditivos químicos, açúcares e gorduras. Em muitos casos, a farinha de trigo aparece antes mesmo da farinha integral na lista de ingredientes, o que significa que ela está presente em maior quantidade. Ademais, o produto contém açúcar, açúcar invertido e emulsificantes, que são elementos que contribuem para o aumento do colesterol e da dislipidemia.

Produtos light e diet

Eles parecem inofensivos, mas não são. Não se engane acreditando que por ter menos açúcar e gordura eles são mais saudáveis. Esses produtos são ricos em sódio para poderem manter o sabor. Por isso, especialistas recomendam que, nesse caso, o melhor é optar pela versão tradicional mesmo. Sem contar que não é correto cortar todo o açúcar da nossa dieta, pois precisamos dele para produção de energia.

Fruta desidratada

Outro lanche que está na moda são os snacks de frutas desidratada. Muitas vezes eles são consumidos para matar a vontade de comer doce. No entanto, a sua ingestão deve ser cuidadosa, pois eles podem conter muito açúcares e outros aditivos químicos. Além disso, a desidratação causa a concentração da frutose, o que pode reduzir significativamente o teor de fibras e vitaminas. O mais saudável é sempre a fruta in natural.

Como ter uma alimentação mais saudável?

São muitos os alimentos que parecem saudáveis, mas não são. Mas mesmo assim é possível ter uma dieta mais saudável, equilibrada e prática. Para mostrar isso para você e lhe ajudar a montar um plano de alimentação mais seguro para sua saúde, trouxemos algumas dicas. Confira!

Compre frutas e vegetais

Pode parecer óbvio, mas muitas pessoas na verdade ignoram as frutas, legumes e saladas. Contudo, ter opções variadas de frutas e vegetais na geladeira pode facilitar sua vida na hora de preparar refeições mais variadas e completas. Sem contar que as frutas são ótimas alternativas para evitar cair na tentação. Por isso, o primeiro passo é trocar os snacks industrializados pelas porções de frutas.

Dedique um tempo para preparar suas refeições

Para ter uma dieta mais saudável, você vai precisar dedicar pelo menos meio dia da sua semana para preparar suas refeições. Isso o ajudará a se planejar e ter uma alimentação mais saudável durante a semana. Da mesma forma, com um plano e refeições congeladas você reduz as chances de comer besteira.

Aposte nos suplementos

Muita gente não consegue suprir todas as necessidades nutricionais do seu corpo apenas com a alimentação. Por isso, uma ótima alternativa são os suplementos, Eles possuem os mesmos nutrientes das comidas, mas mais otimizados e de consumo mais rápido. Você pode preparar uma vitamina de frutas com whey ou hipercalórico e ter uma refeição rápida e sem fugir da dieta.

Agora que já conhece os alimentos que parecem saudáveis, mas não são, e já sabe como identificar se um produto faz mal ou não para a saúde lendo o rótulo do produto, comece a praticar essas dicas. Não se esqueça: uma alimentação saudável é aquela que oferece todos os nutrientes que o seu corpo precisa.

A Growth Supplements oferece suplementos categoria de suplementos. Para conhecer todas as nossas opções, acesse o nosso site e confira todos os nossos produtos!