Dieta USP

Dieta USP – Saiba os benefícios e malefícios!

Com certeza você já deve ter entrado em contato com milhares de novos nomes de dieta. Muitas delas acabam aparecendo e despontando como tendências. O grande perigo está justamente em adotá-las sem antes pensar com profundidade sobre a sua saúde. Afinal, a alimentação é a base para dar energia e fornecer diversos nutrientes ao nosso corpo. Uma delas, que tem gerado muita procura e muitas dúvidas, é a Dieta USP.

O nome dessa universidade consagrada pode até atrair ao primeiro olhar. Entretanto, essa dieta não tem relação nenhuma com as pesquisas realizadas pela instituição. Muito pelo contrário, ela cresceu mais com a popularidade do público e não recebe a autoria de nenhum especialista. Só por essa informação já é possível desconfiar um pouco, não é? Confira aqui os riscos e as orientações do nutricionista esportivo Diogo Círico sobre o tema.

Por que as pessoas buscam a dieta USP?

Na maioria dos casos, essa dieta é recomendada diretamente para o emagrecimento. Por apresentar uma queda de peso radical, ela tem ganhado popularidade e conquistado vários adeptos.

Por que ela é perigosa?

Essa dieta tem por característica ser extremamente restritiva. Ou seja, a quantidade de calorias e até mesmo de nutrientes é extremamente baixa, como alerta o nutricionista. Isso por si só já representa um risco, especialmente a longo prazo.

Ela é realmente eficaz?

A grande polêmica reside justamente nesse ponto. Esse radicalismo apresentado por essa dieta é realmente eficaz se a intenção for baixar o peso de maneira drástica. O que é necessário ter em mente é que não adianta perder peso a qualquer custo. É preciso considerar também os malefícios de agir dessa forma, já que essa dieta tem grande mobilização de massa muscular. Outro fato salientado pelo nutricionista é “o grande sofrimento apresentado por essa pessoa, justamente pela privação energética e alimentar”. Sem contar também a volta do peso antigo quando o modelo é interrompido.

E agora, o que devo fazer?

Antes de entrar de cabeça em qualquer dieta, o conselho da G Suplementos é procurar sempre um especialista. Com a ajuda de um nutricionista, é possível montar uma programação que garante a realização dos objetivos sem prejudicar a sua saúde e bem estar. Segundo o próprio nutricionista, esse tipo de dieta “não deve ser indicada para nenhuma pessoa”.

Quais os cuidados que se deve tomar antes de iniciar?

Na verdade não se deve iniciar essa dieta, segundo recomendam os especialistas. Caso o indivíduo ainda assim deseje praticá-la, é indicado monitorar marcadores bioquímicos e hormonais através de exame sanguíneo e urinário. Hemograma completo, proteínas totais, avaliação da tireoide, diagnóstico de anemia, função hepática, função renal, saúde cardiovascular, entre outros.

Quais as melhores táticas para o emagrecimento?

Para conseguir perder peso com qualidade, é preciso também ter o acompanhamento de um bom profissional. Além disso, a prática de exercícios físicos é indispensável – entre eles, a musculação é aquela que tem mais destaque, considerada a “mãe das atividades físicas”. Sua dieta é outro pilar para atingir esses objetivos, tendo ideia de quais nutrientes estão sendo consumidos, e até mesmo estudando a possibilidade de incluir alguns suplementos, como termogênicos, estimulantes e fitoterápicos, por exemplo. Entre eles, os mais populares são o chá verde, cafeína e a canela.