abacate engorda

Abacate engorda ou emagrece? Saiba tudo aqui!

Consumido de diversas maneiras pelo mundo, o abacate está presente em pratos doces e salgados, além de saborosas bebidas. Mas será que essa combinação de cardápio com abacate engorda?

Confira a seguir os principais valores nutricionais do abacate e como mantê-lo em uma dieta saudável no seu dia a dia.

  1. Abacate: propriedades nutricionais
  2. Benefícios do abacate
  3. Mas, afinal, comer abacate engorda?
  4. Como incluir o abacate no dia a dia

Abacate: propriedades nutricionais

O abacate é uma fruta com alto valor nutricional, que pode ser consumida como alimento puro, no preparo de receitas e até mesmo na indústria farmacêutica e cosmética, com a extração do óleo da polpa.

Com tanta versatilidade, todas as partes do abacate, incluindo a polpa, a semente e a casca, podem conter proteínas, potássio, ácidos graxos insaturados e vitaminas lipossolúveis, como as vitaminas A, B, D e E.

A Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO) considera que, para cada 100 g de abacate, estão concentrados, em média, 96 kcal e 402 kJ de energia; 1,2 g de proteína; 8,4 g de lipídios; 6,0 g de carboidrato; 6,3 g de fibra alimentar; 8 mg de cálcio; 15 mg de magnésio; 2,3 g de saturados; 4,3 g de monoinsaturados e 1,4 g poli-insaturados.

Benefícios do abacate

Segundo os artigos da Revista Ciência Rural, da Revista Brasileira de Fruticultura e do jornal Antioxidants, estudos demonstram que os benefícios do abacate estão associados a uma alimentação balanceada e que o seu valor nutricional pode ser quatro vezes mais elevado do que qualquer outra fruta, exceto a banana. Conheça a seguir os fatores benéficos em que a fruta pode contribuir.

  • Ajudar como ação antioxidante;
  • Melhorar o sistema imunológico;
  • Auxiliar a manter o sistema digestivo saudável;
  • Prevenir doenças cardiovasculares e regular a atividade muscular, por meio dos níveis de lipídeos e potássio.

Outro benefício importante está relacionado à ajuda na redução dos níveis de colesterol total e LDL (ruim). Segundo artigo, um estudo realizado com 45 voluntários no México demonstrou uma redução média de 17% dos níveis de colesterol no sangue após o consumo diário de abacate durante uma semana.

Mas, afinal, comer abacate engorda?

De acordo com Diogo Círico, nutricionista esportivo e responsável técnico da Growth Supplements, qualquer substância que possa ser ingerida como alimento não pode ser classificada como “engorda ou emagrece”, uma vez que todo alimento fornece nutrientes e calorias para manter o bom funcionamento do nosso corpo.

Então por que existe o mito de que o abacate engorda? A caloria equivale a uma unidade de medida para quantidade de energia, ou seja, se você ingere mais calorias do que gasta, consequentemente seu corpo ganhará peso.

Portanto, mesmo o abacate sendo uma fruta calórica, assim como qualquer alimento, o que determina o aumento de peso é o consumo em exagero que ultrapassa a quantidade ideal diária de uma dieta alimentar balanceada, além de outros fatores, como genética e ausência de atividade física, que podem influenciar no aumento de peso.

Como incluir o abacate no dia a dia

Para priorizar uma alimentação saudável, é preciso pensar na preparação de alimentos simples e que facilitem durante uma rotina agitada. Assim como outras frutas, o abacate possui diferentes tipos, e entre os mais conhecidos no Brasil estão os abacates fortuna e margarida, com sabor mais adocicado, e o tipo geada, ideal para preparação de sucos, vitaminas e smoothies.

Já o abacate hass, conhecido como avocado, possui o formato menor e é menos doce, sendo ideal para receitas salgadas, como a famosa guacamole, que serve como alternativa para substituir a manteiga, o cream cheese e a maionese, em sanduíches e saladas.

Em pesquisa publicada pela Revista Brasileira de Fruticultura, a casca e a semente do abacate hass apresentam propriedades antioxidantes, que podem servir também como fontes naturais para aplicação e produção na indústria de alimentos.

Agora que você já sabe tudo sobre as propriedades e os benefícios do abacate, aproveite para navegar em nosso blog e conferir as dicas de alimentos sobre o que comer na dieta low carb ou se a banana engorda.

REFERÊNCIAS
BHUYAN, Deep Jyoti et al. The Odyssey of Bioactive Compounds in Avocado (Persea americana) and Their Health Benefits. Antioxidants. Basel, Switzerland, vol. 8,10 426. 24 Set. 2019. DOI:10.3390/antiox8100426.

Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6826385/. Acesso em: 19 jan. 2021.

DAIUTO, Érica Regina et al. Composição química e atividade antioxidante da polpa e resíduos de abacate ‘Hass’. Rev. Bras. Frutic., Jaboticabal, v. 36, n. 2, p. 417-424, Jun. 2014.

Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-29452014000200018&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 19 jan. 2021.

DUARTE, Patrícia Fonseca et al. Avocado: characteristics, health benefits and uses. Cienc. Rural, Santa Maria, v. 46, n. 4, p. 747-754, abr. 2016. DOI https://doi.org/10.1590/0103-8478cr20141516.

Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-84782016000400747&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 19 jan. 2021.

NEPA – Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação. Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO). 1ª ed. Campinas: NEPA – UNICAMP, p. 36-37, 2004. Disponível em: https://www.cfn.org.br/wp-content/uploads/2017/03/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf. Acesso em: 19 jan. 2021.