Coenzima Q10 pode dar efeitos colaterais? Veja como ela funciona

Diogo Círico 17/11/2023

A coenzima Q10 desempenha um papel fundamental em várias funções do nosso corpo, oferecendo uma ampla gama de benefícios à saúde. No entanto, como qualquer suplemento ou substância, ela não está isenta de potenciais efeitos colaterais. 

Embora esses efeitos sejam geralmente raros e leves, é importante estar consciente sobre eles antes de optar pela suplementação. A seguir, vamos explorar os possíveis efeitos colaterais da CoQ10 e a melhor forma de consumi-la. Confira! 

Sumário

Para que serve a coenzima Q10?

A coenzima Q10 é uma substância naturalmente presente no corpo humano e desempenha um papel crucial em várias funções essenciais. As principais funções e benefícios incluem:

  • Produção de energia: a CoQ10 desempenha um papel central na produção de energia celular. Ela faz parte da cadeia de transporte de elétrons nas mitocôndrias, onde a energia é gerada na forma de adenosina trifosfato (ATP), a fonte de energia fundamental do corpo.
  • Antioxidante: a coenzima é um antioxidante poderoso que ajuda a proteger as células do corpo contra os danos causados pelos radicais livres. Esses radicais livres são moléculas instáveis que podem danificar as células e contribuir para o envelhecimento e doenças.
  • Suporte cardiovascular: desempenha um papel crucial na saúde cardiovascular, auxiliando na produção de energia para o músculo cardíaco e ajudando a regular a pressão arterial. Ela é frequentemente usada como parte do tratamento de condições cardíacas.
  • Saúde da pele: conhecida por seu papel na proteção da pele contra o envelhecimento. Ela ajuda a manter a elasticidade e a saúde da derme, sendo frequentemente usada em produtos de cuidados com a pele.
  • Desempenho físico: alguns estudos indicam que a suplementação com CoQ10 pode melhorar o desempenho físico, reduzir a fadiga e aumentar a resistência durante o exercício.
  • Apoio imunológico: a CoQ10 é importante para a função imunológica, auxiliando o corpo na defesa contra infecções e doenças.
  • Recuperação muscular: devido ao seu papel na produção de energia, a CoQ10 pode contribuir para a recuperação muscular após o exercício, reduzindo a fadiga muscular.

A suplementação de coenzima Q10 pode causar efeitos colaterais?

A suplementação de coenzima é geralmente considerada segura quando usada nas doses recomendadas. No entanto, como com qualquer suplemento, existem possibilidades de efeitos colaterais, embora sejam geralmente raros e leves. Por isso, é importante estar ciente desses efeitos para tomar decisões informadas sobre o uso da CoQ10.

Os efeitos colaterais da coenzima Q10 podem ser percebidos na seguinte forma:

  • Distúrbios gastrintestinais: algumas pessoas podem experimentar náuseas, dor de estômago ou diarreia ao tomar suplementos de CoQ10. Isso é mais comum quando a coenzima é ingerida com o estômago vazio.
  • Insônia: em casos raros, a CoQ10 pode causar insônia ou distúrbios do sono em algumas pessoas. Isso geralmente ocorre quando o suplemento é consumido em doses muito altas ou próximo ao horário de dormir.
  • Reações alérgicas: embora raras, reações alérgicas como erupções cutâneas, coceira, inchaço ou dificuldade para respirar podem ocorrer. Se ocorrerem sintomas de alergia, é essencial interromper o uso imediatamente e procurar ajuda médica.

Mitos e verdades sobre a coenzima Q10

A CoQ10 é um suplemento amplamente conhecido por seus benefícios à saúde, mas também é frequentemente alvo de mitos e preocupações infundadas. Por isso, é importante se atentar para o que de fato é verdade e o que é mito no uso desse suplemento. 

Confira a seguir as principais dúvidas sobre o consumo da coenzima:

Coenzima Q10 engorda?

A suplementação com CoQ10 não está associada ao ganho de peso. Na verdade, a coenzima é frequentemente usada para apoiar a perda de peso, uma vez que pode melhorar a eficiência da produção de energia no corpo.

Coenzima Q10 faz mal para os rins?

Não existem evidências sólidas que relacionem a CoQ10 a danos renais em indivíduos saudáveis. No entanto, se você tiver doença renal ou estiver tomando medicamentos que afetam os rins, é aconselhável consultar um profissional de saúde antes de iniciar a suplementação.

Coenzima Q10 faz mal para o fígado?

A suplementação de coenzima geralmente não está associada a danos no fígado. Na verdade, alguns estudos sugerem que a CoQ10 pode ser benéfica para a saúde hepática. No entanto, como em qualquer suplementação, é importante seguir as dosagens recomendadas e consultar um profissional de saúde antes de consumi-la.

Quem tem diabetes pode tomar coenzima Q10?

A CoQ10 é geralmente segura para pessoas com diabetes e pode até ser benéfica. Alguns estudos sugerem que a suplementação de CoQ10 pode ajudar a melhorar o controle glicêmico e reduzir complicações relacionadas ao diabetes. No entanto, é essencial discutir a suplementação com seu médico para determinar a dosagem apropriada. 

Quem tem pressão alta pode tomar coenzima Q10?

A CoQ10 pode ser uma escolha útil para pessoas com pressão alta, já que tende a ajudar a reduzir a pressão arterial, tornando-a um suplemento potencialmente benéfico para a saúde cardiovascular. No entanto, a suplementação não deve substituir medicamentos prescritos para a pressão alta. Consulte seu médico antes de iniciar a suplementação.

Quem tem gastrite pode tomar coenzima Q10?

Por fim, a suplementação de CoQ10 é geralmente segura para pessoas com gastrite, pois não é conhecida por causar irritação gástrica. No entanto, como em qualquer suplementação, é aconselhável tomar CoQ10 com alimentos para reduzir qualquer possível desconforto gástrico.

Como tomar coenzima Q10?

Ficou interessado em suplementar coenzima Q10? Então, antes de mais nada, é importante se atentar para algumas considerações. A principal delas é definir, com a ajuda de um profissional, suas necessidades individuais, determinar a dosagem adequada e garantir que a suplementação seja segura para você.

A CoQ10 está disponível em várias formas, incluindo cápsulas e comprimidos. Escolha a forma que melhor se adapte às suas preferências pessoais e necessidades. A dosagem pode variar de acordo com a finalidade da suplementação e as necessidades individuais.

Para adultos saudáveis que desejam suplementar para benefícios gerais à saúde, doses diárias comuns variam de 100 a 200 mg. No entanto, doses mais altas podem ser recomendadas para condições médicas específicas. 

Lembre-se de que a CoQ10 é uma substância naturalmente presente no organismo, e a suplementação é uma maneira de garantir níveis adequados, especialmente em casos de deficiência ou necessidades específicas. Seguir as orientações de um profissional de saúde é fundamental para garantir uma suplementação segura e eficaz.

Referências:

VHITA. Coenzima Q10 emagrece? Mito ou verdade? 2023. Acesso em: 05/10/2023.

VHITA. Coenzima Q10 como tomar? Conheça as doses e o modo de uso. 2023. Acesso em: 05/10/2023.

VHITA. Coenzima Q10 faz mal para os rins? 2023. Acesso em: 06/10/2023. NUTRIFY.

Efeitos da suplementação de coenzima Q10 em pacientes hipertensos. 2020. Acesso em: 06/10/2023.

Isto foi útil?

Obrigado pelo seu feedback!
Visitado 738 vezes, 19 visita(s) hoje.
Diogo Círico

Diogo Círico

Nutricionista

Graduado em nutrição em 2007 pela Faculdade Assis Gurgacz, pós-graduação em Nutrição e Atividade Física - 2012, pós-graduação em Nutrição Funcional Esportiva - 2017, desde o inicio buscou destinar suas atividades à nutrição esportiva e também a área de tecnologia de alimentos. À frente das ações técnicas da industria Growth Supplements desde sua criação, já somam-se mais de 10 anos de dedicação, trabalho e pesquisas laboratoriais no desenvolvimento de novos produtos. Hoje suas ações como nutricionista dividem-se entre assessoraria de alguns atletas patrocinados pela Growth Supplements, redação de material técnico cientifico como estes disponíveis no blog GSuplementos e também na liderança da equipe de técnica Growth Supplements . Diogo Cirico; Nutricionista esportivo CRN 10 - 2067