Tudo o que você precisa saber sobre tônus muscular

Nem todos os adeptos da musculação se preocupam com a definição de todas as regiões do corpo. Apesar disso, algumas delas não podem ficar de lado durante os treinos. Você sabe o que é tônus muscular e por que ele é importante?

Levando essas questões em consideração, nós preparamos este post. Durante a leitura, você encontrará informações relevantes sobre o tema: o que é, quais benefícios ele traz etc. Continue lendo até o fim do texto para saber mais!

Entenda o que é o tônus muscular

O tônus muscular também é conhecido como o estado de tensão elástica e permanente, ou seja, é quando o músculo está em repouso. Ele permite iniciar a contração após o impulso dos centros nervosos. Em outras palavras, é a resistência encontrada ao movimento passivo dos membros.

Em suma, ele nada mais é do que um estado muscular que ajuda a manter a postura para cada movimento que o seu corpo faz. Se ele está em estado de relaxamento completo, o músculo vai levar mais tempo para começar a contrair e enfim dar início ao movimento.

Pode parecer complexo à primeira vista, não é mesmo? Para exemplificar melhor, imagine que esse estado se manifesta principalmente quando estamos dormindo, porque o corpo está relaxado. Ao acordarmos, o tônus “volta” à ativa. Esse estado dependerá, basicamente, de impulsos nervosos inconscientes. Afinal, os músculos geralmente estão em contração parcial, que é causada por estímulos dos nervos.

Descubra por que o tônus muscular acontece

A existência do tônus muscular depende de três reflexos essenciais. Confira logo abaixo quais são eles e o que representam para o corpo humano.

Reflexo miotático inverso

Sempre que existe um aumento da tensão muscular, os receptores do órgão tendinoso de Golgi são estimulados, evitando assim a contração excessiva do músculo agonista.

Reflexo miotático da extensão

É um mecanismo para evitar excessos quando ocorre algum estiramento muscular. Isto é, ele ajuda você a ficar longe das lesões mais graves.

Reflexo de encurtamento

Esse é o reflexo mais incompreendido pela ciência. Ele é uma contração muscular reflexa, que se manifesta à medida que o músculo vai se aproximando dos seus pontos de inserção.

Para examinar seu tônus corretamente, você deve procurar algum especialista na área de fisioterapia. A ideia é que você seja submetido a um exame, no qual serão analisadas as condições de regiões musculares como as pernas, braços e assim por diante.

Conheça os benefícios do tônus muscular para o seu treino

Entender o tônus muscular tende a ser muito benéfico para os seus treinos. Isso será ainda mais perceptível se você pretende melhorar a hipertrofia muscular. Porém, de qual forma isso é possível? Como conquistar essas vantagens?

Melhora a hipertrofia

Se faz treinos constantemente e já se alimenta com uma dieta para hipertrofiar, você já está no caminho certo. Quando você trabalha o tônus, sua rigidez muscular em repouso aumenta, como consequência dos treinamentos de força.

Ajuda na postura

Manter a postura corporal é fundamental para que você não sinta muitas dores após uma sessão intensa de treinos. A definição do tônus pode auxiliar muito nesse aspecto, fazendo com que você não fique torto ou flácido quando executa algum movimento. Ficar mal posicionado enquanto você puxa ferro pode causar muitos problemas — tenha bastante atenção a isso!

Além do mais, pensando sob o ponto de vista da estética, de pouco adianta ostentar uma barriga trincada e ter uma aparência curvada. Se você quer entrar para o bodybuilding e tem o sonho de competir, saiba que a má postura pode comprometer seus resultados. Portanto, não deixe esse fator de lado.

Saiba como ganhar o tônus muscular

Agora que você já sabe o que é tônus muscular e os benefícios que ele pode proporcionar, que tal conferir algumas dicas práticas para treiná-lo? Veja!

Ganhe massa magra

Na prática, existem poucas diferenças notáveis entre esse tipo de massa e o tônus. Então, se você ganhar massa magra, seu tônus ficará fortalecido e sua musculatura, por consequência, mais rígida.

Para isso, invista em uma dieta rica em proteínas e, é claro, nos exercícios físicos para emagrecer. Suplementos alimentares como o whey protein podem ajudar bastante nessa missão. De qualquer forma, converse com um nutricionista qualificado e monte uma dieta pensada especialmente para essa finalidade.

Pratique pilates

Os fãs de musculação muitas vezes são resistentes a experimentar novas modalidades de atividade física. Apesar disso, práticas como o pilates podem ajudar muito na obtenção do tônus.

Além disso, esse exercício também contribui muito para a consciência corporal dos movimentos, ajudando a fortalecer a musculatura e na concentração. Se você quer detonar o estresse depois de uma semana corrida ou começar o dia ainda mais disposto para malhar, ele pode ser uma ótima alternativa.

Faça exercícios aeróbicos

O preconceito com os aeróbicos também é recorrente entre as pessoas que são adeptas de puxar ferro constantemente. No entanto, eles são complementos essenciais para que você possa aproveitar melhor os benefícios dos treinos de força.

Não por acaso, eles são praticados com regularidade por bodybuilders profissionais, porque ajudam muito na definição muscular. O processo de cutting se torna muito mais simples para os atletas que já estão habituados à prática aeróbica.

Sendo assim, por mais que seu negócio seja malhar, inclua exercícios desse tipo em seus treinos. Você pode fazer tênis, corrida, natação etc. O importante é encontrar algo do qual você goste.

Capriche no pós-treino

O pós-treino é um aspecto essencial para ganhar tônus. Você precisa ingerir boas fontes de carboidrato simples, como arroz integral, aveia e sementes (gergelim, chia, linhaça e afins).

Não se esqueça das proteínas, porque elas atuam na recomposição muscular, garantindo que você esteja inteiro para os treinos do dia seguinte. Carnes magras, como salmão e frango grelhado, assim como ovos e claras de ovos são ótimas escolhas para essa refeição. A vitamina C também deve estar presente.

Enfim, o tônus muscular é um estado do corpo humano que em muito se associa à massa magra. Desenvolvê-lo é, sem dúvidas, um importante complemento para os seus treinos.

O que você achou do texto? Quer otimizar ainda mais seus resultados? Então aproveite para saber o que é melhor: treino contínuo ou intermitente!