6 famosos com corpos sarados e o que eles fazem

Famosos com corpos sarados estão sempre chamando a atenção das pessoas, seja pelo abdômen trincado ou por realizar um tipo de treino muito diferente ou inovador, que acaba servindo de inspiração para outros que têm o mesmo objetivo.

No entanto, como eles fazem para conquistar esses resultados? Será que existe alguma recorrência nos métodos utilizados ou nos esportes praticados? Além da disciplina e da preparação intensa, quais são as outras convergências nesse sentido?

Pensando nisso, elaboramos este post com o intuito de mostrar quais são as estratégias usadas por atores que são referências no assunto. Continue a leitura para descobrir quem são eles e o que fazem!

1. Chris Evans

Conhecido por interpretar os super-heróis Tocha Humana e Capitão América nos filmes da produtora Marvel, Chris Evans é uma das grandes estrelas atuais no cinema mundial. Seu corpo sarado é decorrente da missão de interpretar homens lutando pelo bem-estar da população, salvando-a de perigosos vilões na ficção.

Ele conta, nesta entrevista de 2011, sobre a sua preparação para viver um dos heróis mais queridos pelos fãs de quadrinhos. Nela, Evans ainda destaca a importância da alimentação no processo de ganho de massa muscular, tendo em vista que todo seu programa de treinos foi pensado com esse propósito. Em tom bem-humorado, o astro reclama com a entrevistadora da necessidade de comer “a todo tempo”.

Em outro depoimento, de 2016, o ator detalha os preparativos realizados para o segundo filme da saga do herói, lançado em 2014. Segundo ele mesmo, foram cerca de três meses de uma rotina “absolutamente brutal”.

O ator fez, ao longo desse tempo, treinos balanceados, alternando bastante os grupos musculares a serem trabalhados. Eram sempre dois — bíceps e tríceps ou peito e costas, por exemplo — em uma sessão de duas horas, com alta carga e poucas repetições. Depois disso, a ideia era treinar o core e fazer abdominais para relaxar.

Como haveria de ser, Chris também aponta a alta ingestão de proteína como o elemento central na sua dieta voltada à hipertrofia: “A equação é cerca de 2 gramas de proteínas por quilograma de peso corporal”, diz ele. Para isso, o norte-americano conta que recorreu a diversas fontes para ingerir o nutriente, como mingau, nozes, passas, iogurte grego com baixo teor de gordura e suplementações.

2. Hugh Jackman

Ator e produtor australiano, Hugh Jackman se tornou mundialmente conhecido por interpretar Wolverine, um dos mutantes mais carismáticos do universo de “X-Men”, que por sua vez também é uma criação da já mencionada Marvel.

Apesar dos papéis exigirem bastante de seu físico, Jackman confessou, em matéria pelo site Body Building, que demorou muito tempo para encontrar a forma que considerava ideal para o seu personagem mais famoso: “Nos três primeiros filmes do ‘X-Men’, o Wolverine não se parecia muito com aquilo que eu pensava para ele, para ser honesto”.

Por isso, ele se preparou especialmente para estar “animalesco” e “selvagem”, segundo suas próprias palavras, em “Logan” e “X-Men Apocalypse”, longas que foram lançados recentemente.

Para chegar a esse objetivo, Jackman relata que seus treinos não giravam em torno da hipertrofia somente. Apesar de fazer exercícios tradicionais, como barra e supino, por exemplo, ele diz ter feito muitos treinamentos sem se utilizar de pesos e aparelhos, além de realizar circuitos e superséries, que também são ótimos para reduzir a gordura.

Hugh também disse que seus treinos variavam e tinham de 6 a 10 repetições, que chegavam a 18 na última série, geralmente a quarta, na qual havia uma redução de até 25% do peso.

Posteriormente, ainda nesse mesmo programa, seu treinador inseriu uma série inicial que ia de 1 a 5 repetições com uma carga bastante pesada. Ou seja, eram treinamentos balanceados, que ficavam entre o crescimento de volume e a definição dos músculos.

Sendo assim, sua alimentação também foi montada para acompanhar essas duas metas, de modo que a creatina teve uma importante contribuição no aumento de massa, até ser progressivamente reduzida durante o cutting.

Verduras escuras, como o espinafre e o brócolis, assim como carnes magras e os shakes de Whey também foram demasiadamente importantes em ambos os processos.

3. Dwayne Johnson

Também conhecido como “The Rock”, Dwayne Johnson é um dos maiores nomes da luta-livre nos Estados Unidos. Campeão por diversas vezes como lutador e ex-jogador de futebol americano universitário, seu físico sarado também colaborou para que ele ganhasse espaço em grandes produções de Hollywood, como “O Escorpião Rei”, “Hércules” e alguns títulos da franquia “Velozes e Furiosos”.

Aos poucos o famoso se tornou uma espécie de referência para bodybuilders de todo o mundo, tendo em vista que nunca se acomodou com seus resultados e não deixou os treinos de lado.

Em entrevista para a TRAIN Magazine, ele conta que suas atividades se iniciam às 4 horas da manhã, sendo que ele treina seis vezes por semana. Quando está envolvido em alguma filmagem, ele começa com exercícios de lift e cardio antes mesmo de ir para o estúdio.

Por outro lado, quando não está participando de nenhuma gravação, ele diz acordar tão cedo quanto, apenas com o propósito de treinar. A preferência pelo horário tem a ver com a inspiração de se exercitar enquanto o sol ainda não nasceu. O foco, por sua vez, é garantido pelo fone de ouvido sempre ligado. Os treinos vão de 90 a 105 minutos, em média.

No aspecto da nutrição, Dwayne é categórico e reconhece que, sem planejamento nesse quesito, toda a musculação realizada perde grande parte de seu potencial. Dessa forma, ele procura comer entre 6 e 7 vezes por dia, variando entre fontes magras de proteína, carboidratos complexos, vegetais e suplementos adequados.

4. Chris Hemsworth

Fã de surfe, o galã australiano Chris Hemsworth teve que se esforçar muito fora da água para dar vida ao seu personagem mais relevante no cinema: o super-herói Thor, também oriundo do universo fantasioso da Marvel Comics.

Se hoje em dia ele é visto como um exemplo de corpo sarado, antigamente as coisas não eram bem assim. Não à toa, antes de fazer o primeiro longa-metragem na pele do deus germânico, ele precisou ganhar pouco mais de 9 quilos de massa magra, diminuindo o seu percentual de gordura.

Embora tenha aprendido muay thai e boxe para encenar as inúmeras cenas de luta, ele precisou fazer treinos tradicionais para ficar de fato musculoso. Além disso, também fez um longo circuito de abdominais com variações de prancha e muitas repetições. O HIIT, vez ou outra ajudava a compor esse programa, por mais que o objetivo fosse o aumento na musculatura.

À parte da dieta rica em proteínas e aminoácidos, a suplementação é outro ponto de destaque em sua preparação, já que ele tomou muitos shakes de Whey Protein e ainda fez um uso devidamente programado de glutamina, aminoácido com impacto significativo e benéfico na síntese proteica. Surfar, é claro, continuou sendo uma prática recorrente, não só pela motivação que o esporte dava ao ator, mas também pelos benefícios físicos.

5. Ryan Reynolds

Antes de trabalhar no longa “Blade: Trinity”, Ryan Reynolds sequer ligava para o que comia ou bebia. Ao menos é o que ele diz em declaração concedida ao portal Men’s Fitness.

Frequentemente identificado como um dos corpos masculinos que servem como exemplo no cinema americano, o canadense que protagonizou “Deadpool” precisou passar por uma drástica mudança para atingir seus objetivos: treinou seis dias por semana, ingerindo 3.200 calorias por dia. Toda a dedicação foi convertida em mais de 11 quilos de músculos.

Seus treinamentos sempre se iniciavam com 20 minutos de abdominais. Os exercícios eram divididos em 2 séries distintas, envolvendo agachamentos, ball crunch, pinças etc., com 4 repetições de cada uma. Depois disso, ele dividia os treinos em membros superiores e inferiores, variando ao longo das semanas.

Reynolds ainda diz que é motivado por uma questão prática, e não estética, como muitos podem pensar. Afinal, ele deseja chegar à velhice com melhor qualidade de vida, sem sofrer tanto com os problemas que a idade gera.

6. Terry Crews

Mais conhecido por interpretar Julius em “Todo Mundo Odeia o Chris” e Hale Caesar em “Os Mercenários”, Terry Crews também é frequentemente lembrado por ser um exemplo de corpo sarado.

Ex-jogador profissional de futebol americano e vencedor de um Globo de Ouro, o comediante malha de uma a duas horas por dia, quatro vezes por semana.

Depois de sessões intensas na academia, ele chega a correr mais de 6 quilômetros. O que justifica tanta corrida, segundo Crews, é queimar as calorias, já que ele é um atleta aposentado com quase 50 anos de idade. Ele também diz que correr faz bem para sua mente.

O ponto em comum entre todos esses homens, além de muita musculação e uma alimentação totalmente planejada, é a persistência. Ainda do ponto de vista nutricional, vale frisar que todos eles fazem uma boa variação de suplementos. Portanto, pode-se notar que esses famosos com corpos sarados construíram o resultado que desejavam, seja por motivos pessoais ou por razões profissionais.

Se você gostou deste texto, aproveite para curtir nossa página no Facebook! Lá você encontra novidades bacanas sobre treinos, suplementação, dicas nutricionais e muito mais!