Whey protein para idosos: conheça os benefícios do suplemento na terceira idade

Diogo Círico 18/10/2023

À medida que envelhecemos, a importância de cuidar do nosso corpo e manter uma vida ativa se torna cada vez mais evidente. Por isso, a suplementação pode ser uma importante aliada para quem precisa reforçar a saúde. Nesse cenário, o whey protein para idosos desponta como uma solução prática para o fortalecimento do corpo.

Comprovadamente eficaz, esse suplemento não só auxilia no fortalecimento dos músculos, mas também contribui para o bem-estar geral do corpo. Mas afinal, como o whey pode contribuir na prática para uma melhor saúde na terceira idade? Confira no texto a seguir! 

Sumário

Whey protein é permitido para idosos?

O whey protein nada mais é que um aporte de proteína prático e eficiente, que pode ser combinado em diferentes receitas e dietas. Dessa forma, ele não só é permitido para idosos, como para várias idades — desde que, claro, seja utilizado adequadamente e sob orientação médica ou de um profissional de saúde. 

Conforme envelhecemos, é comum enfrentarmos desafios em relação ao corpo, como a perda de massa muscular (sarcopenia) e a diminuição da força. Nesse sentido, o whey entra em cena como uma fonte rica em aminoácidos essenciais, especialmente leucina, que desempenha um papel fundamental na síntese de proteínas musculares

Isso significa que o suplemento pode ajudar os idosos a preservar e até mesmo aumentar a massa muscular, melhorando a força e a funcionalidade, o que é essencial para a autonomia e a qualidade de vida na terceira idade.

Leia também: 8 suplementos alimentares para idosos

Como o whey protein age no corpo?

O whey protein é composto por uma variedade de aminoácidos essenciais, sendo especialmente rico em leucina, isoleucina e valina — aminoácidos de cadeia ramificada (BCAAs), que desempenham um papel fundamental no funcionamento do corpo. A forma como o whey age no corpo é multifacetada e abrange diversos aspectos:

  • estimula a síntese de proteínas musculares;
  • aumenta a saciedade;
  • melhora a recuperação pós-exercício;
  • reforça o sistema imunológico;
  • ajuda na manutenção de massa magra;
  • favorece a síntese de glutationa (um antioxidante poderoso que ajuda a proteger as células do estresse oxidativo).

É importante ressaltar que os efeitos do whey protein podem variar de pessoa para pessoa, dependendo de fatores como a dieta geral, a atividade física e o estado de saúde individual. Além disso, a suplementação dessa proteína deve ser feita de acordo com as necessidades individuais e sob orientação profissional para garantir resultados seguros e eficazes.

Benefícios do whey protein para idosos

O consumo de whey protein pode trazer uma série de benefícios para os idosos, contribuindo para o fortalecimento muscular, a manutenção da massa magra e a promoção do bem-estar geral. Confira todas as vantagens:

  • Manutenção da massa muscular: O Whey Protein é um excelente auxílio para a manutenção da massa muscular em idosos, uma vez que reduz a sarcopenia (redução natural da força muscular por conta do envelhecimento).
  • Melhoria da saúde óssea: a ingestão adequada de proteínas, incluindo o whey protein, que possui naturalmente altas concentrações de cálcio, pode contribuir para a saúde óssea, reduzindo o risco de osteoporose e fraturas em idosos.
  • Controle de peso: o suplemento pode ajudar os idosos a manter um peso saudável, pois promove a saciedade e pode reduzir o consumo de calorias em excesso.
  • Reforço do sistema imunológico: além de seus benefícios musculares, o whey protein contém imunoglobulinas e lactoferrina, que auxiliam na fortificação do sistema imunológico, tornando os idosos menos suscetíveis a infecções.
  • Apoio à saúde cardiovascular: o consumo de proteínas de alta qualidade, como o whey protein, pode contribuir para a saúde cardiovascular, reduzindo fatores de risco como a pressão arterial elevada. 
  • Melhora do bem-estar geral: aumentar a ingestão de proteínas de qualidade pode melhorar a energia, a disposição e a qualidade de vida em geral, permitindo que os idosos desfrutem de uma vida ativa e envelheçam com vitalidade.

Qual o melhor whey protein para idosos?

A escolha do melhor whey protein para idosos depende das necessidades individuais, bem como dos objetivos e preferências pessoais. 

O Whey Protein Concentrado é uma opção mais econômica, com teor moderado de gordura e carboidratos. Já o Whey Protein Isolado pode ser uma escolha excelente para quem deseja evitar carboidratos e gorduras extras, já que contém mais proteína e menos calorias.

Por fim, o Whey Protein Hidrolisado é pré-digerido, o que significa que as proteínas são parcialmente quebradas, facilitando a digestão. É uma opção adequada para idosos com problemas de digestão.

Escolher um produto de alta qualidade de uma marca confiável é fundamental. Certifique-se de que o produto seja testado quanto à pureza e qualidade e que a marca siga padrões rigorosos de fabricação.

___

Referências:

CAROLINE NAGANO. Whey protein na terceira idade? Acesso em: 12/09/2023.

CAMARGO, L. da R.; DONEDA, D. D.; OLIVEIRA, V. R. de. A UTILIZAÇÃO DO WHEY PROTEIN NA SUPLEMENTAÇÃO DE IDOSOS. Revista Brasileira de Ciências do Envelhecimento Humano, 2019. Acesso em: 12 set. 2023.

MEDICINA GERIÁTRICA. Qual o melhor whey protein para idosos? 2023. Acesso em: 12/09/2023.

Diogo Círico

Diogo Círico

Nutricionista

Graduado em nutrição em 2007 pela Faculdade Assis Gurgacz, pós-graduação em Nutrição e Atividade Física - 2012, pós-graduação em Nutrição Funcional Esportiva - 2017, desde o inicio buscou destinar suas atividades à nutrição esportiva e também a área de tecnologia de alimentos. À frente das ações técnicas da industria Growth Supplements desde sua criação, já somam-se mais de 10 anos de dedicação, trabalho e pesquisas laboratoriais no desenvolvimento de novos produtos. Hoje suas ações como nutricionista dividem-se entre assessoraria de alguns atletas patrocinados pela Growth Supplements, redação de material técnico cientifico como estes disponíveis no blog GSuplementos e também na liderança da equipe de técnica Growth Supplements . Diogo Cirico; Nutricionista esportivo CRN 10 - 2067