BCAA em pó ou em capsula

BCAA em pó ou em cápsula? Qual o mais prático?

Os aminoácidos são as estruturas básicas de formação das proteínas. Na natureza podemos encontrar 20 tipos diferentes, eles acabam sendo classificados como “aminoácidos essências” e “aminoácidos não essenciais” devido à capacidade do corpo em produzi-los ou não. Dentre os nove aminoácidos que compõe a classe dos aminoácidos essenciais encontramos os aminoácidos de cadeia ramificada que possuem funções especificas, algumas delas relacionadas ao tecido muscular.

Aminoácidos da Cadeia Ramificada: BCAA

Os aminoácidos de cadeia ramificada são também chamados de BCAA (sigla na língua inglesa). Estes nutrientes são usados na formulação de suplementos aplicados na rotina de atletas com intuito de aumentar o desempenho atlético. A matéria prima dos suplementos é basicamente a mesma: Leucina, Valina e Leucina, a não ser alguma diferença na concentração de cada um dos 3 aminoácidos de cadeia ramificada que acaba sendo programada pela empresa fabricante. Confira agora as diferenças entre os dois e decida-se entre o BCAA em pó ou cápsula.

BCAA em Pó

Esse é um suplemento muito pratico e possui dois tipos de BCAA em versões de apresentação.
Temos o produto comercializado em pó, esse basta ser diluído em água ou no líquido de sua preferência. A desvantagem desta forma de apresentação é o seu sabor amargo e difícil diluição. Devido as suas características naturais os aminoácidos que compõe o BCAA são considerados hidrofóbicos e por isso pode ser necessário uma coqueteleira para ajudar na mistura do pó com o liquido. A vantagem desta forma de apresentação é que o individuo tem mais autonomia para escolher quanto irá consumir em cada porção.

Diferença do BCAA em pó e em cápsulas

BCAA em Cápsulas

Os BCAA em pó são práticos mas ainda necessitam de um “equipamento” extra como a coqueteleira para solubiliza-los, quando houver necessidade de mais praticidade pode-se lançar mão dos suplementos em capsulas ou em comprimidos. A desvantagem destas duas formas é que o volume de BCAA em cada unidade será limitado, quanto mais BCAA numa capsula/comprimido maior será o volume do objetivo e mais difícil a deglutição. A saída é reduzir o volume do objeto que leva o pó, porém quanto menor o volume menor o numero de capsulas que deverá ser ingerido.

Outro aspecto a ser levado em consideração é que a capsula que comporta o pó de BCAA é feita de gelatina, neste caso indivíduos veganos não são atendidos e deverão optar pelo produto em capsulas. O BCAA em cápsula por sua vez na maioria dos casos tem maior volume e peso, isso é um aspecto negativo para algumas pessoas com problemas ou dificuldades de deglutição de grandes volumes.

Excluindo estes aspectos isolados citados não existe diferença entre BCAA em pó, capsulas ou comprimidos, a escolha deve ser feita com ajuda de profissional nutricionista de forma que atenda as necessidades do individuo. Somente o nutricionista saberá indicar o BCAA e qual o melhor produto para você.