o-que-sao-e-qual-a-importancia-dos-lipidios-para-o-corpo-humano.jpeg

O que são e qual a importância dos lipídios para o corpo humano

A nutrição é uma importante ferramenta dentro da prática de atividade física. Isso porque ela exerce uma grande influência nos resultados e no desempenho do atleta. É por isso que a recomendação de especialistas é que a dieta seja completa, ou seja, com todos os macronutrientes.

No entanto, muitas pessoas acreditam que para ter uma alimentação saudável é preciso cortar a gordura. Porém, esse é um pensamento equivocado. A importância dos lipídios é tão grande quanto a de outros nutrientes, e ele deve estar presente em todas as refeições diárias de um atleta amador ou profissional.

Para esclarecer todas as dúvidas sobre a importância dos lipídios para o nosso organismo, preparamos este artigo com as informações mais relevantes sobre o tema. Continue a leitura e entenda mais sobre o assunto!

O que são os lipídios e como são classificados?

Os lipídios desempenham importantes funções no organismo. Por isso, é fundamental que eles estejam presentes na alimentação de todos, principalmente, de quem é praticante de exercício físico. Para isso é importante conhecê-los e entender as suas classificações.

Os lipídios são substâncias orgânicas formadas a partir da associação entre os ácidos graxos e o álcool. Não são solúveis em água, mas é possível dissolvê-los em solventes orgânicos, como a benzina e o éter. Sua coloração pode ser esbranquiçada ou levemente amarelada. Além disso, os lipídios são classificados em simples, compostos e derivados. Entenda mais sobre cada um.

Simples

Os lipídios classificados como simples são aqueles que, por hidrólise total, dão origem somente a ácidos graxos e álcoois. Esta categoria inclui substâncias como os óleos e gorduras, representados pelos éteres de ácido graxo e glicerol; e as ceras, éteres de ácidos graxos e monohidroxiálcoois.

Compostos

Os lipídios compostos contêm outros grupos moleculares, além dos ácidos graxos e álcool. Este grupo engloba os fosfolipídios, que são éteres de ácidos graxos, que apresentam moléculas de ácido fosfórico e composto nitrogenado. Além dos cerebrosídeos, também contém compostos formados por ácidos graxos, um grupo nitrogenado e um carboidrato.

Derivados

São chamados de lipídios derivados as substâncias obtidas, principalmente, por hidrólise dos lipídios simples e compostos. Este grupo inclui ácidos graxos; alcoóis, como glicerol; hidrocarbonetos; vitaminas lipossolúveis; pigmentos e compostos nitrogenados.

As duas categorias de lipídios mais conhecidas são as gorduras e os óleos. E, se por um lado, essas duas modalidades preocupam muita gente por estarem associadas a altos índices de colesterol, por outro, elas exercem importantes funções no organismo e são fundamentais para saúde do nosso corpo. Saiba mais no próximo tópico.

Qual a importância dos lipídios para o organismo?

Uma das principais funções dos lipídios é o de funcionar como eficiente reserva energética. Quando oxidados nas células, esse nutriente gera praticamente o dobro da quantidade de calorias liberadas na oxidação da mesma quantidade de carboidratos.

Outro papel importante dos lipídios é atuar como isolante térmico, principalmente, nos períodos mais frios do ano. Além disso, um ponto importante é que os depósitos desse nutriente favorecem a flutuação, uma vez que a gordura é menos densa que a água.

Eles também são os principais componentes das membranas celulares. Os lipídios fornecem fluidez e facilitam os transportes passivos. Também são responsáveis pela proteção dos órgãos, uma vez que ficam armazenados nos espaços vazios do esqueleto humano e nos tecidos adiposos.

Os lipídios são fundamentais para o desenvolvimento cerebral, porque são necessários para a mielinização e crescimento dos neurônios e também para o desenvolvimento da retina. Portanto, são essenciais para o organismo e devem estar presentes em todas as refeições diárias. Conheça a seguir as principais fontes de lipídios.

Quais alimentos são fontes de lipídios?

De forma simplificada, os lipídios são as gorduras dos alimentos e trazem benefícios para saúde, principalmente aqueles que têm origem vegetal e animal. O consumo equilibrado deste nutriente auxilia no desenvolvimento e manutenção do organismo, sendo essencial para a absorção de vitaminas.

As principais fontes de lipídios são:

  • abacate;
  • azeite de oliva;
  • carne bovina;
  • milho;
  • aveia;
  • centeio;
  • óleo de canola;
  • óleo de soja;
  • cevada;
  • trigo;
  • castanhas;
  • chocolate amargo;
  • coco;
  • linhaça;
  • salmão;
  • entre outros.

Qual a relação dos lipídios com as dietas e exercícios físicos?

Os lipídios são elementos fundamentais na alimentação devido às suas propriedades nutricionais, funcionais e organolépticas. Eles são vitais para o metabolismo, pois são responsáveis por fornecer ácidos graxos essenciais necessários para estruturação das membranas celulares.

Já quando o assunto é atividade física de resistência, como corridas ou ciclismo, os lipídios são responsáveis pela maior parte da produção de energia. Para se ter uma noção, cada grama de lipídio fornece nove calorias, enquanto que a mesma quantidade de proteínas e carboidratos fornecem apenas quatro.

Semelhante ao que acontece com os carboidratos, a utilização dos lipídios como combustível poupa as proteínas. Assim, elas são utilizadas apenas para suas funções de síntese e reparo dos tecidos, promovendo melhores resultados em hipertrofia e emagrecimento.

Para potencializar os resultados, ainda é possível investir na suplementação lipídica. Porém, não se esqueça de procurar primeiro um nutricionista, para que ele possa avaliar as suas necessidades e conhecer o que o seu corpo precisa.

Quais são os suplementos feitos a base de lipídios?

Nem toda gordura faz mal para o corpo. Muito pelo contrário, o nosso organismo precisa de muitas delas para manter uma rotina saudável. A seguir listamos alguns suplementos que são bons exemplos disso.

Ômega 3

Se você pratica exercícios físicos com frequência, já deve saber que o desgaste é inevitável, principalmente, depois de treinos de intensidade. Sabendo disso, fica mais fácil explicar para que serve o ômega 3. Esse suplemento oferece ácidos graxos essenciais que combatem os radicais livres e influenciam diretamente no bem-estar e no desempenho na academia.

Óleo de coco

O óleo de coco já é bem conhecido. Ele auxilia a saúde cardiovascular e, quando se trata de atividade física, ajuda no desempenho físico. Além disso, sua composição oferece substâncias que são utilizadas como fontes de energia, poupando as reservas de glicogênio — ou seja, fornece mais energia para finalizar e intensificar os treinos.

Óleo de cártamo

O óleo de cártamo é um dos suplementos que mais contribui para performance durante o treino. Ele é constituído por lipídios e formado por três fontes de óleo distintas. Esse suplemento também melhora a composição corporal e aumenta a massa muscular.

Agora que você já sabe qual a importância dos lipídios para uma alimentação saudável e para o bom desempenho nos treinos, não deixe esse nutriente de fora da sua dieta. Converse com o seu nutricionista para ver a possibilidade da suplementação lipídica e leve os seus treinos a outro nível.

Para ficar por dentro de todas as novidades do nosso blog, assine agora mesmo a nossa newsletter. Assim, você começará a receber todas as postagens em primeira mão, diretamente em seu e-mail!