colágeno

3 motivos para inserir colágeno hidrolisado na sua rotina

O colágeno é uma proteína fibrosa que constitui cerca de 30% de toda a matéria orgânica do corpo dos animais, sendo encontrada em grandes quantidades nos tecidos conjuntivos, como ossos, pele, tendões, cartilagens, veias, ligamentos, dentes e músculos. Sua principal função é conferir resistência e elasticidade aos tecidos. As principais fontes de colágeno na alimentação são carnes vermelhas, peixes, frango e ovos. A partir do colágeno nativo, geralmente extraído da pele e dos ossos de bovinos, suínos, aves e peixes, é possível obter três subprodutos: fibra de colágeno, colágeno parcialmente hidrolisado (gelatina) e colágeno hidrolisado.

 

A utilização do colágeno hidrolisado é feita principalmente por sua capacidade de se dissolver na água e apresentar alto teor proteico. Diversos estudos comprovam que o consumo dessa proteína – em conjunto com uma alimentação equilibrada e prática de exercícios físicos – traz benefícios à saúde do homem, inclusive auxiliando no emagrecimento e na prevenção e tratamento de doenças, como a hipertensão. A dosagem de colágeno hidrolisado recomendada por dia é de 10g, mas essa quantidade pode variar de acordo com as necessidades de cada pessoa. Por isso, é importante sempre contar com a orientação de um nutricionista. Veja abaixo os três principais motivos para inserir o colágeno hidrolisado na sua rotina:

 

Aumento da elasticidade da pele

Sabe-se que 75% da pele é formada por colágeno, que é responsável por deixá-la mais firme e elástica. Quando a atividade metabólica dos fibroblastos diminui – o que ocorre principalmente a partir dos 30 anos –, a quantidade de colágeno no tecido epitelial começa a cair, resultando na formação de rugas e linhas de expressão. Outros fatores também podem causar a perda de colágeno, como exposição excessiva ao sol sem proteção, o fumo, o consumo exagerado de cafeína, estresse, hipotireoidismo e dietas com baixíssimo valor calórico. Pesquisas mostram que a ingestão de colágeno hidrolisado promove a síntese de colágeno, pois aumenta a ação dos fibroblastos. Por estimular o processo anabólico, essa proteína retarda o envelhecimento da pele, deixando-a mais resistente e tonificada.

 

Manutenção das cartilagens

O tecido cartilaginoso, conhecido também como cartilagem, é responsável pela sustentação dos tecidos moles e pelo revestimento de superfícies articulares, favorecendo o deslizamento das articulações e absorvendo choques. A cartilagem também é muito importante na formação e crescimento dos ossos. A ingestão de colágeno hidrolisado oferece ao organismo altos níveis de glicina e prolina, dois aminoácidos que colaboram com a manutenção, proteção e regeneração das cartilagens. O fortalecimento das articulações também atenua o atrito entre os ossos, o que pode evitar a osteoartrite, que é a inflamação das articulações. O colágeno também é utilizado no tratamento de quem já tem essa doença para aliviar as dores.

 

Fortalecimento dos ossos

A osteoporose é caracterizada pela redução da massa óssea e deterioração da integridade estrutural dos ossos, o que aumenta os riscos de fratura. Essa doença pode ser causada por diversos fatores, entre eles hábitos alimentares, envelhecimento, tabagismo, ingestão de álcool e sedentarismo. O colágeno hidrolisado tem sido utilizado como uma terapia complementar na prevenção e no tratamento da osteoporose, pois auxilia no aumento da densidade mineral óssea, na proteção da cartilagem e no alívio da dor.