remada alta

Remada alta: como fazer e para que serve

Para obter melhores resultados após um treino físico, é preciso realizar os exercícios de maneira correta, seguindo as orientações de um profissional que adeque as atividades de acordo com os seus objetivos e necessidades.

Por isso, preparamos algumas dicas para você conhecer tudo sobre a remada alta e deixar o seu treino ainda mais satisfatório. Confira!

1. O que é remada alta?
2. Quais são os benefícios da remada alta?
3. Qual a melhor forma de fazer remada alta?
4. Dicas de treino de remada alta
5. Tipos de remada alta
6. Pegadas de remada alta

O que é remada alta?

A remada alta, também conhecida como puxada vertical, é um exercício com pesos (barra, halter, elástico, puxador e kettlebell) que trabalha os músculos dos ombros: deltoide e trapézio (superior e inferior).

Existem diversas variações com pequenas diferenças na ativação dos músculos, mas, de modo geral, são acionados os músculos da supraespinhal, infraespinhal, serrátil anterior, redondo menor, elevador da escápula, romboides, bíceps braquial, braquial e braquiorradial, além dos músculos do grupo de eretores da espinha ou coluna, grupo isquiotibiais e o glúteo máximo.

Quais são os benefícios da remada alta?

Se realizada de maneira correta, a remada alta pode oferecer os seguintes benefícios para o seu corpo:

  • Auxílio na mineralização óssea;
  • Estabilidade da articulação do ombro;
  • Ajuda na redução de gordura corporal;
  • Harmonia e simetria na construção muscular;
  • Aumento da hipertrofia e ajuda no fortalecimento muscular.

Qual a melhor forma de fazer remada alta?

remada alta com kettlebell

Em qualquer treino é preciso sempre estar atento para a maneira correta de realizar os exercícios, a fim de evitar qualquer tipo de lesão que possa prejudicar as suas atividades rotineiras.

Confira a seguir o passo a passo de como realizar o exercício de remada alta da maneira mais adequada, de acordo com as orientações do personal trainer Guilherme Jardim, da equipe Grande Atleta.

  • Em pé, mantenha as pernas levemente afastadas e com os pés posicionados na largura dos ombros;
  • Segure o acessório (barra, elástico etc.) com as duas mãos e mantenha na linha dos ombros, de maneira que a sua coluna esteja estável e as curvaturas lombares preservadas;
  • Mantenha os joelhos semiflexionados durante a execução;
  • Puxe o acessório para cima, com o movimento de flexão dos cotovelos até a altura dos ombros (barra) e queixo (polia) – conforme nível de flexão indicado pelo profissional;
  • Não ultrapasse os cotovelos da linha dos ombros;
  • Desça com os cotovelos de maneira controlada até a posição inicial;
  • Realize as repetições de acordo com orientações do profissional.

Dicas de treino de remada alta

De modo geral, devem-se considerar as seguintes dicas para a realização das variações da remada alta.

  1. Assim como na remada curvada, é preciso manter a coluna ereta e o alinhamento dos pés, para possibilitar maior estabilidade do corpo durante o exercício.
  2. Manter o punho em posição firme para evitar lesões.
  3. Atentar-se à distância adequada do acessório ou equipamento utilizado, para não afetar a intensidade do exercício.
  4. Conversar sempre com o seu profissional de Educação Física para determinar as limitações atuais do seu corpo e adaptar o treino de acordo com as suas necessidades.

Tipos de remada alta

Remada alta

A remada alta pode ser realizada de diversas maneiras, como remada alta com halteres (permite liberdade de movimento articular); remada alta com barra livre (diferentes tipos de barra, como a reta e a W); remada alta Smith (com barra guiada); remada alta cross ou crossover (com auxílio de puxadores, como cabos e a polia); remada alta com kettlebell (equipamento com formato de um sino); remada alta polia e remada com elástico.

Uma boa opção para aumentar a capacidade de força é utilizar o acessório strap, que é um tipo de faixa envolvida no punho com uma extensão para unir a barra e auxiliar o praticante durante a atividade física.

Pegadas da remada alta

A pegada pronada é a mais indicada para o treino de remada alta, mas você pode consultar o seu orientador físico para realizar com outras variações de acordo com os seus objetivos, como a remada alta supinada, remada alta aberta e remada alta fechada.

Continue navegando em nosso blog ou baixe grátis o aplicativo da Growth e confira mais dicas sobre exercícios para peito, alimentação saudável, treinos de tríceps e muito mais!

Agora o próximo passo é baixar o app Dieta e treino, monitorar as calorias e os nutrientes ingeridos e focar nos treinos de alta intensidade.

REFERÊNCIAS
ANÁLISE de Exercício #49 Remada Alta na Polia. Treino em Foco, 2014. OLIVEIRA, Victor Hugo

R. F. de. Remada alta para ombros e trapézio, Veja como fazer!. Grande Atleta, 7 ago. 2020.

QUAIS os músculos acionados na remada alta na Polia?. Treino em Foco, 21 jun. 2017.

REMADA Alta com Barra: quais músculos envolvidos?. Treino em Foco, 31 maio 2017.