5 opções de proteína para vegetarianos

Diogo Círico 02/02/2017

Atualmente, as opções de suplementação para vegetarianos crescem cada vez mais no Brasil. Os suplementos que usam ingredientes de origem vegetal são exemplos excelentes, e podem trazer alta concentração de proteínas para quem busca alternativas às carnes. Se você estava a procura de alguns deles, aqui é o lugar certo para saber mais sobre os produtos e decidir qual a versão que mais se adequa à sua rotina. Preparamos uma lista com 5 deles – com destaque para os três últimos itens, voltados para veganos. Tudo isso para desmistificar de vez a crença de que apenas os carnívoros conseguem atingir a hipertrofia!

Sumário

Albumina

Originada da clara do ovo, a albumina é uma das melhores opções para quem busca uma opção de proteínas de alto valor biológico mas que não inclui carne. O custo-benefício é o carro-chefe, com um valor médio e excelente concentração de proteínas na composição. Com ela, você garante uma boa quantidade de proteínas com apenas um scoop. Assim, não é necessário consumir uma quantidade tão grande de claras na rotina.

Whey Protein

Uma das opções mais conhecidas, o Whey Protein é um produto sem igual. Uma altíssima quantidade de proteínas extraídas do soro do leite podem ser encontradas nesse suplemento. Tudo isso com uma absorção rápida e alto valor biológico; sem contar a variedade de sabores e as diversas versões do produto, que variam conforme a filtragem do soro do leite. Você pode escolher entre o Whey Concentrado, Whey Isolado e Whey Hidrolisado conforme as necessidades da sua dieta. Muita gente se pergunta se existe Whey Protein sem Lactose; entretanto, mesmo no caso do Whey Isolado, não há como garantir que ela seja eliminada da composição, o consumidor deve observar a presença ou não de carboidratos no produto. Por isso, os intolerantes a lactose devem aproveitar as opções abaixo.

Soy Protein

Essas opções de suplementos são totalmente veganas – ou seja, nenhum ingrediente de origem animal é usado na sua produção. No caso do Soy Protein, a soja é a matéria-prima utilizada para extrair e isolar  as proteínas obtendo nutrientes de alto valor biológico. É importante saber que, nesse caso, as proteínas são isoladas do alimento, da soja bruta, o que diferencia o Soy Protein da proteína de soja texturizada geralmente usada em vários pratos.

Pea Protein

A ervilha é também um alimento altamente proteico e, por isso, ela não poderia deixar de ser matéria-prima de um dos melhores suplementos vegetais. O Pea Protein possui uma boa quantidade de aminoácidos essenciais, como os BCAAs, e também aminoácidos não essenciais. Além disso, esse produto é uma boa fonte de ferro e zinco.

Rice Protein

O arroz é uma fonte tradicional de carboidratos, mas sua composição possui também uma quantidade de proteínas que é aproveitada nesse suplemento. Elas são retiradas do arroz marrom, também conhecido como arroz integral. A digestão é fácil e ele também é menos alergênico que outros suplementos proteicos – o que pode ser vantajoso, dependendo da pessoa.

Isto foi útil?

Obrigado pelo seu feedback!
Visitado 63 vezes, 2 visita(s) hoje.
Diogo Círico

Diogo Círico

Nutricionista

Graduado em nutrição em 2007 pela Faculdade Assis Gurgacz, pós-graduação em Nutrição e Atividade Física - 2012, pós-graduação em Nutrição Funcional Esportiva - 2017, desde o inicio buscou destinar suas atividades à nutrição esportiva e também a área de tecnologia de alimentos. À frente das ações técnicas da industria Growth Supplements desde sua criação, já somam-se mais de 10 anos de dedicação, trabalho e pesquisas laboratoriais no desenvolvimento de novos produtos. Hoje suas ações como nutricionista dividem-se entre assessoraria de alguns atletas patrocinados pela Growth Supplements, redação de material técnico cientifico como estes disponíveis no blog GSuplementos e também na liderança da equipe de técnica Growth Supplements . Diogo Cirico; Nutricionista esportivo CRN 10 - 2067