BCAA quanto devo tomar

Termogênicos – qual é o melhor: em cápsulas, pó ou em gel

Para identificar o melhor termogênico para você, é preciso entender sobre a definição de termogênese, que nada mais é do que um processo metabólico no qual o seu corpo queima energia (calorias) para produzir calor. Cada pessoa tem um metabolismo próprio e pode queimar mais ou menos calorias.

Os termogênicos são uma das formas de induzir a termogênese no corpo humano. Mas esse processo também acontece por meio de dieta acertada, atividade física e até da temperatura ambiente (no clima frio, por exemplo, gasta-se mais calorias para manter a temperatura ideal do corpo, que fica em torno de 36,5 °C).

Muita gente que pratica esporte aposta nos termogênicos com objetivo de aumentar o gasto calórico e manter o metabolismo acelerado para que aconteça uma maior queima de gorduras ao longo do dia. Vale lembrar que essa estratégia é aplicada quando sua intenção é a de reduzir o peso corporal e também a taxa de gordura.

Para entender qual é o termogênico ideal para você atingir seus objetivos, é necessário saber ao certo as suas funções, como ele age no organismo, quais os tipos etc. Cada objetivo pede uma suplementação diferente e você vai entender melhor a seguir. Fique com a gente!

Como agem os termogênicos?

A quantidade de energia que você gasta ao longo do dia para realizar suas atividades, seja dormir, ir à academia, piscar, digerir alimentos etc., é chamada de taxa metabólica basal. Cada pessoa tem uma taxa mais ou menos devagar e isso varia muito por inúmeros fatores, da genética à alimentação, passando pela quantidade de massa magra que você tem.

Com o termogênico ideal para o seu corpo, você pode aumentar a velocidade do metabolismo. Isso porque os termogênicos elevam a temperatura corporal e os batimentos cardíacos, o que dá mais disposição e energia para qualquer atividade que você vá realizar.

Eles surtem efeito mesmo?

Agora é o momento de ser sincero: é preciso combinar atividade física e dieta adequada ao seu objetivo com o uso do termogênico. Só assim você consegue os resultados esperados.

O termogênico sozinho não é capaz de fazer você perder gordura e peso se você não se esforçar, ou seja, praticar atividade física e cuidar da alimentação. Não existe milagre se você não fizer a sua parte.

Inclusive, não é nem indicado tomar suplementos termogênicos quando você não pratica nenhum tipo de esporte, como você vai ver mais adiante.

Como funcionam exatamente?

É possível dizer que a ação dos termogênicos está relacionada ao metabolismo das gorduras, ativação de moléculas mensageiras celulares, estímulo do sistema nervoso central e ativação de UCPs (sigla para proteínas de desacoplamento).

Esse processo começou a ser estudado na década de 1980 por George A. Bray, e as primeiras descobertas foram feitas em roedores. As proteínas de desacoplamento estão intimamente relacionadas à geração de calor; inclusive, as UCPs até já receberam o nome de termogenina, em referência ao processo de termogênese.

Localizadas no tecido adiposo marrom, mais precisamente na membrana interna da mitocôndria, a ação das UCPs acontece desacoplando a fosforilação oxidativa da molécula de ADP, um processo que utiliza energia originada da oxidação de nutrientes.

Para Jair Rodrigues Garcia Júnior, mestre em Ciências Nutricionais e doutor em Fisiologia Humana, ambos os títulos pela Unesp, esse processo ainda tem mais detalhes. Por exemplo, durante a síntese de ATP (sigla para adenosina fosfato, principal forma de energia química), a energia não é aproveitada para a fosforilação do ADP (adenosina difosfato), gerando apenas calor.

No estudo feito com roedores por George A. Bray e relatado por Jair Garcia Júnior, a UCP é estimulada em duas situações: quando se está exposto a temperaturas mais baixas e quando uma quantidade calórica exagerada é consumida. Ambas acabam por ativar o sistema nervoso simpático (que, dentre todas as funções, responde por ativar o metabolismo geral do corpo).

No primeiro caso, a geração de calor extra acontece para manter a temperatura do corpo. Já no segundo caso, trata-se de um modo de queimar a energia em excesso para manter um equilíbrio. Assim, por conta da distribuição das UCPs nos tecidos, elas acabam tendo um papel muito importante na taxa metabólica basal.

Qual o melhor termogênico?

Os termogênicos podem ser elaborados com diferentes substâncias e, por esse motivo, acabam produzindo efeitos distintos. Na indústria brasileira, existem produtos com cafeína, pó de guaraná, gengibre, laranja-amarga, alguns ativos da pimenta e chá-verde, principalmente.

Em cápsulas, em pó ou em gel: qual o mais indicado?

O que realmente importa são quais ingredientes foram utilizados na fabricação do termogênico e quais as suas necessidades. Um dos melhores é o HOT, da Growth Supplements, que combina uma série de ingredientes, entre eles cafeína, pimentas preta e caiena e gengibre.

cafeína é um dos melhores e mais eficientes termogênicos regulamentados pela legislação brasileira. Porém, há quem não possa consumi-la, como os portadores de hipertensão. Nesses casos, os indivíduos podem contar com os ativos de pimenta com formulações à base de gengibre, apenas.

O chá-verde também está despertando a atenção de muitos pesquisadores. Fácil explicar o motivo: além de termogênico, ele atua como antioxidante e diurético. Sua composição pode estimular o indivíduo a desempenhar uma sessão de treino mais intensa ao mesmo tempo em que combate aos radicais livres produzidos pelo organismo neste momento.

Além de escolher o que mais corresponde às suas necessidades, avalie a questão prática. As versões em cápsula ou gel são mais fáceis de consumir. As opções em pó precisam da diluição em água, o que, às vezes, na correria, você acaba deixando de fazer.

Quais os benefícios comprovados?

Ingerir suplementos termogênicos e seguir uma vida saudável, com alimentação equilibrada e atividade física frequente, traz vários benefícios. Conheça os já comprovados:

  • ajuda na perda de pesosó não vale tomar o termogênico, pular a ida à academia e ainda abusar das calorias, como já foi explicado. Esforçar-se e ter foco é sempre o melhor caminho;
  • queima de gorduraesse processo acaba sendo facilitado, já que seu organismo usa a gordura estocada e a transforma em energia;
  • sensação de saciedade prolongadaalguns termogênicos fazem com que a fome demore a surgir, fazendo com que você ingira menos calorias;
  • aumento da taxa do metabolismo basalisso porque dão mais gás ao processo de termogênese e, consequentemente, à queima de energia;
  • melhor desempenho no dia a dia: esqueça a preguiça de ir à academia. Com termogênico, você tem mais energia para suas atividades, principalmente para o treino;
  • mais fococomo são feitos à base de estimulantes, como a cafeína, os termogênicos dão mais concentração e ainda facilitam o aprendizado.

Como consumi-los?

O ideal é consumir o termogênico antes de fazer a atividade física (de 15 a 60 minutos antes — isso varia entre cada tipo; por isso, atente-se às recomendações da embalagem), uma vez que a ideia é dar mais estímulo e energia para o esporte. Se você faz atividade física quatro vezes na semana, tome o termogênico nesses quatro dias.

No Brasil, o consumo indicado é logo antes da atividade física porque a grande maioria dos produtos é feita à base de cafeína — substância que estimula o sistema nervoso central, aumentando o seu desempenho na prática esportiva.

Qual é a quantidade recomendada?

O correto é seguir a recomendação da embalagem, de seu médico ou de seu nutricionista. Normalmente, a indicação é de um comprimido (ou uma dose) por dia, nos dias em que você pratica esporte.

O termogênico pede muita cautela, visto que, ao ser consumido de forma excessiva, pode causar agitação, irritabilidade, ansiedade e insônia.

Quem pode tomar?

A indicação é para quem possui metabolismo lento, até porque o produto atua diretamente na regulação desse processo. Assim, o termogênico pode ajudar por meio do aumento da taxa metabólica.

Se você tem mais facilidade de aumentar as taxas de gordura ou dificuldade em perdê-las, também pode fazer uso, desde que esteja praticando exercício. Muitas pessoas que frequentam academia ou praticam algum esporte também fazem uso dos termogênicos, focando o melhor desempenho.

Agora, se você é sedentário e acha que o termogênico sozinho vai fazer com que conquiste o corpo dos seus sonhos, não deve ingeri-lo. Comece focando um estilo de vida mais saudável.

Tem contraindicação?

Sim! Como a ativação metabólica causada pelos termogênicos aumenta o ritmo cardíaco, é preciso evitá-los se você sofre de ansiedade crônica, gastrite e/ou úlcera, cardiopatias, se tem distúrbios do sono ou treina muito próximo do horário de dormir, já que há chance de insônia.

Além disso, pessoas com quadros depressivos, mulheres grávidas ou amamentando e crianças também não estão aptas ao consumo.

Se você sofre de crise de enxaqueca, também deve tomar cuidado, pois o aumento da pressão sanguínea provocado pelo termogênico pode piorar o quadro.

Existem efeitos colaterais?

Os efeitos colaterais estão relacionados ao fato de você tomar o termogênico por conta própria, em doses equivocadas ou até optar por produtos sem registro no Brasil.

Além disso, opções com efedrina na composição têm sido banidas por conta dos vários efeitos colaterais, como arritmia cardíaca, crises convulsivas, hipertensão e até infarto.

Um cuidado extra é certificar-se de que o produto tenha registro no Ministério da Saúde. Opções importadas também merecem atenção, pois nem sempre contêm substâncias permitidas no Brasil.

Por isso, siga as recomendações do seu médico, da embalagem do produto e não exagere na dose. Na dúvida, sempre peça ajuda profissional.

Quais os cuidados ao tomar?

O ponto principal é conversar com seu médico ou nutricionista antes de começar a tomar ou escolher um termogênico. O seu organismo possui demandas diferentes do corpo do seu amigo, então, tome cuidado com recomendações de pessoas que não sejam profissionais.

Também é necessário prestar atenção aos efeitos colaterais. Caso o termogênico não esteja fazendo bem, interrompa o uso e procure o médico ou nutricionista que lhe indicou para conversar e repensar o uso desse alimento.

Onde comprar?

A partir do momento em que você já tem a indicação do melhor termogênico, pode fazer uma pesquisa na internet por preços, sempre com cuidado antes de escolher o site em que vai efetuar a compra.

Fique atento à reputação do site e verifique se ele tem certificado emitido por organizações de internet (clique na imagem da certificação e verifique se é direcionado para o site deste).

O e-commerce da Growth Supplements tem certificado de segurança, várias formas de pagamento para sua comodidade e ainda dá frete grátis, dependendo do valor da sua compra. Vale conferir!

Qual o valor de um termogênico?

Os preços dos termogênicos variam de R$ 20 a mais de R$ 80, lembrando que o preço não deve ser o maior critério para a compra e, sim, as indicações médicas que levam em conta suas necessidades.

Quais são os principais alimentos termogênicos naturais?

Alguns alimentos são mais difíceis de serem digeridos pelo organismo, e o corpo gasta mais energia para o processo digestivo, ou seja, a quebra e a absorção destes.

O resultado é que o sistema nervoso faz com que o metabolismo trabalhe em um ritmo mais acelerado. A consequência já é conhecida: você queima mais energia. Existem alguns alimentos que são naturalmente termogênicos, como:

  • gengibre;
  • cafeína;
  • pimenta vermelha;
  • canela;
  • água gelada (já que o corpo queima mais energia para aquecê-la);
  • chá-verde;
  • chá de hibisco;
  • alimentos ricos em ômega 3 (peixes, oleaginosas, chia, linhaça etc.).

Os alimentos termogênicos ajudam você a queimar mais energia, mas, sozinhos, também não garantem milagres. Moral da história aqui, mais uma vez: você ainda precisa ter uma alimentação mais saudável e não ser sedentário.

Consumir alimentos termogênicos também não exclui o fato de tomar um suplemento termogênico (seja em pó, gel ou cápsula) mais indicado para o seu caso.

A ideia de incluir alguns desses alimentos na sua dieta traz ótimos benefícios para a saúde, até porque são saborosos e simples de agregar às receitas.

Existe algum limite de quanto consumir esses alimentos?

Não é porque é natural que pode exagerar! Atenção às quantidades de alguns alimentos termogênicos consideradas ideais para pessoas que estão com a saúde em dia:

  • café: cerca de 200 ml ao dia;
  • chá-verde: quatro xícaras por dia;
  • pimentanão existe uma quantidade limite. Mas quem tem a síndrome do intestino irritável precisa de mais cuidado;
  • gengibreaté 4 gramas ao dia é considerado saudável;
  • canelameia colher de chá por dia. Mais que isso pode causar irritação das mucosas do intestino, úlceras e até alteração dos batimentos cardíacos.

Como o chá-verde e o café têm cafeína em suas composições, cuidado para não exagerar na dose dos dois, principalmente perto da hora de dormir, o que pode provocar insônia.

Quais receitas com alimentos termogênicos posso preparar no dia a dia?

Chá de gengibre com cravo

Ingredientes:

  • 1 litro de água;
  • 2 colheres (sopa) de gengibre picado grosseiramente;
  • cravo em pau a gosto.

Modo de preparo

Junte a água e o gengibre e leve ao fogo por cerca de 10 minutos após levantar fervura. Desligue, acrescente o cravo, tampe e espere mais 10 minutos. Tome ao longo do dia.

Bulletproof coffee

Ingredientes:

  • 300 ml de café coado na hora;
  • 1 colher (sopa) de manteiga ghee;
  • 1 colher (sopa) de óleo de coco;
  • canela em pó a gosto.

Modo de preparo

Assim que coar o café, use um mixer para misturá-lo com a manteiga e o óleo até que a aparência seja de um cappuccino bem cremoso. Salpique um pouco de canela. Evite tomar à noite.

Chá-verde com canela e hortelã

Ingredientes:

  • 500 ml de água;
  • 2 colheres (sopa) de folhas secas de chá-verde;
  • 1 canela em pau;
  • 5 folhas de hortelã fresca.

Modo de preparo

Aqueça a água até levantar fervura. Desligue o fogo, acrescente o chá-verde, a canela, as folhas de hortelã e tampe por cerca de 5 a 10 minutos. Tome ao longo do dia.

Chá de hibisco com cavalinha

Ingredientes:

  • 1 litro de água;
  • 1 colher (sopa) de hibisco seco;
  • 1 colher (sopa) de cavalinha.

Modo de preparo

Leve a água ao fogo e, assim que levantar fervura, acrescente o hibisco e a cavalinha. Desligue o fogo e tampe por até 10 minutos. Depois, coe e tome o chá ao longo do dia.

A cavalinha tem ação diurética, ou seja, não se esqueça de tomar muita água ao longo do dia também.

Banana assada com canela

Ingredientes:

  • banana-nanica madura;
  • canela em pó a gosto.

Modo de preparo

Amasse a banana com um garfo e salpique a canela. Leve ao micro-ondas na potência máxima por cerca de 30 segundos. Perfeito para uma sobremesa rápida!

Chá-verde gelado cítrico

Ingredientes:

  • 1 litro de água;
  • 4 colheres (sopa) de folhas secas de chá-verde;
  • suco de duas laranjas;
  • gelo e rodelas de laranja a gosto.

Modo de preparo

Aqueça a água até levantar fervura. Desligue o fogo, acrescente o chá-verde, tampe e espere 10 minutos. Coe, deixe esfriar, misture com o suco de laranja e leve à geladeira. Sirva com gelo e rodelas de laranja.

Cookie de passas e canela

Ingredientes:

  • 1 ovo;
  • 1 colher (sopa) de manteiga ghee;
  • 1 xícara (chá) de farinha de trigo integral;
  • 3/4 de xícara (chá) de açúcar mascavo;
  • 1/2 colher (chá) de fermento em pó;
  • 1/2 colher (sopa) de canela em pó;
  • 1 xícara (sopa) de aveia em flocos grossos;
  • 2 bananas-nanicas maduras amassadas;
  • 1/2 xícara (chá) de uvas-passas pretas.

Modo de preparo

Na batedeira, bata o ovo até dobrar de tamanho. Junte a manteiga, bata até incorporar e reserve. À parte, peneire o açúcar, a farinha, o fermento, a canela, junte com a aveia e incorpore à mistura do ovo e manteiga.

Acrescente os ingredientes restantes e mexa com suavidade. Leve ao forno preaquecido a 180 °C em uma forma untada por cerca de meia hora ou até ficar dourado.

Petisco de banana com canela

Ingredientes:

  • 4 bananas-nanicas;
  • 1 e 1/2 colher (chá) de óleo de coco;
  • canela em pó a gosto.

Modo de preparo

Fatie as bananas o mais fininho possível — é o pré-requisito para que fiquem crocantes. Distribua em uma assadeira untada com parte do óleo de coco e pincele as fatias com o restante do óleo.

Asse em forno preaquecido a 160 °C por cerca de 50 minutos (varia entre cada forno), espere esfriar, polvilhe a canela e sirva.

Peixe ao molho com pimenta

Ingredientes:

  • 2 filés de merluza ou tilápia;
  • 1 colher (sobremesa) de óleo de coco;
  • 1 colher (chá) de gengibre ralado;
  • 1 colher (café) de páprica picante;
  • 1 pimenta vermelha sem semente picada;
  • 1 e 1/2 xícara (chá) de molho de tomate;
  • 1 xícara (chá) de leite de coco;
  • sal, suco de limão, pimenta-do-reino e salsinha picada a gosto.

Modo de preparo

Tempere o peixe com sal, pimenta e suco de limão a gosto. Reserve. Em uma panela antiaderente, aqueça o óleo e refogue os temperos. Coloque os filés.

Acrescente o molho, o leite de coco, mexa levemente e deixe a panela semiaberta, cozinhando por cerca de 20 minutos.

Mingau fit de aveia e canela

Ingredientes:

  • 200 ml de leite desnatado;
  • 2 e ½ colheres (sopa) de aveia em flocos;
  • 1 colher (sobremesa) de xilitol;
  • 1 colher (café) de canela em pó;
  • leite em pó a gosto.

Modo de preparo

Leve ao fogo, em uma panela, o leite, a aveia em flocos e o xilitol, mexendo até engrossar. Ao obter ponto de mingau, acrescente a canela, misture e desligue o fogo. Sirva polvilhado com leite em pó.

Suco de abacaxi e gengibre

Ingredientes:

  • 2 fatias de abacaxi;
  • 250 ml de água de coco gelada;
  • 1 colher (sopa) de gengibre picado grosseiramente;
  • açúcar demerara a gosto.

Modo de preparo

Bata os ingredientes em um liquidificador ou com um mixer e sirva com gelo.

É importante encarar os termogênicos como uma ajuda extra para atingir seus objetivos, seja perda de peso corporal, diminuição da gordura e até mesmo energia extra para seu treino, e não como uma ajuda milagrosa para que você atinja o “corpo ideal”.

Lembre-se de que o melhor termogênico para você precisa ser escolhido com ajuda de um profissional da saúde, após avaliar sua condição e as características específicas do seu corpo.  Além disso, saiba que os alimentos termogênicos naturais não substituem a suplementação, mas podem auxiliar em seus objetivos.

Gostou de saber sobre mais sobre termogênicos e como consumi-los? Aproveite para visitar a loja da Growth Supplements, com ótimas opções e valores!