Benefícios da banana

Benefícios da banana: Saiba tudo aqui!

Com os benefícios da banana, você pode agregar valor nutricional ao seu cardápio e ajudar no bom funcionamento do seu intestino, além da importância do consumo da fruta antes e depois dos treinos, para regular a contração muscular, evitar câimbras e controlar a pressão arterial.

Confira todos os tópicos deste conteúdo e saiba tudo sobre os benefícios da banana!

  1. Benefícios da banana: conheça a fruta
  2. Valor nutricional da banana
  3. Benefícios da banana: para que serve a banana?
  4. Banana: benefícios
  5. Benefícios da banana: receitas
  6. Biomassa de banana verde

Benefícios da banana: conheça a fruta

De acordo com o estudo publicado pela Agência de Informação Embrapa, os benefícios da banana estão relacionados ao seu valor nutricional elevado e à rica fonte de energia fornecida para as atividades do dia a dia.

No Brasil existem diversas variedades de cultivo de banana, e as mais populares são a banana nanica (conhecida também como banana d’água e banana caturra), banana prata, banana-maçã, banana ouro e banana-da-terra.

Confira a seguir os principais valores nutricionais da fruta crua, de acordo com dados da Tabela Brasileira de Composição de Alimentos – TACO.

Valor nutricional da banana

Banana nanica: 73,8% de umidade; 92 kcal e 383 kJ de energia; 1,4 g de proteína; 0,1 g de lipídeos; 23,8 g de carboidrato; 1,9 g de fibra alimentar; 3 mg de cálcio; 28 mg de magnésio; 27 mg de fósforo; 0,3 mg de ferro; 376 mg de potássio; 0,02 mg de vitamina B2 (riboflavina); e 5,9 mg de vitamina C.

Banana prata: 71,9% de umidade; 98 kcal e 411 kJ de energia; 1,3 g de proteína; 0,1 g de lipídeos; 26,0 g de carboidrato; 2,0 g de fibra alimentar; 8 mg de cálcio; 26 mg de magnésio; 22 mg de fósforo; 0,4 mg de ferro; 358 mg de potássio; 0,02 mg de vitamina B2 (riboflavina); e 21,6 mg de vitamina C.

Banana-maçã: 75,2% de umidade; 87 kcal e 363 kJ de energia; 1,8 g de proteína; 0,1 g de lipídeos; 22,3 g de carboidrato; 2,6 g de fibra alimentar; 3 mg de cálcio; 24 mg de magnésio; 29 mg de fósforo; 0,2 mg de ferro; 264 mg de potássio; e 10,5 mg de vitamina C.

Banana ouro: 68,2% de umidade; 112 kcal e 470 kJ de energia; 1,5 g de proteína; 0,2 g de lipídios; 29,3 g de carboidrato; 2,0 g de fibra alimentar; 3 mg de cálcio; 28 mg de magnésio; 22 mg de fósforo; 0,3 mg de ferro; 355 mg de potássio; e 7,6 mg de vitamina C.

Banana-da-terra: 63,9% de umidade; 128 kcal e 536 kJ de energia; 1,4 g de proteína; 0,2 g de lipídeos; 33,7 g de carboidrato; 1,5 g de fibra alimentar; 4 mg de cálcio; 24 mg de magnésio; 26 mg de fósforo; 0,3 mg de ferro; 328 mg de potássio; 0,03 mg de vitamina B1 (tiamina); 0,02 mg de vitamina B2 (riboflavina); e 15,7 mg de vitamina C.

Depois de conferir os valores nutricionais, você deve estar se perguntando se a banana engorda ou não, certo? A indicação de consumo da banana é livre para qualquer dieta, desde que seja incluída de maneira adequada, sem exageros, para que se evite o aumento de peso.

Benefícios da banana: para que serve a banana?

A banana pode ser consumida a qualquer horário do dia, principalmente antes e depois de atividades físicas que exigem a reposição de nutrientes importantes para o nosso organismo.

Confira a seguir os principais benefícios da banana, de acordo com pesquisa publicada pelo Journal of Pharmacognosy and Phytochemistry.

Banana: benefícios

· Reforço da imunidade.
· Evita câimbras e regula a contração muscular.
· Restaura a atividade intestinal, com alívio da constipação e da diarreia.
· Tratamento de artrite.
· Tratamento de anemia.
· Tratamento contra depressão.
· Aumento de energia e melhora no humor.
· Controle da pressão arterial.
· Proteção contra úlceras e remédio para azia.
· Proteção contra doenças neurodegenerativas (doença de Alzheimer).
· Efeito de redução do colesterol.
· Saúde cardiovascular e proteção contra derrames.
· Ajuda a reduzir a retenção de água.

Assim como a fruta, a bananeira inteira possui aplicações medicinais, como as flores para bronquite, a seiva para febre, as folhas para queimaduras, as raízes para disenteria, entre outras partes com propriedades importantes.

Benefícios da banana: receitas

A banana pode ser inserida em diversas receitas fit do nosso dia a dia, como bolos, sorvetes, doces, bebidas e sobremesas, além de a fruta crua ser consumida com iogurte, açaí, tapioca, entre outros.

Segundo dados do mesmo estudo da Embrapa, a banana também é comercializada em produtos como purê de banana como suplemento alimentar, banana em calda, banana-passa, banana em flocos, farinha de banana, banana liofilizada e chips de banana.

Uma excelente opção para dar energia nos dias mais quentes é fazer a combinação de frutas, como um smoothie ou uma vitamina que mantenha o sistema imunológico resistente e contenha os benefícios do limão ou os benefícios do abacate, por exemplo.

Biomassa de banana verde

Segundo pesquisa publicada pela Revista Univap, a biomassa de banana verde também pode ser um ingrediente nutritivo para elaborar receitas, como bolos, uma vez que o purê de banana verde não possui gosto e tem como vantagem a baixa concentração de açúcares.

Referências
FOLEGATTI, Marília Ieda da Silveira; MATSUURA, Fernando Cesar Akira Urbano. Processamento. In: BORGES, A. L.; SOUZA, L. da S.. O cultivo da bananeira. Cruz das Almas: Embrapa Mandioca e Fruticultura, 2004. Cap. 8. p. 232-244. Disponível em: <https://www.agencia.cnptia.embrapa.br/recursos/Livro_Banana_Cap_13ID-PA3643xufd.pdf>. Acesso em: 15 ago. 2020.

GOMES, Vânia Thais Silva et al. Benefícios da biomassa de banana verde à saúde humana. Revista Univap, São José dos Campos, v. 22, n. 40, p. 655, 2017. Disponível em: <http://www.inicepg.univap.br/cd/INIC_2016/anais/arquivos/RE_1176_1364_01.pdf>. Acesso em: 19 ago. 2020.

KUMAR, K. P. Sampath; BHOWMIK, Debjit; DURAIVEL, S.; UMADEVI, M. Traditional and Medicinal Uses of Banana. Journal of Pharmacognosy and Phytochemistry, India, v. 1, ed. 3, p. 51-63, set./out 2012. Disponível em: https://www.phytojournal.com/vol1Issue3/Issue_sept_2012/9.1.pdf. Acesso em: 19 ago. 2020.

NEPA – Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação. Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (TACO). 1ª ed. Campinas: NEPA – UNICAMP, p. 36-37, 2004. Disponível em: <https://www.cfn.org.br/wp-content/uploads/2017/03/taco_4_edicao_ampliada_e_revisada.pdf>. Acesso em: 19 ago. 2020.