Caseína - Proteína do leite

O que é caseína? Aproveite todas as proteínas extraídas do leite

Não é segredo para ninguém que o leite é altamente proteico. Ele está presente em qualquer dieta de quem deseja garantir o ganho de massa muscular. O soro do leite é também matéria-prima para um dos suplementos mais conhecidos do mercado, o Whey Protein. Além dele, outro suplemento que garante diversos benefícios para a rotina de manutenção e ganho de massa magra é a caseína. Com um preço menor e características distintas do Whey, ela é também uma excelente aliada para melhorar seus resultados e garantir uma boa dose de proteínas.

Qual a diferença da caseína e do Whey Protein?

Se ambos são retirados do leite, você deve estar se perguntando: qual a diferença entre esses dois suplemento, então? A ideia é que, mesmo vindos da mesma fonte, esses dois produtos apresentam ações diferentes na absorção da proteína em nosso corpo. Enquanto o Whey Protein tem uma rápida absorção pelo organismo, a caseína do leite tem um tempo de digestão bem mais lento. Isso garante que ambos desempenhem funções estratégicas distintas.

O Whey deve ser consumido logo após os treinos, segundo indicam as principais fabricantes. Isso faz com que a proteína esteja acessível bem na hora que nosso corpo mais necessita dela: justamente após o desgaste mais intenso e a quebra das fibras em treinos pesados de musculação. Já a caseína pode ser ingerida tanto ao longo do dia quanto antes de dormir, oferecendo um fornecimento de proteínas mais gradual, que demora mais tempo para chegar até o músculo. A caseína antes de dormir ajuda a evitar o famoso catabolismo pelas horas em jejum no sono.

E o que é a Caseína?

Além de ser repleta de proteínas, a caseína também fornece aminoácidos. Para entender o que é caseína é preciso entender que ela é considerada a fonte de proteínas com a digestão mais lenta que se pode encontrar. Isso permite incluí-la em estratégias na hora de pensar a distribuição das proteínas ao longo do seu dia. Os nutricionistas geralmente indicam seu consumo em refeições que antecedem um longo período sem comer. Por isso, ela é muito indicada na última refeição antes de dormir, garantindo o fornecimento gradual de aminoácidos enquanto você descansa. Dessa forma, você consegue driblar o famoso catabolismo.

Caseína é uma proteína de lenta digestão

Em média, a caseína leva de 6 a 8 horas para ser digerida por nosso corpo. Assim, é preciso também traçar uma estratégia na hora de consumi-la no seu dia.

Quanto tomar de caseína?

Não existe uma indicação geral para os vários tipos de atletas e rotinas. A indicação geral segue o mesmo conselho dado para incluir proteínas na dieta. O cálculo é de 2g de proteína para cada kg de peso total. Esse valor é dividido entre as várias refeições durante o dia e, no caso da caseína, também antes de dormir.

E por que não optar pelo leite, então?

A última dúvida que resta em relação a caseína é justamente a escolha pelo suplemento. Se ela é encontrada em grande quantidade no leite, por que não incluir simplesmente uma boa quantidade de leite na rotina? A resposta está justamente na concentração de proteínas do produto e na dificuldade de consumir tanto leite durante o dia. Sem contar a velocidade de digestão, já que o leite é digerido com mais rapidez. A caseína disponibiliza os nutrientes de forma gradativa e lenta enquanto o corpo descansa, por isso optar pelo suplemento e tão estratégico e importante.