Pessoas fazendo abdominal em um chão verde

L-Carnitina: Para que serve? Saiba aqui!

A L-carnitina é uma substância similar aos aminoácidos e às vitaminas. É produzida naturalmente pelo nosso organismo e pode ser encontrada em alimentos como carnes vermelhas e brancas, grãos de soja e ovos.

A L-carnitina pode ajudar o nosso corpo a reduzir a gordura corporal, aumentar a massa muscular, melhorar o funcionamento cardíaco, fortalecer o sistema imunológico, proteger rins e cérebro, entre outras funções do nosso metabolismo. Venha conferir neste post mais sobre a L carnitina, para que serve, como tomar, benefícios e quais cuidados devemos ter no seu consumo.

O que é L-carnitina?

A L-carnitina (levocarnitina ou carnitina) é uma substância denominada amina quaternária e sintetizada naturalmente pelo organismo, por meio dos rins, fígado e cérebro, a partir da ação de dois aminoácidos essenciais: lisina e metionina.

Geralmente, a carnitina fica estocada em diversos tecidos, principalmente nos músculos, promovendo e gerando energia para as células, através da gordura, por conta de sua ação na oxidação dos ácidos graxos de cadeia longa, a qual eleva o uso de triglicerídeos e fornece energia.

suplementação

Além disso, a L-carnitina auxilia na produção e na utilização mais eficiente do oxigênio, melhorando o desempenho nas atividades físicas e, segundo o artigo publicado na Revista Saber Científico, por consequência de aumentar o fluxo sanguíneo nos músculos, devido a seu efeito vasodilatador e antioxidante, ajuda na redução de complicações de doenças isquêmicas (doença arterial coronariana) e nas consequências da neuropatia diabética.

Para que serve a L-carnitina?

Devido a sua ação na formação de energia a partir da gordura carnitina, a l-carnitina é usada em suplementos para controle de peso e emagrecimento fórmula. No âmbito do atletismo desempenha a função de atuar no metabolismo dos ácidos graxos e no metabolismo energético, utilizando os lipídios como energia para os músculos esquelético e cardíaco.

Já o consumo da suplementação de carnitina pode ter um efeito antioxidante para pessoas saudáveis e para portadoras de doenças isquêmicas e neuropatia diabética. Vale destacar que a sua maior concentração se encontra na musculatura, principalmente na cardíaca, efetuando a função energética no mecanismo contrátil das células musculares, cardíacas e reguladoras da concentração. Nos músculos esqueléticos, reduz a dependência da glicose para produção de energia, a qual resulta na diminuição da produção de ácido láctico e da dor gerada pelo seu acúmulo.

Serve também para um uso mais eficiente no oxigênio e em sua produção, melhorando o rendimento nas atividades físicas. Outro ponto importante é impedir desvios metabólicos, que evitam a elevação das triglicérides e diminuem os riscos de doenças cardiovasculares, como aterosclerose e afecções cardíacas.

Como a L-carnitina age no organismo?

A L-carnitina possui como principal função interagir no metabolismo das gorduras, fazendo com que os ácidos graxos sejam direcionados às mitocôndrias e estruturas celulares, que são responsáveis pela geração de energia necessária ao corpo, assegurando que a gordura seja transformada em energia.

mulher na academia

Além disso, também estimula o organismo a ter uma linha secundária de produção de energia, resultando em uma maior resistência muscular durante as atividades físicas que demandam força.

Outro ponto relevante da substância é que auxilia na aceleração da queima de gordura, por ser um dos compostos muito presentes em suplementos para controle de peso, que ajudam na queima de gordura no organismo, junto com atividades físicas e uma alimentação balanceada.

Para quem a L-carnitina é indicada?

A L-carnitina é indicada para quem é adepto a treinos e atividades físicas. Normalmente, é consumida pela ingestão de suplemento, que promove um melhor desempenho nas performances e atividades, reduz a fadiga muscular e fornece energia necessária ao corpo (músculos esqueletais e coração) durante os treinos.

Dessa forma, é seguro afirmar que a L-carnitina contribui para o emagrecimento, porque melhora o rendimento dos exercícios físicos, elevando a quantidade de calorias queimadas durante a prática e ajudando a emagrecer. Ingerir somente o suplemento, sem a prática de exercícios físicos e uma dieta adequada, não garante o emagrecimento.

Benefícios da L-carnitina

  • Auxilia na redução da fadiga muscular.
  • Auxilia no fornecimento de energia ao organismo.
  • Auxilia no desempenho físico.
  • Auxilia no ganho de massa muscular.
  • Ajuda a aumentar a resistência muscular.
  • Auxilia a fortalecer o sistema imunológico.
  • Auxilia na recuperação das fibras musculares.
  • Auxilia na redução de complicações de doenças isquêmicas.
  • Auxilia na prevenção e no tratamento de doenças cardíacas.
  • Ajuda nas decorrências de neuropatia diabética.

Além desses benefícios, a L-carnitina protege os rins, ajuda a melhorar a função cardíaca, remove toxinas celulares, previne a perda óssea, estimula e previne o cérebro contra o envelhecimento e ajuda no controle do metabolismo da glicose.

Como e quando tomar a L-carnitina?

Recomenda-se que a quantidade diária consumida de L-carnitina seja de 2g a 6g. Além de não haver contraindicações, não existe um horário específico para consumi-la. Entretanto, para que a suplementação se torne realmente eficaz, é preciso que a ingestão aconteça todos os dias enquanto o projeto de emagrecimento e de treinos durar. Vale ressaltar a importância de tomá-la até mesmo quando você não for praticar exercícios a fim de manter os níveis da substância elevados em seu organismo.

A inclusão desse elemento em sua dieta deve ser feita com a indicação de um nutricionista de sua confiança. Dessa maneira, as quantidades serão adequadas especificamente à sua dieta e à sua rotina de treinos, tornando o seu dia a dia mais saudável e balanceado, garantindo bem-estar.

Tomar L-carnitina antes ou depois do treino?

O ideal é tomar o suplemento de L-carnitina antes do treino, sempre acompanhado de carboidratos, para ter o máximo de aproveitamento durante as performances e atividades físicas.

Quanto tomar de L-carnitina por dia?

O consumo de apenas 1 grama da suplementação de L-carnitina por dia já seria o suficiente para promover seus benefícios – é possível ingerir de 2 a 3 gramas diários. Para os praticantes de exercícios físicos, musculação e para quem precisa de auxílio para reduzir a gordura em excesso, a sugestão é consumir 2 gramas da suplementação de L-carnitina. Ingerir mais do que o recomendado pode acarretar efeitos colaterais, como diarreia, náuseas, desconforto estomacal, cólica abdominal e vômito.

A quantidade de L-carnitina vai depender do objetivo estabelecido pela pessoa, seja para ajudar na performance das atividades físicas, no corpo ou suprir ou repor a falta da carnitina no organismo. Para isso, o melhor é sempre consultar um nutricionista para tirar as dúvidas e saber qual a melhor forma de consumo para atingir o que precisa.

Recomendações e cuidados no consumo da L-carnitina

A L-carnitina é uma substância benéfica ao organismo, desde que siga as recomendações à risca, pois o uso inadequado pode ocasionar transtornos gastrointestinais.

Os suplementos de L-carnitina estão na Growth

Aqui, na Growth Supplements, tem os suplementos à base de L-carnitina para ajudar no seu treino diário e dieta, sempre com alta qualidade. Confira o nosso catálogo e alcance uma rotina mais saudável e completa com os suplementos da Growth!

Referências:
MAFFINI, Pedro Henrique; PELOSO, Eduardo de Figueiredo. Efeitos Ergogênicos da L-carnitina no metabolismo lipídico. Efeitos Ergogênicos da L-carnitina no metabolismo lipídico , Revista Saber Científico, v. 6, ed. 2, p. 90 – 103, junho/dezembro 2017.Acesso em: 13 nov. 2021.
EMBRAFARMA. L-carnitina. L-carnitina, Embrafarma, [S. D].Acesso em: 13 nov. 2021.
COELHO, Christianne de Faria; MOTA, João Felipe; BRAGRANÇA, Euclésio; BURINI, Roberto Carlos Burini. Aplicações clínicas da suplementação de L-carnitina. Aplicações clínicas da suplementação de L-carnitina, Revista de Nutrição, p. 651 – 659, 18 out. 2005. Acesso em: 13 nov. 2021.
BITTAR, Julio. L-carnitina – O Que é, Para Que Serve, Efeitos Colaterais e Como Tomar. In: L-carnitina – O Que é, Para Que Serve, Efeitos Colaterais e Como Tomar. [S. l.], 19 fev. 2020. Acesso em: 13 nov. 2021.