Quais são as bebidas alcoólicas menos calóricas para ingerir durante a dieta?

Você sabia que um drinque pode ser uma verdadeira bomba de calorias? Pois é! Aquela escapada no fim de semana é prejudicial a sua dieta. Para não colocar tudo a perder o ideal é escolher as bebidas alcoólicas menos calóricas.

Além disso, algumas dicas são interessantes para que você possa continuar degustando a sua bebida preferida sem muito peso na consciência. Quer saber quais são? Então, continue a leitura e confira!

Bebidas alcoólicas podem atrapalhar a dieta?

Se a sua esperança é que disséssemos que não, sentimos em informar, mas a resposta para essa pergunta é sim. Isso mesmo. Como se não bastassem as calorias do álcool — que são 7 por grama­­ —, a maioria dos drinques contém açúcar, licores, caldas, leite condensado e outras guloseimas mais.

Para ter uma ideia, uma batida de fruta feita com vodka e leite condensado ultrapassa as 500 calorias por um copo de 200ml. Você sabe o isso significa? É a mesma quantidade calórica do lanche de uma rede de fast food famosa. Bastante, não?

O mesmo acontece com a latinha de cerveja que tem 150 calorias: o problema é que ninguém para só em uma. Em uma tarde de verão a gente consome facilmente de 3 a 4 latas, contabilizando de 450 a 600 calorias.

Fora isso, o álcool em excesso diminui a absorção de nutrientes, reduz a produção de hormônios anabólicos e altera o ciclo do sono. Dessa maneira, consumir bebidas alcoólicas não só pode engordar como atrasar a hipertrofia.

Todas as bebidas alcoólicas são calóricas?

Bom, apesar de o tópico anterior não ter sido muito favorável à ingestão de álcool, saiba que dá para consumir de forma social e que não prejudique o organismo e a boa forma.

Algumas bebidas são menos calóricas, o que ajuda bastante a amenizar os efeitos nocivos do álcool para a silhueta. Sendo assim, veja quais são as permitidas para aquele momento especial.

Vinho

O vinho é uma bebida sempre muito elegante. Uma taça tem por volta de 100 calorias, ou seja, 2 delas cabem muito bem na dieta. Além disso, ele contém antioxidantes que previnem o envelhecimento precoce e fazem bem à saúde cardiovascular. Dê preferência para os secos que tem baixo teor de açúcares.

Saquê

Ele é um fermentado feito a partir do arroz e é uma bebida típica do Japão. Embora seja pouco calórico, cerca de 41 calorias por dose, aqui no Brasil é muito comum o consumo do saquê em substituto da cachaça na caipirinha. Para fugir das calorias extras do açúcar, faça o drinque com adoçante natural, como o xilitol ou eritritol.

Gin

É uma bebida destilada criada na Holanda e feita com o zimbro, uma fruta do local. Ultimamente, o seu sabor e aromas tomaram conta dos bares e é uma das mais pedidas. Com apenas 60 calorias por dose é uma ótima alternativa para curtir um bom drinque.

Espumante

O espumante é muito utilizado para brindar em comemorações e para os eventos mais sofisticados. Uma taça tem 100 calorias, o que permite degustar sem maiores problemas na balança.

Só tome cuidado para não exagerar. Principalmente por ser uma bebida refrescante, a tendência é beber além do recomendado. Duas taças já são o suficiente para não comprometer a dieta.

Vodka

É comum as pessoas acharem que a vodka é muito calórica. Na verdade, o problema está nos ingredientes que adicionam para fazer drinques com ela, como suco de laranja, leite condensado e açúcar. Uma dose tem 70 calorias, e a sugestão é tomar pura com gelo ou com frutas mais leves, como limão e morango, e adoçante.

Como beber e acordar bem no dia seguinte?

Quando a gente bebe é comum acordar com a famosa ressaca. Ela ocorre por conta da desidratação do organismo e pela sobrecarga no fígado para metabolizar o álcool do sangue.

O primeiro passo para não ter esses sintomas desagradáveis, como dor de cabeça, enjoo e mal-estar, é não exagerar na quantidade de bebida ingerida. Pode parecer óbvio, mas não custa alertar.

Outra dica é intercalar a bebida com água, já que ela mantém a hidratação do corpo e ajuda a eliminar o álcool. Dessa maneira, você sente menos os efeitos negativos da substância, além de reduzir a ingestão dela naturalmente.

Por fim, nunca consuma bebidas alcoólicas em jejum, pois isso aumenta absorção e faz com que o álcool chegue em grande quantidade no sangue de uma vez só. O resultado é a embriaguez e os problemas no estômago.

Quais são os truques para não engordar?

Agora que você já sabe como beber sem ter aquela ressaca forte no outro dia, confira os truques para amenizar os efeitos dele na balança, além de escolher as bebidas alcoólicas menos calóricas.

Capriche nos exercícios

Se você marcou uma balada ou um encontro no barzinho, naquela semana intensifique os exercícios físicos pensando em queimar as calorias extras que virão e acelerar o metabolismo.

Enxugue as calorias do cardápio

Da mesma maneira em que planejou gastar mais calorias na academia é interessante economizá-las na dieta também. Reduza as porções durante os dias que antecedem a sua ocasião especial para ter uma folga no saldo calórico da semana.

Invista nos petiscos leves

Como dissemos, beber de barriga vazia não faz bem para o organismo. Por isso, que tal optar por alimentos mais leves? Petiscos como queijos, palmito, azeitona, tomate-cereja temperado e iscas de frango grelhado são saborosos e cabem na dieta.

Evite as calorias extras

Sabemos que num barzinho ou restaurante é difícil resistir às tentações das porções de batata frita, salame e carnes com molhos gordurosos. Porém, se a sua intenção é manter a boa forma, esqueça-os!

Além do mais, depois da balada, nada de passar na lanchonete para comer um lanche calórico. Se estiver com fome, aposte em uma refeição leve e saudável, como uma omelete, para não se arrepender depois.

Viu como dá para saborear bons drinques sem comprometer muito a dieta? Basta escolher as bebidas alcoólicas menos calóricas e ficar atento às calorias extras, como os ingredientes adicionados e os petiscos.

Quer saber das nossas novidades em tempo real? Então, nos siga nas redes sociais e fique por dentro de tudo! Estamos no Instagram e Facebook.