Albumina

Albumina: para que serve?

A lista de suplementos disponíveis no mercado não é pequena, e com certeza você deve estar se perguntando o que significam tantos nomes. Calma: não é difícil entender as características de cada um conhecendo melhor sua composição e ação no nosso corpo. A albumina é um dos suplementos mais famosos, e certamente você já deve saber que o ovo é um alimento aliado da hipertrofia. Entretanto, é preciso entender por que o ovo faz tão bem, e saber que a clara é a parte mais importante para conquistar mais massa muscular. A albumina é o suplemento que traz apenas a clara para você, isolada do alimento através de processos tecnológicos, concentrada para o consumo ao longo do dia ou da noite.

Para que serve?

O ovo é um dos alimentos com valor biológico mais alto – ou seja, com uma concentração de proteínas e nutrientes que contribuem diretamente para o ganho de massa magra. A albumina é um suplemento retirado justamente da clara do ovo, a parte que possui mais benefícios para quem pratica atividade física. Como fonte de proteínas, ela fornece os aminoácidos que nosso corpo usa em diversas vias metabólicas e pode levar ao anabolismo muscular. Por fornecer uma boa quantidade de energia, a albumina também ajuda a evitar o catabolismo muscular.

Por que consumir a albumina, então?

A ideia é que você encontre tudo em um só lugar, concentrando todos os nutrientes em apenas algumas gramas desse suplemento. A quantidade de proteínas que nosso corpo precisa depois de exercícios físicos intensos é grande, e mesmo com uma dieta rica e balanceada fica difícil chegar a essa quantidade. Com a ajuda do suplemento albumina, você garante mais praticidade na hora de conseguir boas quantidades desse nutriente. Uma colher de sopa, cerca de 15g, equivale a 4 claras de ovo com 12g de proteína. Assim, você não precisa encaixar uma quantidade exagerada de ovos ou outro alimento na rotina.

Custo-benefício

Ainda não está convencido? A albumina garante, além de todos os benefícios, um custo que cabe na maioria dos bolsos de quem está investindo no ganho de massa magra. Isso fez dela um suplemento bastante popular, especialmente para quem está focado na hipertrofia. O custo-benefício é excelente, já que bons resultados são alcançados com um custo relativamente baixo em comparação a outros produtos. A fama é grande entre os praticantes de musculação e com certeza alguém da sua academia já usa a albumina há algum tempo. Vale a pena experimentar.

Albumina ou Whey Protein?

Se os dois suplementos fornecem proteínas para o nosso organismo, por que consumir os dois? Essa pergunta é feita por muita gente, especialmente por quem fica na dúvida entre levar a albumina ou investir em alguma versão de Whey Protein. A ideia aqui é entender que os dois produtos oferecem ações distintas em nosso corpo, apesar de fornecerem principalmente proteínas. O Whey Protein tem uma rápida absorção e geralmente é encaixado estrategicamente logo após o treino, quando nosso corpo precisa desse nutriente com mais rapidez. Já a albumina tem um tempo de absorção bem mais lento e, por isso, indica-se que ela seja consumida ao longo do dia e até mesmo durante a noite, garantindo um bom fornecimento de proteínas. Na hora de escolher, vale a pena pensar em qual a sua necessidade, orçamento, rotina e até mesmo estratégia de treino.

Qualquer um pode incluir?

A albumina, assim como a maioria dos suplementos, não possui restrições, exceto casos raros de alergias à proteina do ovo. Ela pode ser incluída na dieta sem problemas e também pode ser consumida juntamente com outros suplementos. Não há limite máximo de idade ou nível de experiência na academia – o importante é sempre consultar um nutricionista, que saberá analisar as necessidades do seu corpo e indicar os melhores suplementos e horários para os consumir. Com isso, seus resultados serão melhores e a saúde estará sempre assegurada.