Whey Protein

Você sabe quando tomar?

É difícil encontrar alguma pessoa que nunca ouviu falar sobre o Whey Protein. Você já parou para pensar no motivo disso? A resposta está no fato de que esse suplemento tem inúmeros benefícios comprovados cientificamente, principalmente para quem está em busca de melhores resultados na academia e nos centros de treinamento.

À medida que os seus resultados foram comprovados, a fama do Whey Protein só melhorou, e o suplemento passou a ser cada vez mais disseminado. Pesquisas comprovam que, de fato, o suplemento é eficaz quando o assunto é corpo, saúde e esporte.

Desenvolvemos um guia completo sobre o Whey Protein Concentrado, que é um dos tipos mais famosos e utilizados desse suplemento que pode proporcionar mais benefícios do que você imagina.

Quer saber do que estamos falando e tirar as suas principais dúvidas a respeito do produto? Então não saia daí e acompanhe este post que foi criado exclusivamente para você, atleta!

Tenha uma ótima leitura!

O que é o Whey Protein

O Whey é nada mais, nada menos do que a proteína retirada do soro do leite. E, por definição técnica, apenas as proteínas do soro do leite podem ser chamadas de Whey Protein.

Esse produto tem como principal objetivo fornecer e repor proteínas de alto valor biológico que poderão ser usadas no trabalho de anabolismo muscular, de manutenção do tecido muscular e de recuperação das fibras de praticantes de atividade física em geral.

Como ele é produzido?

Essa proteína é encontrada no processo de produção dos queijos, por exemplo. Ao realizar o processo, a caseína (outra proteína encontrada no leite) passa por um processo de coagulação. No meio do processo, a parte que foi coagulada se separa do restante do leite.

Dentro da parte restante, existe um composto líquido — justamente o Whey (que significa “soro”, em inglês).

Outro exemplo válido acontece no nosso cotidiano, dentro de casa mesmo: quando um recipiente com leite é deixado por muito tempo na geladeira (ou fora dela), acontece a segmentação de uma parte mais líquida (que fica em cima) e uma parte mais grossa (mais abaixo).

Pois bem, as proteínas do leite estão contidas em ambas as partes. Porém, o Whey Protein é extraído da parte mais líquida.

A diferença é que, na indústria, não há possibilidade de deixar esse processo acontecer de maneira natural devido aos riscos de contaminação microbiológica. Para extração das proteínas do soro do leite, usa-se o material residual gerado na indústria de queijos, que já citamos.

O Whey Protein é o resultado de uma série de processos industriais, que vão determinar o resultado final do produto. Por mais que possa acontecer naquele esquema do queijo, atualmente o suplemento é fabricado, principalmente, direto do leite.

Como é o seu sabor original?

Os tipos “concentrado” e “isolado” possuem sabor característico do leite, pois trata-se da matéria-prima usada na sua fabricação. A sua diluição na água é difícil, porém, a indústria desenvolveu um aditivo alimentar capaz de melhorar a característica emulsificante e facilitar o processo de diluir o produto na água.

Já o “hidrolisado” possui um sabor amargo e é ainda mais difícil para diluir. Isso acontece pois o último processo no qual o produto é submetido, a hidrólise, deixa os aminoácidos em suas formas livres, evidenciando a característica de um gostinho não muito agradável.

Ele é vendido em forma de pó — igual a um leite em pó ou a um achocolatado, por exemplo —, existindo a necessidade de um líquido para que seja feita a dissolução.

O gosto original do produto não é muito agradável para a maioria das pessoas. Então, é comum encontrar vários tipos no mercado que acompanham sabores como morango, baunilha ou chocolate, o que torna a experiência bem mais prazerosa.

A diluição correta do Whey Protein se faz necessária para que o produto não tenha as suas características alteradas e para que os seus efeitos sejam aproveitados em sua totalidade.

Leite, suco de frutas, bebidas contendo carboidratos complexos ou uma mistura de muitos ingredientes podem fazer com que a velocidade de absorção do Whey Protein seja reduzida. Dessa forma, na situação pós-treino, recomenda-se diluir apenas com água ou com carboidratos de rápida digestão (por exemplo: dextrose).

Já nas refeições aleatórias, pode-se diluir com aquilo que você desejar. Dependendo da sua estratégia, será muito bem-vindo que o leite seja utilizado para que o tempo de absorção seja retardado.

Os tipos de Whey Protein

O Whey Protein existe no mercado de 3 formas diferentes:

  • concentrado;
  • hidrolisado; e
  • isolado.

É muito importante saber a diferença de cada um deles, principalmente na hora de comprar para você fazer uma escolha adequada, isto é, que vai trazer os resultados que você quer, de acordo com o seu estilo de vida e com as suas questões pessoais.

Conheça mais sobre cada um desses diferentes tipos:

Whey Protein concentrado

Como vamos falar detalhadamente sobre esse tipo de suplemento ao longo do post, desenvolvemos um breve resumo que caracteriza o Whey Protein concentrado (WPC).

Esse tipo de suplemento é fabricado a partir de um processo chamado de “técnica de ultrafiltragem”. Ele é responsável por ficar com grandes moléculas de proteína, e a sua capacidade de absorção pelo organismo chega no nível de 80%.

Essa absorção mais lenta acontece porque a proteína passa pelo processo de digestão natural, mas, mesmo assim, ainda é uma ótima fonte de suplemento. Quanto menor o nível de proteína, maior é a presença de lactose e de gorduras.

Whey Protein hidrolisado

Whey Protein hidrolisado (WPH) passa por um processo chamado de hidrólise enzimática, que é uma reação química catalisada por uma enzima que usa a água para quebrar uma única molécula em outras 2.

O nosso organismo, quando em digestão, passa pelo mesmo processo. Nele, a proteína é quebrada em partículas menores quando em presença de água. Dessa forma, a absorção do Whey Protein hidrolisado é mais rápida.

A principal função desse tipo de suplemento é melhorar o processo de recuperação muscular após os treinos.

A melhor hora para consumi-lo é logo após da atividade física, mais ou menos 1 hora após o término dos exercícios. Dessa forma, o catabolismo é evitado, além de ser o período ideal para repor os aminoácidos que são necessitados pelos músculos.

Whey Protein isolado

Whey Protein isolado (WPI) em 2 características principais que o difere dos demais:

  • a sua concentração de proteínas de alto valor biológico chega a um marco de 90%;
  • não existem carboidratos nem gorduras na sua composição.

Além disso, o Whey Protein isolado também é fonte de BCAAs (aminoácidos de cadeia ramificada que são responsáveis por melhorar a recuperação no período de pós-treino e por estimular a síntese de proteínas pelo corpo).

O Whey Protein concentrado e os seus benefícios

O soro do leite possui proteínas, gorduras, vitaminas, minerais e carboidratos.

Quando submetido a um processo de secagem e retirado dos componentes não protéicos, temos como resultado um produto batizado de Whey Protein concentrado.

Tecnicamente, o produto pode variar de 25% a 80% de proteínas na sua composição. Existem 4 tipos de proteínas muito importantes e responsáveis pela especificidade do Whey Concentrado:

É importante tomar cuidado com a forma de manipulação do suplemento, já que as proteínas podem perder o seu valor biológico quando expostas sob algumas condições. Elas podem ser as seguintes:

  • exposição a enzimas;
  • exposição a ácidos;
  • exposição a sais;
  • exposição ao calor excessivo.

Essa parte concentrada do soro do leite vem sendo usada na indústria para outras finalidades, atendendo gostos de variados tipos, como na elaboração dos produtos que listamos a seguir:

  • barrinhas de proteína;
  • coalhada;
  • gelatinas;
  • pães;
  • refrescos;
  • requeijão;
  • salgadinhos; e
  • shakes.

Os benefícios do Whey Protein concentrado nos alimentos e na saúde populacional

Inicialmente, ao adicionar essa parte concentrada do soro do leite rica em proteínas, é possível perceber os seguintes benefícios em alimentos:

melhora no perfil de aminoácidos, principalmente os de cadeia ramificada;

aumento na quantidade de minerais, o que resulta em uma melhora no valor nutricional do alimento;

melhora nas características de cor, odor, brilho, sabor e textura, o que já vem sendo evidenciado.

Além disso, também são fundamentais para melhorar ainda mais os seguintes processos:

  • o combate à hipertensão;
  • o combate a diabetes melito (quando existe um excesso de açúcar no sangue);
  • o combate a cardiopatias (qualquer tipo de doença que atinja o coração).

Os benefícios do Whey Protein concentrado nas rotinas esportivas

Atletas reconhecem os benefícios que o Whey Protein agrega a uma rotina de treino, e isso só foi possível graças à quantidade de estudos que já conseguiram reforçar todas as vantagens e todos os resultados obtidos por si só.

Praticantes de exercícios físicos de alto rendimento têm a necessidade de ingerir maior quantidade de proteína do que as pessoas sedentárias. As proteínas, no entanto, não devem ser consumidas de forma convencional: elas devem ser de alta qualidade para repor a energia que o músculo vai consumir durante a prática física.

O Whey Protein concentrado tem, na sua composição, aminoácidos responsáveis por estimular o trabalho de recuperação das fibras musculares que sofreram desgaste durante o treino, além de preservar a massa magra e de construir novas proteínas.

Esses benefícios iniciais resultam em melhoras na performance, que acontecem das seguintes formas:

rapidez na absorção das proteínas e aminoácidos;

redução de peso, que está relacionada com a ingestão de cálcio. O mineral, que vai ser consumido ao tomar Whey Protein, está ligado à produção de hormônios que fazem com que a velocidade de deposição de gorduras no tecido adiposo seja diminuída;

melhora no sistema imunológico. Ao consumir os aminoácidos presentes no Whey Protein, ocorre a produção de certos hormônios que estimulam a fabricação de compostos que estão relacionados com a defesa do nosso organismo como um todo;

faz com que a proteína seja “ingerida” de forma mais rápida e saudável por agir no corpo na fase de recuperação muscular;

o Whey Protein, se consumido corretamente, aumenta a sua massa muscular. E já sabemos: quanto mais massa muscular, maior é o metabolismo do corpo — o que incrementa a perda calórica;

uma das coisas que podem preocupar atletas ou pessoas com rotina esportiva ativa é querer aumentar o nível de proteína na alimentação, mas ter medo de que, com esse aumento, venha também o aumento do colesterol ruim. No entanto, essa alteração não ocorre com o Whey Protein;

melhora o desempenho, pois, ao consumir antes de um esporte/treino, a proteína vai ser liberada gradualmente. Isso faz com que você fique mais disposto para realizar o seu exercício de forma mais intensa.

Como tomar o Whey Protein concentrado

Como já falamos no decorrer deste post, o Whey Protein deve ser ingerido a partir da sua dissolução em líquidos. Além dessa indicação inicial, existem outros pontos que devem ser abordados dentro do tópico.

Inicialmente, é importante frisar que um bom acompanhamento com profissionais capacitados é fundamental. Eles serão os responsáveis por indicarem exatamente aquilo que você precisa em uma dieta, no tempo certo, não se esquecendo das suas limitações e das suas capacidades pessoais.

Sabendo da importância desse acompanhamento, é hora de entender outras indicações a respeito da melhor forma de tomar o Whey Protein concentrado.

O consumo do Whey Protein, geralmente, é realizado em algum desses 3 momentos do dia:

  • no café da manhã, para evitar o catabolismo que ocorre devido ao longo período sem se alimentar;
  • no pré-treino, aproximadamente 1 hora antes das atividades;
  • no pós-treino, quando o suplemento é consumido juntamente com outro carboidrato, é possível aumentar o processo de anabolismo. Isso, é claro, se o objetivo se trata do aumento de massa muscular. Nesse caso, o ideal é consumir o suplemento na 1ª hora depois do treino, o mais rapidamente possível.

Sobre os líquidos mais comuns que são consumidos junto ao suplemento, existem algumas especificidades:

o leite, por mais que torne a ingestão do Whey Protein mais saborosa, torna o processo de absorção do suplemento mais devagar. O alimento é recomendado nos casos em que é desejado consumir a proteína antes do treino ou antes de dormir;

a água é uma ótima opção para quem deseja se alimentar com o Whey Protein após os treinos. Por mais que ela não deixe o produto com um gosto tão agradável quanto o leite, é fundamental no processo de absorção rápida da proteína pelo organismo.

Além de aumentar a reserva de proteínas no organismo (fundamentais para a hipertrofia), o catabolismo muscular será evitado (ele é definido como a degradação da massa muscular do corpo).

A verdade é que o horário de ingestão do Whey Protein vai variar de acordo com as suas necessidades. Por mais que existam recomendações, é fundamental entender quais são os seus objetivos no momento. Isso porque, de acordo com o horário de consumo do suplemento, algumas características do corpo vão se acentuando, e outras não são tão incentivadas.

Que resultados esperar com o uso do Whey Protein concentrado

Ao adotar o Whey Protein concentrado na sua dieta, os benefícios vão começar a aparecer com mais frequência do que você imagina!

A principal vantagem desse suplemento realmente é a alta quantidade de proteínas de alto valor biológico na sua composição. Elas são responsáveis por desencadearem alguns resultados muito positivos que se encaixam dentro dos mais diversos objetivos.

Veja abaixo os principais:

Perda de peso

As moléculas de proteínas são muito complexas, principalmente quando comparadas aos carboidratos e gorduras. Além disso, as ligações peptídicas precisam de grande quantidade de energia para serem quebradas, metabolizadas e absorvidas. O que isso significa? Um gasto maior de energia pelo organismo!

Esse gasto de energia, somado à maior sensação de saciedade que as proteínas presentes no Whey Protein dão para uma pessoa, são fundamentais no processo de emagrecimento.

Ganho e definição da massa muscular

Esse, inclusive, é um dos principais resultados que os adeptos a treinos + Whey Protein procuram. Podemos te garantir que, quando a rotina de exercícios é combinada com uma boa alimentação e uma boa suplementação, você vai conquistar os músculos que tanto deseja.

A hipertrofia é favorecida pela grande quantidade de proteínas de alto valor biológico existente na composição do Whey Protein, o que é fundamental para ativar o aumento no volume dos músculos.

Já na definição deles, o suplemento age na medida que reduz as taxas de gordura corporal, eliminando aquela desagradável camada adiposa que se acopla na parte superior dos músculos e que incomoda muitas pessoas.

Melhora doenças como a asma

Pouca gente sabe dessa vantagem tão importante do Whey Protein, já que ela foge um pouquinho de todo o universo de treinos e de academia. Um estudo, porém, analisou a possibilidade, e os resultados são muito animadores.

A publicação, que foi realizada pelo International Journal of Food Sciences and Nutrition, afirmou que o suplemento ajuda a combater a asma na medida que a resposta da citocina age na liberação da imunoglobulina. O que isso significa?

Essa ação funciona como um mecanismo de defesa do organismo, entrando em funcionamento, principalmente, durante as crises de asma.

Por mais que o benefício seja comprovado, o Whey Protein não deve ser usado único e exclusivamente para tratar a asma. Existem outros inúmeros tratamentos (sejam eles alternativos ou convencionais), e o caso de melhora na asma é fundamental para transformar a rotina de treino de quem sofre da doença e possui algumas limitações por causa dela.

Além dos resultados que foram detalhados acima, uma dieta rica em Whey Protein concentrado ainda conta com os seguintes benefícios:

  • potencializa a resposta de recuperação do tecido muscular;
  • combate inflamações do tecido muscular;
  • beneficia o sistema imunológico;
  • é a fonte de proteínas mais anabólica disponível no mercado;
  • tem nutrientes que ajudam na síntese de hormônios que combatem os radicais livres produzidos durante o exercício;
  • alta concentração de aminoácidos essenciais.

Como a minha alimentação influencia os resultados

Independentemente do resultado que você procura obter ao utilizar o Whey Protein, é necessário manter uma alimentação balanceada.

Não adianta você utilizar o produto para suplementar a proteína, mas continuar ingerindo alimentos que não são saudáveis nem favoráveis para o alcance do seu objetivo. Procure sempre um profissional nutricionista para:

te auxiliar a desenvolver um plano alimentar adequado para a sua saúde, conciliando com o Whey Protein; e

controlar a sua ingestão calórica, fator fundamental para alcançar os resultados que você deseja.

É importante lembrar que Whey Protein não substitui por completo a proteína natural. Sendo assim, busque acrescentá-la na sua dieta. E, além disso, é preciso ficar atento em relação a outro detalhe ligado à alimentação: estudos mostram que, se uma pessoa tem uma dieta rica apenas em proteína, os rins podem ficar sobrecarregados. Por isso é importante assegurar um equilíbrio na sua alimentação.

Os cuidados ao ingerir esse suplemento

Assim como qualquer dieta ou alimento existente, é indispensável levar em conta algumas considerações importantes que devem ser evitadas e outras que devem ser seguidas com cuidado na hora de ingerir o suplemento:

excesso: como já foi dito, uma dieta com muita proteína pode sobrecarregar os rins. Por isso, é importante ingerir o Whey Protein com moderação e se lembrar de que, ao seguir todas as orientações do seu profissional, o resultado vai chegar com o tempo;

alimentação: além de ter uma dieta adequada para ter melhores resultados, deve-se ter a consciência de que Whey Protein não substitui refeições, e sim as complementam. Muitas pessoas o ingerem achando que o suplemento vai substituir uma refeição, quando, na verdade, pode só retardar o resultado que você procura;

venda: assegure-se de que a marca que você está comprando é de boa qualidade e está te vendendo um produto puro, sem adição de outros elementos que podem ser insatisfatórios e trazer inúmeros danos para a sua saúde;

saúde: priorize sempre a sua saúde. Consulte com um profissional que vai te orientar sobre qual tipo e quantidade do produto são as melhores para você consumir, além do melhor horário e de uma boa dieta complementar.

Como escolher uma marca de Whey Protein concentrado

Assim como qualquer produto que você vai consumir, é preciso saber sua origem, se é realmente um produto de boa qualidade e que vai trazer os seus resultados esperados.

Existem muitos casos de fabricantes que “manipulam” a matéria-prima do Whey Protein, vendendo um produto com menor nível de concentração de proteína informada no rótulo para sair lucrando de forma indiscriminada.

Outra dica é olhar o preço das marcas. Hoje em dia, você vai achar Whey Protein em diversos valores, mas, se o suplemento estiver com um valor muito baixo, desconfie e pense no custo-benefício.

Pagar um pouco mais por um produto melhor é a opção mais viável, principalmente na busca por resultados eficazes. Por isso, você deve sempre procurar uma marca que realmente se importa com a qualidade dos seus produtos e que te dará a garantia de consumir um produto de muita qualidade.

Além de procurar uma marca que se preocupa com os seus produtos, procure por uma que se importe com o bem-estar dos seus consumidores, dando sempre dicas e recomendações a respeito dos produtos.

Quem deve tomar e quem deve evitar o Whey Protein concentrado

Ao contrário do que se imagina, todos podem usar o Whey Protein, até mesmo quem não é atleta ou praticante de musculação. Basta saber qual tipo é o adequado para você.

Apesar do Whey Protein concentrado ser o tipo do suplemento mais barato, isso não altera a sua qualidade nem a sua grande eficácia.

Saiba que o suplemento vai apresentar os resultados em pessoas que praticam exercícios físicos e seguem todas as instruções de forma correta. A única restrição geral do Whey Protein concentrado é em relação a pessoas que tem intolerância à lactose, pois tal enzima não é retirada ao longo do processamento. Nesse caso, é recomendado usar outro tipo de Whey Protein ou suplemento.

Alguma outra restrição vai ser ocasionada por algum fator individual que restringe a utilização. Por isso, é muito importante procurar um nutricionista antes de incluir o Whey Protein na sua dieta.

Jovens ou idosos, homens ou mulheres, saibam que o Whey pode ser a opção ideal que estava faltando em sua dieta. Não perca tempo!

Exemplo de receitas que usam o suplemento

Uma ótima dica para quem está em processo de adição do suplemento na sua rotina é a seguinte: transforme as suas refeições em momentos ainda mais prazerosos.

Existe uma maneira de consumir o Whey Protein sem que ele pareça como uma “obrigação” ou meta a ser seguida, e ela é feita a partir de receitinhas que têm como um dos ingredientes principais o suplemento.

Imagine só ter uma refeição deliciosa enquanto não deixa de alcançar os seus resultados de maneira igualmente eficaz? Ou melhor, contribuindo para você não dar a famosa escapada da dieta — pois, além de saudável, é uma alternativa saborosa.

O brigadeiro de Whey Protein é uma ótima opção para exemplificar o que falamos acima. Veja a receita abaixo, e não deixe de reproduzi-la em casa:

Brigadeiro de Whey Protein

Ingredientes

  • 1 ⅓ de xícara (chá) de água;
  • ½ xícara (chá) de leite em pó desnatado;
  • 60g de Whey Protein sabor chocolate (ou outro sabor de sua preferência);
  • 1 colher (sopa) de margarina light;
  • adoçante a gosto;
  • 2 colheres (sopa) de cacau em pó solúvel sem açúcar;
  • granulado de chocolate a gosto;
  • castanhas trituradas a gosto.

Modo de preparo

Coloque a água, o leite em pó desnatado, o Whey Protein em um liquidificador e bata até a mistura ficar homogênea.

Mantenha a margarina light em uma panela a fogo baixo até que ela derreta. Depois, acrescente a mistura do Whey Protein e continue mexendo. Aos poucos, coloque o adoçante e o cacau em pó solúvel sem açúcar.

Misture constantemente até o brigadeiro soltar do fundo da panela (o processo deve durar mais ou menos 5 minutos).

O seu brigadeiro está pronto! Tire-o da panela e deixe esfriar. Pegue pequenas porções do brigadeiro, faça bolinhas e passe um granulado de chocolate ou castanhas trituradas no doce. Agora, é só servir.

Uma das maiores dificuldades de pessoas que começam uma dieta é resistir à tentação dos doces. E, além do brigadeiro de Whey Protein, existem inúmeras receitas em que o produto pode ser utilizado como substituto de algum ingrediente e fazer com que a dieta seja prazerosa e ingerir o nível de proteína que se deseja alcançar diariamente.

E, como se não fosse o suficiente, você pode utilizar o produto até para fazer bolos. Segue abaixo outra receita deliciosa e muito prática que dá para compartilhar até com os amigos.

Bolo de Whey Protein

Ingredientes

  • 1 ovo;
  • 1 scoop de 30g de Whey Protein;
  • 1 colher (sopa) rasa de farelo de soja;
  • 1 colher (sobremesa) de fermento para bolo;
  • 3 colheres (sopa) de leite (com ou sem lactose);
  • óleo, se necessário untar a forma.

Modo de preparo

Misture todos os ingredientes, coloque-os em uma forma e asse por aproximadamente 15 minutos.

Para complementar o seu bolo, temos uma receitinha de calda feita com Whey Protein, bastante funcional e deliciosa.

Calda de chocolate meio amarga feita com Whey Protein

Ingredientes

  • 1 scoop de 30g de Whey Protein concentrado sabor chocolate;
  • 1 colher (chá) de cacau em pó;
  • 2 a 3 colheres (sopa) de leite desnatado (ou de acordo com a sua preferência);
  • pitada de canela em pó (de acordo com a sua preferência)

Modo de preparo

Junte todos os ingredientes com um garfo ou colher até obter um creme homogêneo. Depois disso, a calda estará pronta. Prático, não é mesmo?

Além das receitas doces, existe uma enorme variedade de receitas que são salgadas — como o crepe de Whey Protein, que é muito prático, utiliza poucos ingredientes e fica pronto rapidamente.

A receita abaixo é um dos exemplos da praticidade em preparar receitas com o tão querido suplemento. Dê uma olhadinha:

Crepe de Whey Protein

Ingredientes

  • 20g de Whey Protein;
  • 3 claras de ovo.

Modo de preparo

Adicione as 3 claras junto do Whey Protein no liquidificador e as bata até uma massa ser feita. Logo em seguida, leve a massa a uma frigideira (antiaderente, de preferência) e deixe por aproximadamente 2 minutos, virando os lados para dourar.

Você também pode adicionar recheios de sua preferência e usar sabores de Whey Protein, como o de morango, o de baunilha e o de chocolate.

Como você pode ver, existem inúmeras variedades de receitas funcionais que podem ser utilizadas com o Whey Protein. O mais legal disso tudo é que a maioria desses preparos são rápidos e práticos. Isso se assemelha muito ao objetivo do suplemento, cuja utilização é eficaz.

Conclusão

Como é possível concluir, esse suplemento proteico traz muitos benefícios para quem quer complementar a sua dieta balanceada com uma vida esportiva. O Whey Protein ainda serve muito bem para quem tem objetivos de aumentar a sua disposição e performance (principalmente na musculação) e até mesmo para quem quer sair da vida sedentária e ter um corpo torneado com muita massa magra.

Após mostrar as principais diferenças entre os tipos do suplemento, podemos garantir que o Whey Protein concentrado é uma das melhores opções e também traz muitos benefícios para quem o utiliza. Então, se você pensa em começar a suplementar a sua dieta com proteína, o Whey Protein é a melhor alternativa.

Depois de ler um material desenvolvido de forma completa para você, atleta, saiba que já pode procurar a melhor alternativa de onde comprar o seu Whey Protein e incluí-lo no seu dia a dia. Lembre-se sempre da importância de se manter atualizado em relação às melhores práticas saudáveis e de ter um acompanhamento integrado com profissionais da saúde.

Ao seguir uma vida equilibrada e contar com o Whey Protein como suplemento, você, que procura obter resultados rápidos, vai alcançar os objetivos com toda a certeza, melhorando muito a sua disposição, a sua autoestima, o seu estilo de vida e a sua composição corporal.

Ufa! Depois de muito aprender sobre esse tipo específico de suplemento, temos certeza de que você está bem mais preparado do que quando chegou para seguir uma dieta muito melhor e alcançar resultados cada vez mais rapidamente. E, dessa vez, com a vantagem de entender direitinho os processos que estão acontecendo no seu organismo e como a proteína age de verdade.

Pode ter certeza de que reconhecer toda a importância de não apenas seguir uma dieta — mas de estudá-la na intenção de conhecer a fundo o próprio corpo — é um passo muito grande em relação à conversa sobre resultados eficazes.

Depois que falamos muito sobre o Whey Protein concentrado, você acredita que ele é a opção mais viável para a atual realidade da sua rotina de treinos? Se a resposta for “sim”, não deixe de entrar em contato com a nossa equipe, que está preparada para tirar qualquer dúvida e indicar as melhores opções de suplemento para o seu perfil.

Está esperando o quê? Entre em contato conosco e melhore os seus resultados!