Macarronada

Até quem está na academia pode comer macarronada: saiba como

Considerada “inimiga da dieta”, a macarronada pode ser sim uma grande companheira da nutrição saudável. E não há nada mais gostoso do que um bom prato de macarrão com os melhores ingredientes e um molho encorpado. É uma refeição com cara de domingo e que com certeza dá água na boca só de falar. E é possível comer uma boa porção de macarrão sem culpa! Confira aqui cinco dicas de preparo que já garantem uma refeição mais fitness.

Macarrão integral

A melhor opção na escolha da massa é, sem dúvida, o macarrão integral. O diferencial está justamente na produção da farinha: ela inclui a semente inteira, sem passar pelo refino. Isso garante mais nutrientes no produto final. O trigo é excelente para quem não tem restrições ao glúten, enquanto as pessoas celíacas podem optar por massas feitas com base na quinoa.

Adicione proteínas

Inclua nos ingredientes alguma porção de proteínas. Ela pode vir na forma de ovos cozidos ou frango desfiado misturado no molho. Assim você garante também que a refeição tenha um bom equilíbrio entre proteínas e carboidratos.

Macarrão al dente

O macarrão mais consistente também é uma excelente tática para melhorar a digestão. O ponto al dente é a melhor escolha, cozinhando o macarrão por inteiro e retirando-o antes que amoleça. O problema de deixar a massa mole demais é que os carboidratos presentes nele são destruídos e digeridos com mais rapidez. Assim, os níveis de glicose atingem o pico também rapidamente.

Faça seu molho

Fazer o molho em casa também traz inúmeros benefícios. Ao invés de optar pela versão industrializada, você conta com um molho preparado com tomate, com a segurança de ter os ingredientes frescos e selecionados. Além disso, é possível também reaproveitar a água do cozimento do macarrão, garantindo que o amido volte à mistura.

Abuse dos ingredientes

Para usar o macarrão como um prato principal, é preciso garantir que ele contemple todas as características nutricionais da refeição. Por isso, capriche bem na escolha dos ingredientes. Um prato colorido tem a garantia de trazer variedade e diversos nutrientes em uma só receita. Os vegetais são excelentes para isso: inclua todos do seu gosto.