Formas de whey protein

Diferenças entre Whey Protein Isolado, Concentrado e Hidrolisado

Veja a diferença entre Whey Protein isolado, concentrado e hidrolisado.
Qual a diferença entre Whey Protein isolado, concentrado e hidrolisado? Veja aqui!

A palavra “Whey” vem sendo erroneamente usada para se referir a proteínas, observamos as expressões: whey de soja, whey de arroz, whey de ervilha… Porém é importante saber que “whey protein” é o nome dado apenas às proteínas do soro do leite. Esta classe de suplementos possui 3 integrantes na sua família: Whey protein Concentrado, Whey Protein Isolado, Whey Protein Hidrolisado.

Soro do leite, a fonte do whey protein isolado, concentrado e hidrolisado

O soro do leite pode ser utilizado na sua forma original para produção de bebidas. Porém, considerando o seu alto teor de água e a finalidade de agregar valor ao produto e a seus derivados, o soro pode ser concentrado ou isolado, usando estes dois como ponto de partida pode-se produzir o hidrolisado, um produto que passa por mais um processo tecnológico aonde as proteínas são hidrolisadas e transformadas em aminoácidos livres e proteínas de menor tamanho molecular. Os produtos concentrado e isolado são classificados, então, de acordo com o teor de proteína, assim os produtos podem ter aplicações diversas, devido a suas características nutricionais e tecnológicas, que vão do seu uso como ingrediente alimentício à produção de medicamentos.

Concentrado proteico de soro (whey protein concentrate – WPC) que é o produto obtido pela remoção de constituintes não proteicos do soro de forma que o produto final seco contenha, em geral, entre 35% e 80% de teor proteico, o isolado proteico de soro (whey protein isolate – WPI) que é a forma comercial mais pura das proteínas do soro e contém entre 80 e 95% de proteína.

O whey hidrolisado pode ser fabricado a partir de qualquer um destes dois, pode ter qualquer uma dessas concentrações proteicas, pode ter ou não carboidratos e gorduras. O que o diferencia dos dois primeiros é o fato de ter suas proteínas hidrolisadas, “quebradas” em partículas menores.

A diferença entre os produtos esta na sua composição, por sua vez a diferença na composição é determinada pelos diferentes processos de extração das proteínas do soro do leite.

Processos de extração de whey protein

Existem basicamente 3 processos diferentes que podem ser aplicados para extração das proteínas: Microfiltração, Ultrafiltração, e Ion Exchange. Destas, o método Ion Exchange é aquela que mais danifica a estrutura das proteínas por isso a menos recomendada para este processo. Já a Micro e ultrafiltração são mais utilizadas por preservarem as estruturas das proteínas.

Na ultrafiltração, o soro pode ser separado em duas frações. O concentrado proteico do soro em concentrações diferentes de 35, 60 ou 80 %, ou mesmo, isolado proteico de soro (IPS) com conteúdo de proteína superior a 90 %. O processo utiliza membranas com poros de tamanhos maiores, permitindo assim a passagem de sais e moléculas de açúcar.

Cada um deles possui uma aplicação especifica que acaba sendo determinada pelas necessidades nutricionais do individuo. Na pratica a diferença é justificada pelas estruturas moleculares das proteínas. O produto isolado possui estruturas proteicas mais sensíveis e mais fácies de serem hidrolisadas/transformadas em aminoácidos se comparado ao produto Whey concentrado.

De uma forma geral podemos dizer que o isolado oferecerá maiores benefícios para quem já possui certa experiência com treinos, quando existe adaptação ao exercício os indivíduos conseguem imprimir maior intensidade nos treinos, consequentemente haverá maior dano às estruturas celulares do músculo, quanto maior o dano maior a necessidade de consumir nutrientes específicos. O whey isolado é um nutriente especifico por este motivo a indicação do isolado é feita para quem já possui experiência e consegue treinar pesado. O concentrado é uma excelente fonte de proteínas, atende com muita eficiência todas as pessoas que ainda não estão em estágio avançado nos treinos. Já o hidrolisado deve ser usado por populações especiais como alérgicos às proteínas do soro do leite, pacientes com complicações gástricas como aqueles que passaram por cirurgia bariátrica, entre outros.