Glutamina

Por que todo mundo está tomando glutamina?

Ela está dominando as academias e tem entrado na lista de produtos de muita gente. O principal motivo é seu impacto no ganho de massa muscular. Esse produto não é novo, mas o interesse tem crescido ainda mais nos últimos anos – especialmente com o crescimento no número de pessoas que buscam um estilo de vida mais saudável através de uma rotina de exercícios físicos. Antes ela era usada especialmente em casos de recuperação e tratamentos de traumatismos, cirurgias, queimaduras e até mesmo ansiedade. Hoje em dia, sua principal função é melhorar os resultados dos treinos mais intensos.

E o que é Glutamina?

Ela é o aminoácido mais abundante que nós temos no corpo, realizando funções vitais para órgãos como pulmões, coração e fígado. A demanda por ela aumenta ainda mais para quem pratica atividade física, já que o desgaste maior requer também uma presença maior dessa substância. Sua ação também se relaciona com a síntese de proteínas e, em boas quantidades no corpo, é possível garantir o anabolismo. Por outro lado, em baixos níveis, a glutamina reduz em 11% a velocidade na síntese proteica.

Outro destaque desse suplemento é sua ação na melhora da imunidade. Ela atua diretamente nas células do sistema imune e impacta até mesmo na digestão. Fica claro também que um corpo saudável e livre de doenças consegue funcionar melhor e garantir o ganho de massa com mais facilidade.

Aproveite com outros suplementos

A grande sacada para aproveitar esses benefícios é sempre consumir a glutamina na companhia de outros suplementos. É o caso das proteínas de alto valor biológico, como o Whey Protein, e aminoácidos essenciais, como o BCAA. Para que ela desempenhe todo o potencial é preciso combinar com os suplementos certos e encontrar momentos estratégicos, com o auxílio de um nutricionista. Se você consumir apenas a glutamina, em geral, ela acaba sendo absorvida pelas próprias células do sistema gastrointestinal e não apresenta os resultados que você espera.

Quanto de glutamina tomar para ajudar na hipertrofia?

Assim como qualquer suplemento, para consumir a glutamina com consciência é preciso consultar sempre um profissional nutricionista. A indicação leva em conta sua alimentação, estilo de vida, composição corporal e rotina de treino. A indicação básica é de 0,1g a 0,3g de glutamina para cada kg do seu peso sem incluir as gorduras. A média para quem frequenta academias fica em torno de 20% de gordura no corpo – assim, se você pesa 80kg, seu peso livre de gordura é 64kg. Dessa forma, a média de glutamina para essa pessoa fica em torno de 19g do produto diariamente.

E qual o melhor momento para tomar?

A quantidade de glutamina fica dividida em algumas porções ao longo do dia. Em geral, o máximo ingerido por atletas é 20g em um dia inteiro. Por isso, fique atento com as quantidades e garanta o cuidado com a sua saúde. Os principais momentos estratégicos para o consumo são o café da manhã, antes do treino, na refeição após o treinamento e na ceia, antes de dormir. O destaque fica por conta do momento pré-treino e pós-treino, garantindo sua atuação na recuperação dos músculos depois da atividade física.