Arginina

Tudo que você precisa saber sobre a Arginina

A vascularização é uma das coisas mais importantes para quem deseja treinar e alcançar bons resultados na academia. A arginina é um dos aminoácidos que nosso corpo absorve através das proteínas que ingerimos no nosso dia a dia. Em teoria, ela pode ser encontrada em alimentos como carnes vermelhas, frango, peixe, sementes e alguns vegetais ou frutas; entretanto, a necessidade por ela aumenta também conforme os exercícios vão se intensificando. Uma boa dose do suplemento garante a melhora na imunidade e tem um impacto sobre a vasodilatação.

E como a arginina beneficia o corpo dos atletas?

Os efeitos da arginina estão especialmente associados com a vascularização – ou seja, sua presença garante que o fluxo sanguíneo que chega para os músculos aumente. Tudo isso garante que essas áreas irrigadas recebam mais oxigênio e nutrientes, aumentando sua capacidade de resposta e garantindo a evolução na hora dos treinos.

Como isso acontece?

Esse processo envolve especialmente o óxido nítrico, produzido com a ingestão da arginina. Essa substância tem um impacto direto no calibre dos vasos sanguíneos, que aumentam e garantem a passagem de mais sangue. O impacto é visível e, além dos benefícios no ganho de força e melhora na recuperação, o atleta também consegue notar veias mais saltadas e aparentes. É aquele famoso visual dos atletas de ponta, com definição nos músculos e vasos sanguíneos visíveis.

Mas é só essa a vantagem de consumir arginina?

Para quem ainda está em dúvida, os benefícios não estão presentes só no lado estético e no ganho de força durante as séries. Alguns estudos recentes demonstram também o impacto da arginina na diminuição do estresse e ansiedade, além de ter um importante papel na cicatrização de feridas. A arginina também estimula a produção de linfócitos (células de defesa), inibe o crescimento de alguns tumores e ajuda na liberação do hormônio do crescimento.

Arginina: o pré-treino ideal para você

O impacto da arginina pode ser sentido especialmente quando ela é consumida em horários estratégicos. É aconselhável ingerir o suplemento antes de praticar exercícios físicos, garantindo a explosão de força que você precisa em treinos de alta intensidade e ajudando no momento de recuperação dos músculos após a atividade. O valor varia conforme a necessidade de cada pessoa, mas geralmente está entre 3g a 8g do suplemento por dia. A ideia é sempre dividir esse valor em mais de uma porção ao longo da sua rotina. Os intervalos de 12h ou 8h são excelentes para fracionar a ingestão da arginina.

Arginina e outros suplementos

É sempre bom lembrar que nenhum suplemento por si só consegue fazer milagres. Para conquistar seus resultados é preciso garantir também uma dieta adequada e os exercícios físicos corretos. Além disso, a arginina também tem um impacto maior quando combinada com outros suplementos na sua rotina de treinos. É o caso do Whey Protein e de outros aminoácidos como o BCAA. Algumas vitaminas também são importantes para garantir os efeitos da arginina e tudo isso deve ser indicado sob a supervisão de um profissional nutricionista. Somente esse especialista poderá entender as necessidades do seu corpo e encontrar a quantidade ideal para a sua rotina.