5 fomas de consumir aminoácidos

5 formas de consumir aminoácidos

Presentes em nossos tecidos, cabelos, pele e até mesmo nas unhas, os aminoácidos são nutrientes de extrema importância para o nosso corpo. Ligados entre si, eles formam estruturas maiores, como tecidos e fibras musculares. Para quem está buscando um ganho de massa magra, eles são ainda mais importantes. Isso porque as proteínas são formadas pela união dos aminoácidos, e toda a fisiologia proteica tem relação com eles. Ou seja, eles não podem faltar na dieta de quem precisa de muitas proteínas na rotina. Tudo isso, é claro, com a orientação de um bom nutricionista, que saberá indicar a quantidade certa e os melhores momentos do dia para consumir. Existem diversas maneiras de garantir a presença dos aminoácidos no dia a dia, como é o caso dos suplementos. Confira aqui 5 formas de encontrá-los com facilidade para encaixar na sua programação diária.

BCAA

Um dos suplementos mais usados pela maioria dos atletas, o BCAA combina a Leucina, Isoleucina e a Valina. Encontrado em cápsulas, comprimidos mastigáveis ou em pó, esse suplemento oferece os aminoácidos essenciais, ou seja, aqueles que não podem ser produzidos por nosso próprio corpo. Com o BCAA, você garante a energia que as fibras musculares precisam durante os exercícios do treino. Além disso, eles ajudam até mesmo no emagrecimento, estimulando que a gordura seja usada como fonte de energia.

Leucina

Para melhorar seu desempenho e resultados, um dos aminoácidos mais indicados é a Leucina. O produto L-leucine é feito com um dos aminoácidos de cadeia ramificada, que estimulam de modo único a síntese de proteínas. Segundo a Growth Supplements, o impacto de síntese proteica chega a ser 10 vezes maior que qualquer outro aminoácido. Com isso, você garante mais energia para o treino e reduz a fadiga.

Arginina

O calibre dos vasos sanguíneos é um detalhe em que muitos atletas ficam de olho. Não só pelo fator estético, mas pela possibilidade de transportar mais nutrientes para diferentes regiões do corpo. A Arginina é um aminoácido que tem impacto na produção de óxido nítrico pelo corpo, o que resulta no aumento do calibre dos vasos sanguíneos e produz resultados ainda melhores para os treinos mais intensos. Tudo isso, é claro, combinando com uma dieta balanceada e rica em ingestão de proteínas e carboidratos.

Creatina

Um nome clássico do mundo da suplementação, a Creatina é um dos campeões de vendas e de buscas pelos principais atletas. A produção dela pelo nosso organismo fica em torno de 1g por dia, aproximadamente esta produção é limitada, mas através da suplementação com creatina as quantidades de creatina disponíveis ao organismo são maiores, interessante , especialmente para quem busca os benefícios desse ingrediente na rotina de treinos. Por isso, a suplementação desse aminoácido é uma excelente saída para conseguir boas quantidades desse nutriente. O impacto é sentido diretamente na produção de energia e na força para as atividades físicas.

Whey Protein

Muita gente não sabe, mas o Whey Protein também possui certa quantidade de aminoácidos de cadeia ramificada BCAA em sua composição. Ao ingerir a famosa proteína extraída do soro do leite, você também pode encontrar aminoácidos essenciais em sua composição . Entretanto, vale lembrar que a quantidade é ainda pequena, valendo a pena incluir a suplementação de aminoácidos separadamente para garantir uma boa quantidade no seu organismo. Tudo isso sempre de acordo com as recomendações do seu nutricionista, que saberá indicar o que seu corpo realmente necessita.